alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    NOTÍCIAS SOBRE griezmann

    Veja essas e outras notícias da Antena 1

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Griezmann corresponde às expectativas no maior palco do futebol

    Griezmann corresponde às expectativas no maior palco do futebol

    Por Ossian Shine

    MOSCOU (Reuters) - Nem mesmo o mais alto dos trovões da tempestade que caiu em Moscou poderia abalar Antoine Griezmann neste domingo, quando o atacante de 27 anos escolheu a final da Copa do Mundo para corresponder às expectativas que há tanto tempo acompanham seu talento. 

    Ignorando o barulho dos céus e o mar de torcedores vaiando, o francês deslocou o goleiro em cobrança de pênalti e calmamente marcou o segundo gol da França na vitória por 4 x 2 sobre a Croácia. 

    A luz dos relâmpagos caiu apropriadamente sobre o jogador responsável pela criatividade francesa, cujos lances de inspiração ajudaram a iluminar uma extraordinária final no estádio Luzhniki. 

    Griezmann foi fundamental no primeiro gol da França, com uma cobrança de falta sofrida por ele que foi desviada para as próprias redes pelo atacante croata Mario Mandzukic, e ainda ajeitou com categoria para Paul Pogba marcar o terceiro.

    Também foi Griezmann quem bateu o escanteio que resultou no único gol da vitória na semifinal contra a Bélgica. 

    No entanto, estranhamente para um jogador cortejado pelos maiores clubes do mundo que ganhou a Chuteira de Ouro da Eurocopa de 2016 e foi eleito o melhor jogador do torneio, seu outro único grande título foi a Liga Europa, com o Atlético de Madri, neste ano. 

    Não mais. Neste domingo, Griezmann e seus companheiros produziram um desempenho pulsante antes de comemorarem muito como campeões do mundo. 

    “Eu não sei onde estou”, disse o atleta de 27 anos, enquanto os organizadores corriam para montar o palco das premiações no gramado. “Mal podemos esperar para levantar a Copa e levá-la de volta para a França”. 

    Enquanto esperava a apresentação, Griezmann chorou, quando a enormidade do feito da sua equipe tomou conta dele, e, enquanto uma tempestade tomava conta do Luzhniki, o jogador abraçou o presidente francês, Emmanuel Macron, que lhe deu um beijo na testa e apertou seus ombros. 

    Quando colocou as mãos no troféu de ouro, Griezmann agarrou-o e correu para os torcedores atrás do gol para mostrar-lhes a Copa do Mundo, antes voltar para as laterais do gramado, segurando-o acima da cabeça. 

    Foi um desempenho virtuoso de um jogador de talento inquestionável, que finalmente respondeu aos críticos no maior palco do futebol mundial.

    LER NOTICIA
    Placeholder - loading - Imagem da notícia Confronto entre França e Uruguai é familiar para Griezmann

    Confronto entre França e Uruguai é familiar para Griezmann

    ISTRA, Rússia (Reuters) - O confronto de quartas de final da Copa do Mundo contra o Uruguai será familiar para o meia-atacante francês Antoine Griezmann, que em seus 13 anos na Espanha desenvolveu fortes laços com o país sul-americano.

    O jogador do Atlético de Madri começou sua carreira no futebol na base do Real Sociedad em 2005 e subiu para o profissional em 2009, antes de se transferir para o Atlético em 2014.

    Nos dois clubes, ele atuou com jogadores uruguaios, principalmente Carlos Bueno, na Real Sociedad, e Diego Godín, padrinho de suas filhas, no Atlético.

    (Godín) é um grande amigo, eu sempre saio com ele. Vai ser um jogo muito emocionante para mim , disse Griezmann, que marcou gols em dois pênaltis nesta Copa do Mundo, em entrevista coletiva no dia seguinte à vitória dos Les Bleus contra a Argentina por 4 x 3.

    Na Real Sociedad, o técnico uruguaio Martin Lasarte destacou seu talento e o colocou direto no time principal ao lado de Carlos Bueno.

    Bueno, 11 anos mais velho que Griezmann, era o protetor do jovem atacante, e a dupla formou uma parceria impressionante, que levou o clube de volta à primeira divisão espanhola.

    Ele me levou debaixo de suas asas e me ensinou a beber chimarrão , disse Griezmann, que é visto frequentemente segurando um frasco do chá amargo amado por argentinos e uruguaios.

    A relação com uruguaios continuou quando ele foi para o Atlético, onde o preparador físico, Oscar Ortega, também é do Uruguai, e onde conheceu Gimenez, Godín e também Cristian Rodríguez, que saiu em 2015.

    Quando o Uruguai selou a classificação para a Copa do Mundo em outubro do ano passado, Griezmann vestiu uma camisa do Uruguai e foi ao aeroporto de Madri para cumprimentar os dois defensores quando eles voltaram. Ele também frequentemente declara seu apoio ao Uruguai em postagens na mídia social quando o time sul-americano está em ação.

    Griezmann também foi nomeado membro honorário do Peñarol, um dos maiores clubes do Uruguai e onde Rodríguez joga.

    A amizade, no entanto, contará pouco quando a França enfrentar o Uruguai por uma vaga nas semifinais.

    Gimenez e Godín sabem tudo sobre mim e eu sei tudo sobre eles , disse o francês. Nós vamos ter que nos concentrar em cada pequeno detalhe.

    (Reportagem de Julien Pretot e Richard Martin)

    LER NOTICIA

    Fique por dentro

    de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

    1. Home
    2. noticias
    3. tags
    4. griezmann

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.