alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    NOTÍCIAS SOBRE backstop

    Veja essas e outras notícias da Antena 1

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Reino Unido e União Europeia se aproximam de acordo sobre Brexit, dizem diplomatas da UE

    Reino Unido e União Europeia se aproximam de acordo sobre Brexit, dizem diplomatas da UE

    Por Gabriela Baczynska

    BRUXELAS (Reuters) - A União Europeia e o Reino Unido caminham para divulgar separadamente comunicados legais nos quais o bloco ressaltará novamente a natureza temporária do chamado 'backstop' na fronteira irlandesa, que é parte das negociações do Brexit, disseram diplomatas em Bruxelas.

    Eles mencionaram uma 'declaração paralela' ou um 'instrumento interpretativo', um dia após a primeira-ministra britânica, Theresa May, e o chefe do Executivo da União Europeia, Jean-Claude Juncker, se encontrarem em Bruxelas em busca de uma saída para o impasse em torno do Brexit.

    O 'backstop' é uma apólice de seguro projetada para evitar controles de fronteira entre a Irlanda, membro da UE, e a Irlanda do Norte, governada pelos britânicos, depois do Brexit. Alguns parlamentares do Reino Unido temem que o recuo possa prender o país em uma união aduaneira permanente com a UE.

    'Também pretendemos atualizar as informações sobre os futuros laços entre UE e Reino Unido após o Brexit para dar mais destaque aos 'arranjos alternativos' buscados pelo Reino Unido', disse um diplomata da UE que lida com o Brexit.

    'Mas May não conseguirá nenhuma palavra sólida antes de 28 de fevereiro.'

    Um segundo diplomata, informado sobre as negociações entre May e Juncker na quarta-feira à noite, confirmou que a UE apenas sinalizaria que essa era a direção tomada antes que a primeira-ministra britânica enfrentasse mais uma rodada de votação sobre o Brexit no Parlamento britânico.

    'O Parlamento precisa, primeiro, indicar claramente que esta opção ganharia, então, seu apoio ao ratificar o acordo do Brexit. Se eles fizerem isso, nós escolheremos as palavras com precisão na segunda semana de março e o texto irá para a cúpula para aprovação.'

    Caso contrário, a cúpula dos líderes nacionais da UE, que deve ocorrer entre 21 e 22 de março em Bruxelas, teria de concordar com um adiamento do Brexit para depois de 29 de março, segundo as fontes, para retardar o pior cenário possível: uma separação abrupta sem acordo.

    0

    0

    11

    2 D

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Mudar o backstop irlandês é única forma de selar o Brexit, diz chanceler britânico

    Mudar o backstop irlandês é única forma de selar o Brexit, diz chanceler britânico

    BERLIM (Reuters) - Fazer alterações no polêmico backstop irlandês é única forma de conseguir um acordo de separação do Reino Unido da União Europeia, disse o ministro das Relações Exteriores britânico, Jeremy Hunt, antes de a primeira-ministra, Theresa May, viajar a Bruxelas nesta quarta-feira para tentar salvar seu acordo de divórcio com o bloco.

    O pomo da discórdia nas negociações do Brexit é o chamado backstop, uma apólice de seguro para evitar a volta de longas verificações na delicada fronteira entre a província britânica da Irlanda do Norte e a Irlanda, membro da UE.

    Hunt pediu 'uma mudança simples e importante' no backstop, 'mas uma que garanta o futuro do acordo de paz da Sexta-Feira Santa de Belfast', acrescentando: 'Se pudermos fazer esta mudança, temos confiança de que conseguiremos aprovar este acordo'.

    'Esta é realmente a única maneira de resolver a situação atual', disse ele durante uma sessão de perguntas e respostas depois de discursar no Konrad Adenauer Stiftung em Berlim.

    May volta a Bruxelas nesta quarta-feira na esperança de que o chefe da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, se mostre mais conciliador do que ultimamente para salvar seu acordo para o Brexit.

    Hunt disse que a 'coisa crítica' é que o procurador-geral britânico, Geoffrey Cox, precisa ser capaz de mudar seu conselho ao Parlamento, que 'atualmente diz que é possível, senão provável, que o Reino Unido possa, pelos arranjos atuais do backstop, ficar preso à união alfandegária para sempre contra a sua vontade'.

    'Esta é a questão com a qual os parlamentares têm dificuldade', disse.

