alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    NOTÍCIAS SOBRE portavoz

    Veja essas e outras notícias da Antena 1

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Bolsonaro poderá ter alta já na quarta-feira, indica porta-voz

    Bolsonaro poderá ter alta já na quarta-feira, indica porta-voz

    BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Jair Bolsonaro poderá ter alta já na quarta-feira, mas ainda depende de avaliação médica, disse nesta terça-feira o porta-voz da Presidência, general Otávio Rêgo Barros.

    'A partir de amanhã ele estará em condições de ter alta', disse o porta-voz à Reuters. 'Vai depender da avaliação médica.'

    O boletim médico desta terça-feira mostrou que o presidente não tem mais febre e a pneumonia, descoberta na semana passada, já estaria, segundo os médicos, 'em resolução'. Bolsonaro também não tem mais dores abdominais e continua com uma dieta leve, além do uso de um suplemento nutricional.

    O boletim no entanto, não fala ainda de previsão de alta para o presidente.

    Nos últimos dias, Bolsonaro tem se mostrado mais disposto. Recebeu visitas de ministros, gravou entrevistas e um primeiro vídeo para redes sociais. Nesta terça, durante almoço com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, ligou para presidente para que ele conversasse com Toffoli.

    Bolsonaro está internado no hospital Albert Einstein, em São Paulo, desde 27 de janeiro, véspera da cirurgia para remoção de uma bolsa de colostomia, usada após ser esfaqueado durante a campanha eleitoral em setembro do ano passado.

    A previsão inicial era de que ele ficasse internado 10 dias, mas a necessidade de tratamento com antibióticos e depois o diagnóstico de uma pneumonia estenderam o período de permanência no hospital.

    Apesar de estar hospitalizado, Bolsonaro ficou afastado da Presidência apenas nas primeiras 48 horas após a cirurgia.

    (Reportagem de Lisandra Paraguassu)

    0

    1

    12

    1 S

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Bolsonaro pretende apresentar reforma da Previdência o mais rápido possível, diz porta-voz

    Bolsonaro pretende apresentar reforma da Previdência o mais rápido possível, diz porta-voz

    Por Eduardo Simões

    SÃO PAULO (Reuters) - O presidente Jair Bolsonaro compreende a importância do momento para a reforma da Previdência e pretende apresentar uma proposta ao Congresso Nacional o mais rápido possível, disse nesta terça-feira o porta-voz da Presidência da República, general Otávio Rêgo Barros.

    Em briefing no hospital Albert Einstein, onde Bolsonaro se recupera de cirurgia para retirada de uma bolsa de colostomia, Rêgo Barros também disse que as possibilidades de reforma serão apresentadas ao presidente e caberá a ele decidir o curso de ação e o momento de apresentação da proposta ao Legislativo.

    A reforma da Previdência, uma das principais prioridades do governo, foi um dos temas tratados na reunião de ministros realizada nesta terça em Brasília, acrescentou o porta-voz.

    'Os assuntos tratados hoje foram reforma administrativa, ações em apoio à tragédia de Brumadinho e análises sob propostas da Previdência', disse o porta-voz durante o briefing.

    'O presidente, em breve, decidirá sobre a linha de ação a ser apresentada ao Congresso', acrescentou Rêgo Barros referindo-se à reforma da Previdência.

    O porta-voz afirmou que Bolsonaro está analisando as possibilidades a serem incluídas na proposta de reforma da Previdência a ser enviada ao Congresso 'em sinergia com os ministros envolvidos no tema' para só então encaminhar um texto com as propostas de mudanças previdenciárias ao Legislativo.

    'O processo decisório de um tema tão relevante exige naturalmente muita análise e --repito-- ponderação. A decisão então será discutida no âmbito daquela Casa, que é a casa dos legisladores, e nós acreditamos que, de forma consensual e democrática, o Congresso vai aprovar a proposta do nosso presidente', disse o porta-voz.

    'Ele (Bolsonaro) compreende também a importância do timing com relação a essa apresentação e está trabalhando para que isso possa ser feito no prazo menor possível.'

    Mais cedo, após a reunião de ministros, o vice-presidente Hamilton Mourão reconheceu existir uma divergência entre Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes, no tema da idade mínima. Enquanto o ministro é a favor da mesma idade para homens e mulheres, o presidente entende ser mais adequado uma idade mínima menor para mulheres. Mourão lembrou que a decisão final cabe a Bolsonaro.

    Também nesta terça, após reunir-se com Guedes, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu a necessidade de uma reforma e disse que, caso o texto a ser enviado seja aprovado na Câmara em maio, a matéria poderá passar pelo Senado até junho ou julho.

    0

    0

    17

    2 S

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Lula manda recado e reforça que Haddad é sua voz na campanha eleitoral enquanto estiver preso

    Lula manda recado e reforça que Haddad é sua voz na campanha eleitoral enquanto estiver preso

    Por Lisandra Paraguassu

    CURITIBA (Reuters) - Em meio ainda a disputas internas no PT sobre a legitimidade do ex-prefeito de Sao Paulo, Fernando Haddad, para substituí-lo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso há mais de três meses em Curitiba, mandou um recado nesta quinta-feira pelo presidente da CUT, Vagner Freitas: Haddad é sua voz na campanha eleitoral enquanto ele estiver na cadeia.

    'Ele pediu para dar um recado: Haddad é o porta-voz dele, a voz dele, as pernas dele, fala em nome dele e vai representá-lo e viajar o Brasil em tarefa dada a ele pelo próprio presidente”, disse Wagner a jornalistas em Curitiba.

    Haddad foi indicado domingo passado, último dia permitido pela legislação eleitoral, para assumir como vice na chapa com Lula, em uma composição em que Manuela D’Ávila, do PCdoB, foi apontada como futura vice quando a situação de Lula se resolver, com a confirmação ou impugnação de sua candidatura.

    No entanto, a decisão não foi tomada facilmente pelo partido, com grupos que resistiam ao nome do ex-prefeito e defendiam o ex-governador da Bahia, Jaques Wagner --que já havia avisado que não queria o posto-- ou mesmo a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann. Apenas depois de uma carta de Lula, em que apontava Haddad como seu escolhido, a indicação foi confirmada.

    Apesar assim, segundo fontes ouvidas pela Reuters, ainda há resmungos internos no PT.

    “Ainda há quem diga que Haddad não é orgânico do partido”, contou uma delas, referindo-se ao fato de que o ex-prefeito é visto por alguns dentro do PT como um novato nas estruturas partidárias.

    Esse grupo ainda defendia a possível troca de Haddad por outro nome --novamente Gleisi ou Wagner-- e que o partido não deveria dar tanto destaque a Haddad como substituto de Lula para não enfraquecer o nome do ex-presidente e passar a impressão de que Lula vai desistir da candidatura.

    Freitas, que dividiu nesta quinta o dia de visita com Sharon Burrow, secretária-geral da Central Sindical Internacional, ficou cerca de uma hora com o ex-presidente e, segundo ele mesmo, conversou cerca de 20 minutos sozinho com Lula para tratar de questões de estratégia política.

    “É o porta-voz da campanha Lula, é a voz do Lula enquanto ele estiver preso, e por isso ele tem que ter visibilidade, tem que estar nos debates”, disse Vagner.

    “O que ele quer é esclarecer a opinião pública. Ele quis esclarecer, ‘Haddad é a minha voz, ele tem que ter visibilidade’. Para parar esse diz-que-diz o presidente esclarece de maneira enfática”, disse Freitas.

    0

    0

    35

    6 M

    Fique por dentro

    de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

    1. Home
    2. noticias
    3. tags
    4. portavoz

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.