alexametrics
Conectando

    NOTÍCIAS SOBRE argentina

    Veja essas e outras notícias da Antena 1

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Messi é assombrado por mau desempenho e risco de eliminação precoce na Copa do Mundo

    Messi é assombrado por mau desempenho e risco de eliminação precoce na Copa do Mundo

    Por Andrew Cawthorne

    NIZHNY NOVGOROD, Rússia (Reuters) - Enquanto um empolgado Diego Maradona girava a camisa nas arquibancadas e milhares de torcedores da Argentina gritavam antes do início do jogo contra a Croácia, Lionel Messi foi visto esfregando a testa e aparentando tensão.

    O camisa 10 só tocou na bola 20 vezes durante o primeiro tempo do jogo, menos do que qualquer outro jogador argentino, e saiu de campo abatido.

    Mas as coisas ainda piorariam no segundo tempo do pesadelo argentino de quinta-feira em Nizhny Novgorod, quando a Croácia destruiu o time de Messi com três gols e provocou a pior derrota da Argentina na fase de grupos de um Mundial em 60 anos.

    Prestes a completar 31 anos no final de semana, o craque do Barcelona deixou o campo parecendo solitário e desolado depois de uma partida que pode ter acabado com suas chances de conquistar uma Copa do Mundo.

    Maradona, campeão mundial de 1986 ao qual os argentinos o comparam constantemente, começou o jogo acenando com uma camisa 10 de Messi e o terminou enxugando lágrimas.

    Nas redes sociais e entre os torcedores, os grandes debates sobre Messi --ele é tão grande quanto Maradona? É melhor do que o português Cristiano Ronaldo?- pegaram fogo rapidamente.

    Estou com vergonha dessa camisa. Nesse momento, quero queimá-la. Onde estava Messi? Onde estava a Argentina? , disse Renzo Alvarez, de 47 anos, gritando raivosamente entre um grupo de torcedores igualmente raivosos, todos vestindo camisas de Messi e alguns até máscaras de seu rosto.        

    Viemos até aqui, gastamos milhares de dólares que mal podemos bancar, torcemos com todo o entusiasmo e eles não mostram nenhuma emoção, nenhuma garra pela nação. Simplesmente não consigo acreditar .

    Disputando seu quarto Mundial ainda marcado pela derrota de 1 x 0 para a Alemanha na final de 2014 no Brasil, Messi agora encara com a Argentina a perspectiva chocante de uma eliminação na primeira fase a menos que os outros resultados do Grupo D os favoreçam.

    Ele já havia se aposentado da seleção uma vez depois de perder uma decisão nos pênaltis contra o Chile na final da Copa América de 2016, mas foi persuadido a voltar pelos apelos de torcedores, familiares, colegas de time e até de Maradona.

    Mas tendo em conta que terá 35 anos na próxima Copa do Mundo e que está cedendo visivelmente ao peso das expectativas, a maioria das pessoas acredita que Messi deixará a seleção de vez algum tempo depois do torneio da Rússia.

    Leo é nosso corpo e alma, mas não conseguimos achá-lo com a bola , disse o técnico Jorge Sampaoli, pedindo que os torcedores voltem sua ira contra ele próprio, e não contra o jogador.

    LER NOTICIA
    Placeholder - loading - Imagem da notícia Diretoria do FMI aprova acordo de financiamento de US$50 bi para Argentina

    Diretoria do FMI aprova acordo de financiamento de US$50 bi para Argentina

    BUENOS AIRES (Reuters) - A diretoria do Fundo Monetário Internacional (FMI) aprovou um acordo de financiamento de 50 bilhões de dólares para a Argentina nesta quarta-feira e desembolsará imediatamente 15 bilhões de dólares ao governo do país, informou o FMI em comunicado.

        De acordo com o FMI qualquer desembolso dos 35 bilhões de dólares adicionais estará sujeito a revisões trimestrais pelo conselho.

    A Argentina anunciou que estava recorrendo ao FMI em maio, após uma queda na moeda local. A medida foi politicamente arriscada para o presidente Mauricio Macri, já que muitos argentinos culpam as políticas de austeridade impostas pelo FMI por exacerbar a crise econômica de 2001 e 2002.