    Pedindo uma 'liderança generosa e perspicaz', Hunt disse: 'Devemos fazer tudo que pudermos para que se chegue a um acordo'.

    O chanceler disse que 'uma saída suave e ordeira é profundamente necessária', mas que não vê muito sentido em prorrogar as negociações para além da saída planejada da UE no dia 29 de março.

    'A questão de uma prorrogação é se isso realmente resolve algo', disse. 'A última coisa que as pessoas do Reino Unido e da Europa querem é uma paralisia do Brexit. Acho que as pessoas querem ir em frente'.

    (Por Michelle Martin e Madeline Chambers)

    0

    0

    14

    3 D

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Parlamentares britânicos instruem May a exigir renegociação de acordo do Brexit; UE rejeita

    Parlamentares britânicos instruem May a exigir renegociação de acordo do Brexit; UE rejeita

    Por Kylie MacLellan e William James

    LONDRES (Reuters) - Parlamentares britânicos instruíram, nesta terça-feira, a primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, a exigir que Bruxelas substitua o arranjo sobre a fronteira irlandesa conhecido como “backstop” no acordo do Brexit, em uma tentativa de última hora de renegociar o tratado de retirada que a União Europeia diz que não irá alterar.

    A emenda, apresentada pelo influente parlamentar conservador Graham Brady, foi aprovada por 317 contra 301 votos e tem como objetivo fortalecer May à medida que a premiê volta a Bruxelas para tentar renegociar o acordo --algo que a União Europeia descartou novamente minutos após o início da votação.

    Faltando dois meses para que o Reino Unido seja obrigado por lei a deixar a União Europeia, investidores e aliados têm pedido que o governo britânico feche um acordo para permitir uma saída ordenada do projeto a que aderiu em 1973.

    “Hoje, uma maioria de membros honrosos disse que iria apoiar um acordo com mudanças no backstop”, disse May, apenas duas semanas depois que o seu acordo de retirada foi amplamente rejeitado na maior derrota parlamentar da história moderna do Reino Unido.

    “Agora é claro que há uma rota que pode garantir uma maioria substancial e sustentável na Câmara para deixar a UE com um acordo”, disse May, dizendo que irá buscar “mudanças legalmente vinculantes” ao acordo de retirada.

    A emenda pede que o “backstop” seja substituído por “arranjos alternativos” não especificados para evitar a retomada de controles de fronteira na Irlanda e diz que o Parlamento apoiaria o acordo de May se essa mudança for feita.

    Entretanto, Bruxelas tem dito repetidamente que não quer renegociar o tratado, assinado pelos outros 27 líderes da UE, e afirmado que o arranjo “backstop” é necessário para garantir que não haja o retorno de uma fronteira dura entre a Irlanda e a província britânica da Irlanda do Norte.

    Falando imediatamente após a votação no Parlamento britânico, um porta-voz do presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, disse que o backstop faz parte do acordo de retirada e que não está aberto a renegociação.

    Parlamentares rejeitaram duas emendas que abriam caminho para o Parlamento impedir uma saída da União Europeia sem acordo caso May não consiga aprovar um tratado até o próximo mês. Entretanto, eles em seguida aprovaram uma proposta simbólica que pede que o governo impeça uma potencial saída desordenada e sem acordo do bloco.

    A chamada emenda Spelman, aprovada por 318 contra 310 votos, “rejeita que o Reino Unido deixe a União Europeia sem um acordo de retirada e uma estrutura para o relacionamento futuro”.

    A medida manda a mensagem de que o Parlamento como um todo se opõe à retirada da União Europeia sem um acordo negociado, o que acontecerá automaticamente no dia 29 de março se nenhuma alternativa for alcançada, mas não obriga o governo a impedir tal saída ou a fornecer um mecanismo que o faça.

    A libra, que recentemente chegou a 1,3218 dólar, seu valor máximo em aproximadamente dois meses, devido à esperança de que um Brexit sem acordo seria evitado, caiu em cerca de 0,7 por cento depois que os parlamentares rejeitaram os esforços para impedir uma saída sem acordo.

    O líder do Partido Trabalhista, Jeremy Corbyn, disse que se reunirá com May para “encontrar uma solução sensata para o Brexit que funcione para todo o país”, listando mudanças que a legenda de oposição quer realizar.

    0

    0

    18

    3 S

    Fique por dentro

    de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

    1. Home
    2. noticias
    3. tags
    4. backstop

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.