Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1

NOTÍCIAS SOBRE inteligência

Veja essas e outras notícias da Antena 1

Placeholder - loading - Imagem da notícia Cachorros não são os animais mais inteligentes

Cachorros não são os animais mais inteligentes

Os cães têm um conjunto único de habilidades cognitivas, mas não são inerentemente mais inteligentes do que outros animais, diz o novo artigo, publicado na revista Learning & Behavior. "Os cães são especiais, mas não são excepcionais", diz a co-autora Britta Osthaus, professora sênior de psicologia da Christ Church University, no Reino Unido. "Eles são inteligentes, mas não são espertos".Stephen Lea, professora emérita de psicologia na Universidade de Exeter, no Reino Unido, viu muitos artigos sobre as habilidades especiais dos cães, mas notou que outros animais raramente eram testados usando os mesmos tipos de tarefas cognitivas. Trabalhando com Osthaus, Lea decidiu analisar mais de 300 estudos existentes sobre cognição animal, em um esforço para comparar cães com outras espécies equivalentes.Os cães se encaixam em três classificações principais: são carnívoros, uma ordem de animais composta principalmente de comedores de carne; são caçadores sociais, o que significa que eles trabalham juntos para encontrar e recuperar comida; e eles foram domesticados por humanos.Para seu novo trabalho, Osthaus e Lea compararam cães a espécies em cada uma dessas três categorias, como lobos (um ancestral próximo), cães selvagens e hienas (carnívoros e caçadores sociais), gatos (carnívoros e animais domesticados), golfinhos e chimpanzés. (caçadores sociais) e cavalos e pombos (animais domesticados). Em muitas categorias cognitivas - da capacidade de extrair informações de estímulos sensoriais à resolução de problemas e inteligência social - os pesquisadores descobriram que outros animais poderiam igualar ou superar as habilidades dos cães."Eles são a única espécie no meio dessas três categorias, por isso são bastante especiais", diz Osthaus. Por causa de suas classificações sobrepostas, os caninos são especialmente adequados para certas tarefas, como servir de guias para cegos ou auxiliares de policiais. Mas em cada uma dessas três categorias, “você encontrará outros animais ou outras espécies que vão tão bem quanto os cães, ou talvez até melhor”. A opinião popular de que os cães são excepcionalmente inteligentes provavelmente persiste por algumas razões, explica Osthaus. Os cães são fáceis de estudar, por isso há mais informações sobre suas habilidades cognitivas do que as de outras espécies. E porque os seres humanos têm uma relação especialmente próxima com os cães, provavelmente há um elemento de viés de confirmação na literatura científica. "Nós gostamos que os nossos cães sejam muito inteligentes e gostamos que eles sejam apreciados", diz Osthaus. Mas tratar cães como uma espécie superinteligente pode na verdade estar fazendo um desserviço, diz ela. “Precisamos levar em conta que cachorros são cachorros. Precisamos ser justos com os cães, para saber quais são seus limites, por isso não esperamos muito”. A pesquisa também sugere que outros animais podem merecer mais crédito do que eles recebem.Para ler mais notícias, curta a página Antena 1 News no Facebook!

5 A
Placeholder - loading - Imagem da notícia Poluição do ar pode diminuir QI

Poluição do ar pode diminuir QI

Pesquisadores da China e Estados Unidos descobriram que a exposição à poluição do ar cotidiana está associada a danos à inteligência. E eles são maiores de acordo com a idade e afetam especialmente homens com menor nível de educação.Os testes foram feitos na China, com 20 mil pessoas, entre 2010 e 2014. Os voluntários foram testados nas áreas de matemática e linguagem."A pesquisa (CFPS) também fornece informações exatas sobre as localizações geográficas e as datas das entrevistas, o que nos permite comparar as pontuações dos testes com os dados da qualidade do ar local com mais precisão", explicam os autores do estudo, divulgado pela publicação acadêmica americana PNAS.O estudo comparou os resultados dos testes de performance cognitiva com medições de dióxido de enxofre, dióxido de nitrogênio e de partículas menores que 10 micrômetros de diâmetro dos locais onde os participantes viviam quando fizeram as provas. Monóxido de carbono, ozônio e partículas maiores não foram incluídos na análise.Mas, apesar de o estudo ligar poluição às notas mais baixas, a pesquisa não prova a relação de causa e efeito.Os pesquisadores avaliam, contudo, que os resultados não estão restritos à China. Muito provavelmente as conclusões podem ser aplicadas globalmente, já que 80% da população urbana mundial respira níveis considerados inseguros de poluição do ar.Acredita-se que muitos poluentes afetem diretamente a química do cérebro de diversas maneiras. Alguns, inclusive, podem ter um impacto psicológico, aumentando o risco de depressão.A poluição também aumenta o risco de doenças degenerativas como o mal de Alzheimer e outras formas de demência, indica o estudo.Para ler mais notícias, curta a página Antena 1 News no Facebook!

5 A

Fique por dentro

de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

  1. Home
  2. noticias
  3. tags
  4. inteligencia

Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.