Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
Ícone seta para a esquerda Veja todas as Notícias.

Reino Unido cogita maior rigidez com viajantes por temor de variantes do vírus

Placeholder - loading - Avião decola do aeroporto de Heathrow em Londres 04/02/2021 REUTERS/Toby Melville
Avião decola do aeroporto de Heathrow em Londres 04/02/2021 REUTERS/Toby Melville

Publicada em  

LONDRES (Reuters) - O Reino Unido está cogitando fazer mais testes em todas as pessoas que chegarem do exterior enquanto estas se isolam para se defender de novas variantes do vírus que causa a Covid-19, disse um ministro nesta terça-feira.

As companhias aéreas estão sendo nocauteadas pela pandemia. As restrições de viagem obrigam empresas que antes cresciam rapidamente, como a Norwegian, a lutar pela sobrevivência, e nomes estabelecidos, como a British Airways, a levantar recursos e demitir milhares de funcionários.

A ITV noticiou que todos os recém-chegados do exterior terão que fazer exame de Covid-19 no segundo e oitavo dias de seu isolamento.

'Estamos sempre procurando refinar nossa abordagem para a fronteira simplesmente porque existe o risco de novas variantes virem de outros países de todo o mundo', disse o ministro do Meio Ambiente, George Eustice, à Rádio Times.

'Até termos distribuído totalmente a vacina e identificado uma maneira de sermos capazes de atualizar a vacina para confrontar novos desafios, temos que demonstrar alguma cautela com as viagens internacionais.'

Atualmente, os recém-chegados à Inglaterra precisam ter prova de um exame de Covid-19 negativo nos três dias anteriores e se isolar durante 10 dias a contar da data de partida.

O governo britânico deve exigir que os viajantes chegando de locais com alta incidência de Covid-19 fiquem em quarentena em hotéis a partir de 15 de fevereiro. Viajantes de países considerados de alto risco, como a África do Sul, teriam que ficar 10 dias nestes hotéis.

(Por Guy Faulconbridge e Kate Holton)

Escrito por Reuters

Últimas Notícias

Placeholder - loading - Imagem da notícia “ABBA Gold”: 30º aniversário do álbum é celebrado com edição especial

“ABBA Gold”: 30º aniversário do álbum é celebrado com edição especial

Após de três décadas do lançamento do projeto de grandes sucessos do ABBA, o quarteto anuncia a nova versão que celebra o aniversário do disco. A coleção dos grandes hits, “ABBA Gold” está prevista para ser divulgada no dia 23 de setembro e conta com canções como 'Dancing Queen', 'Take A Chance On Me', 'Mamma Mia', 'Super Trouper', 'Fernando', 'Waterloo' e 'The Winner Takes It All'.

O disco da banda sueca é uma das produções mais bem sucedidas na indústria da música, tendo vendido mais de 32 milhões de unidades ao redor do mundo. Outro marco impressionante, é o álbum ter sido o segundo mais vendido de todos os tempos no Reino Unido passando mais de 1.055 semanas no Official UK Albums Chart. Com isso, tornou-se o álbum mais antigo no Official Albums Chart Top 100 de todos os tempos.

Originalmente, o trabalho de 19 faixas foi lançado em 21 de setembro de 1992, e já foi reeditado diversas outras vezes. Um exemplo disso foi a remasterização do disco em 2010, que também foi reembalado para coincidir com o lançamento do filme musical inspirado no ABBA, “Mamma Mia!”

Para marcar a primeira divulgação desse álbum tão emblemático, sua edição comemorativa virá em múltiplos formatos, que serão: 2 novos LPs Picture Disc de vinil pesado, alojado em capa dobrável cortada; novo cassete dourado – também disponível em preto; e ouro 2LP – vinil dourado 2 x 180g. A nova edição limitada do ABBA também já está disponível para pré-encomenda aqui.



O grupo, composto por Björn Ulvaeus, Benny Andersson, Agnetha Fältskog e Anni-Frid Lyngstad, lançou sua última obra em novembro do ano passado. Intitulado “Voyage”, o nono disco de estúdio rendeu muita visibilidade à banda – já que estreou na segunda posição da Billboard 200. Além disso, o primeiro single do álbum, "I Still Have Faith in You", rendeu ao grupo sua primeira indicação ao Grammy.

12 H
  1. Home
  2. noticias
  3. reino unido cogita maior …

Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.