alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASILANTENA 1

    Reunião de comissão da Previdência segue sem horário; leitura de adendo ocorre nesta 4ª, diz Ramos

    Placeholder - loading - news single img
    Deputado Marcelo Ramos 25/04/2019 REUTERS/Adriano Machado

    Publicada em  

    Atualizada em  

    Por Maria Carolina Marcello

    BRASÍLIA (Reuters) - O presidente da comissão especial da reforma da Previdência, Marcelo Ramos (PL-AM), informará o horário para início da reunião do colegiado assim que ele for definido, e garantiu que a leitura dos ajustes ao parecer do relator, Samuel Moreira (PSDB-SP), ocorrerá ainda nesta quarta-feira.

    Segundo Ramos, que havia convocado reunião da comissão para as 13h desta quarta, Moreira pediu mais tempo para promover “ajustes finos” no texto, razão pela qual a reunião do colegiado foi adiada.

    A sessão do Congresso Nacional que estava prevista para esta tarde, por outro lado, já foi iniciada. Pelas regras, não pode haver deliberação nas comissões se estiver iniciada a ordem do dia.

    'Essa demora é para dar segurança e garantia que esse texto será aprovado”, disse a jornalistas.

    Segundo uma fonte a par das negociações, lideranças favoráveis à reforma sugeriram ao relator que utilize um prazo informal até às 18h desta quarta para as adequações no texto.

    Assim que for iniciada a reunião, a comissão terá de se debruçar sobre requerimentos que tratam da pauta em si: um de inversão da ordem, e outro de retirada de pauta, segundo Ramos. Depois, deve haver a leitura do complemento de voto, e só então poderá ser iniciada a fase de análise de cinco requerimentos de adiamento da votação.

    Encerradas todas essas etapas, a comissão poderia iniciar a análise do mérito da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da reforma da Previdência.

    Escrito por Reuters

    1. Home
    2. noticias
    3. ramos diz que ajustes a texto …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.