Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    SP fecha shoppings, bares e restaurantes entre 25 e 27 de dezembro e 1 e 3 de janeiro

    Placeholder - loading - Pessoas se aglomeram em rua de comércio popular em São Paulo 21/12/2020 REUTERS/Amanda Perobelli
    Pessoas se aglomeram em rua de comércio popular em São Paulo 21/12/2020 REUTERS/Amanda Perobelli

    Publicada em  

    Atualizada em  

    Por Eduardo Simões

    SÃO PAULO (Reuters) - O governo do Estado de São Paulo anunciou nesta terça-feira a proibição de funcionamento de comércio não essencial, bares, restaurantes e shoppings centers entre 25 e 27 de dezembro e entre 1 e 3 de janeiro para conter o avanço da pandemia de Covid-19 no Estado.

    Em entrevista coletiva na sede do Instituto Butantan, autoridades estaduais também anunciaram que a região de Presidente Prudente será colocada na fase vermelha, mais restritiva, do plano de quarentena do Estado, e que no mês de janeiro nenhuma região paulista será colocada na fase verde da quarentena, que permite o funcionamento da maioria das atividades.

    'Infelizmente neste ano, entre o Natal e o Ano Novo, nós não estamos em momento de festa', disse a secretária de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen, ao anunciar as medidas.

    'Não estamos em momento de aglomerações, não estamos em momento de festas, precisamos, sim, do esforço de todos e de todas para que a gente continue junto nesta luta contra a pandemia', afirmou.

    O secretário de Saúde do Estado, Jean Gorinchteyn, justificou as medidas ao apontar que indicadores da pandemia --como número de casos, mortos e internações-- têm crescido em São Paulo nas últimas semanas, o que levou à adoção de medidas mais duras na tentativa de controlar o avanço da Covid-19 no Estado, especialmente na época das festas de fim de ano.

    O coordenador executivo do Centro de Contingência do Coronavírus do governo de São Paulo, João Gabbardo, alertou que as medidas anunciadas nesta terça podem ser ainda mais endurecidas no futuro caso não surtam efeito nos indicadores de saúde.

    'Nós precisamos dar um sinal para a população, sinal de que estamos em uma pandemia, sinal de que nós estamos em uma fase bastante preocupante em relação ao número de casos e temos que mostrar para a população que a recomendação é ficar em casa', disse Gabbardo.

    'Essa sinalização pode ser prenúncio de uma coisa que pode acontecer mais adiante', acrescentou.

    Escrito por Reuters

    Últimas Notícias

    Placeholder - loading - Imagem da notícia ‘Cry Maho’: novo filme de Clint Eastwood fala sobre o significado do sucesso

    ‘Cry Maho’: novo filme de Clint Eastwood fala sobre o significado do sucesso

    Neste mês de setembro foi lançado Cry Macho, o mais novo filme do consagrado ator e diretor, Clint Eastwood. Mesmo com 91 anos e com uma certa fragilidade na aparência, o astro se mostra incansável, chegando a montar a cavalo e cavalgar em uma cena. “Trate o cavalo como um amigo e ele vai cuidar de você", disse sobre a tensão sentida por todos no set ao verem um homem dessa idade subir no animal.

    No longa, Clint assume o papel de Mike Milo, um ex-peão de rodeio que está velho e bem distante de seus dias de glória. Devendo um favor a seu chefe, Mike aceita a tarefa de resgatar seu filho, Rafo, de sua mãe abusiva. O único porém é que o garoto mora no México.

    A obra, baseada no livro homônimo de 1975 escrito por N. Richard Nash, já teve outras diversas tentativas frustradas de adaptação para as telonas, das quais se destacam duas: uma que seria estrelada por Roy Scheider (ator de Tubarão) em 1991 e uma por Arnold Schwarzenegger em 2011, após seu mandato como governador da Califórnia. 

    Durante a produção, que sofreu com a pandemia do coronavírus, houve um grande susto com a ocorrência de um caso de infecção entre uma das atrizes - que, felizmente, era um falso positivo e não atrapalhou o processo de filmagem.

    Cry Macho está em cartaz nos cinemas e disponível no serviço de streaming HBO Max. Veja o trailer:

    Clint Eastwood e sua trajetória em Hollywood

    Eastwood começou sua carreira em 1955, mas ascendeu ao estrelato com seus papéis em filmes de faroeste, como a consagrada Trilogia dos Dólares do diretor italiano Sergio Leone, com Por um Punhado de Dólares (1964), Por uns Dólares a Mais (1965) e Três Homens em Conflito (1966)

    Tal como em suas últimas realizações como diretor, como Gran Torino (2008) e A Mula (2018), ele aproveita para refletir a relação entre o Clint ícone - imponente e classicamente sério - e o Clint homem, agora mais velho e com a simples preocupação de contar uma história.

    Dê play no vídeo abaixo para conferir os trailers de Gran Torino (2008) e A Mula (2018):

    ‘Gran Torino’ (2008) 



    ‘A Mula’ (2018)

    46 min
    1. Home
    2. noticias
    3. sp fecha shoppings bares e …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.