Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    Star Wars: A Ascensão Skywalker – Crítica

    Último episódio termina a franquia com sensação de dever cumprido e com boas doses de fanservice

    Placeholder - loading - news single img
    Imagem promocional de Star Wars: A Ascensão Skywalker

    Publicada em  

    Desde o penúltimo episódio de Star Wars, Os Últimos Jedi, em 2017, os fãs de uma das sagas mais famosas da história ficaram preocupados. Após um longa que não conseguiu entreter grande parte de seu público, cada passo dado seria um risco a ser tomado. 
     
    Leia também: As Panteras - Crítica Sem Spoilers 
     
    Dito isso, A Ascensão Skywalker consegue, mesmo assim, jogar de forma segura e se manter em sua zona de conforto.  
     
    No longa, o trio de protagonistas Rey (Daisy Ridley), Finn (John Boyega) e Poe (Oscar Isaac) se preparam para enfrentar a Primeira Ordem em uma última batalha. E se de um lado temos os mocinhos e do outro o grande vilão, o Imperador Palpatine, também temos um Kylo Ren (Adam Driver) confuso que vaga entre os dois lados constantemente.  
     
    Não é novidade que o antagonista perdeu o posto de vilão ao mostrar que seu personagem possui muito mais camadas do que aparentava. O que não é ruim de forma alguma, afinal, muitas vezes é a construção dos personagens que prende a audiência.  
     
    No episódio final da trilogia muito bem-sucedida, o diretor J. J. Abrams quase tenta se desculpar com os fãs por Os Últimos Jedi e, por isso, se entrega à muitos momentos fanservice. Tudo isso sem deixar de jogar novas revelações chocantes ao público que se vê entretido durante todos os 142 minutos de filme.  
     
    Já quando o assunto é efeitos especiais, a qualidade se mostra cada vez mais incomparável e um forte candidato à temporada de premiações. Não é novidade que as partes técnicas como mixagem e edição de som são de cair o queixo. 
     
    No final das contas, Star Wars: A Ascensão Skywalker é cheio de homenagens à franquia como um todo e faz bem seu trabalho como último filme da saga, que pode ou não ter acabado. E também pode dividir opiniões quanto a decisão de tornar o romance entre Kylo Ren e Rey real, mas sabe bem construir bons arcos para seus personagens e honra seus fãs a ponto de ser impossível segurar a emoção quando a música tema toca pela última vez ao subir dos créditos.   

     

    Star Wars: A Ascensão Skywalker chega aos cinemas de todo o Brasil em 19 de dezembro. Confira o trailer oficial abaixo:

     

    1. Home
    2. noticias
    3. star wars a ascensao …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.