    O governo de Macri se comprometeu a acelerar seus esforços para reduzir o déficit orçamentário como parte do acordo.

    O presidente do banco central argentino, Luis Caputo, disse em entrevista aos jornais locais Clarín e La Nación nesta quarta-feira que a chegada dos fundos estabilizaria o mercado de câmbio do país.

    O FMI informou que as autoridades argentinas usarão metade do desembolso inicial, ou 7,5 bilhões de dólares, para financiar o orçamento. O Tesouro e o Ministério da Fazenda disseram que venderão esses fundos nos mercados de câmbio em leilões diários previamente anunciados.

    O peso argentino fechou em queda de 0,4 por cento na véspera, a 27,80 dólares, após fortes ganhos na segunda-feira, quando Caputo aumentou as exigências de reservas dos bancos.

    Caputo disse que o mercado operou com calma absoluta na terça-feira após as ações do banco central. Os mercados argentinos estão fechados por conta de um feriado nesta quarta-feira.

    (Por Luc Cohen e Jorge Otaola)

    LER NOTICIA
    Placeholder - loading - Imagem da notícia Messi perde pênalti e Argentina empata em 1 x 1 com a Islândia

    Messi perde pênalti e Argentina empata em 1 x 1 com a Islândia

    Por Mitch Phillips

    MOSCOU (Reuters) - A pequena Islândia fez uma bela partida neste sábado em sua primeira participação em uma Copa do Mundo, conseguindo um empate de 1 x 1 com a Argentina, vice na Copa de 2014, em uma partida intensa em que Lionel Messi perdeu a chance de vitória quando teve um pênalti defendido por Hannes Halldorsson.

    Sergio Aguero abriu o placar para a seleção bicampeã mundial aos 19 minutos na partida do Grupo D. No entanto, a Islândia, que surpreendeu o mundo do futebol com sua ida às quartas de final da Euro há dois anos, mostrou exatamente o mesmo comprometimento e confiança para revidar quatro minutos depois com gol de Alfred Finnbogason.

    A Argentina, jogando de uniforme escuro e contando com a torcida de vasta maioria do estádio Spartak, conseguiu chances de ataques, mas no segundo tempo teve poucas oportunidades claras. Messi, que deu 11 chutes durante a partida, perdeu um pênalti aos 19 minutos do segundo tempo.

    A Islândia, de longe o menor país em população a participar de uma Copa do Mundo, venceu a Inglaterra nas oitavas de final da Euro 2016 e novamente inspirou seus torcedores com seus aplausos trovejantes e lutou de todas as formas para escrever um novo capítulo em sua pequena, porém gloriosa, história em competições.

    “Eu espero que se mostre importante para nos ajudar a alcançar nossa meta de classificação”, disse o goleiro Halldorsson sobre a defesa do pênalti.

    “Eu fiz meu dever de casa, eu analisei muitos pênaltis de Messi, eu também olhei como ele vinha se comportando em pênaltis anteriores, então eu tentei entrar na mente deles, como eles iriam pensar sobre mim”.

    “Eu acho que os argentinos ficaram um pouco frustrados por não terem conseguido e foi importante conseguirmos igualar tão rapidamente. Eu acho que nosso plano de jogo funcionou quase perfeitamente”.

    O técnico da Argentina, Jorge Sampaoli, disse: “Nós precisamos encontrar mais variedade de opções indo pra frente. É um grupo muito competitivo”.

    “As circunstâncias em torno do pênalti perdido e que levaram ao erro de Leo, são somente outra estatística, são parte do passado... futebol é assim. Nós precisamos ser fortes como um grupo, acreditar em nós mesmos e nós todos sabemos que temos as ferramentas para vencer qualquer um”, completou.

    Seus jogadores não irão precisar procurar muito por inspiração no que diz respeito a autoconfiança.

    Após performances fracas de algumas das outras equipes inexperientes no torneio nos dias de abertura na Rússia, a Islândia mostrou mais uma vez seu magnífico compromisso, espírito e físico.

    LER NOTICIA

    Fique por dentro

    de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.