Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    Taylor Swift critica lançamento de álbum ao vivo não autorizado

    “Ganância descarada”, a cantora afirmou sobre a ação de sua antiga gravadora Big Machine

    Placeholder - loading - news single img
    Taylor Swift critica lançamento de álbum ao vivo não autorizado

    Publicada em  

    A cantora Taylor Swift usou o Instagram nesta quinta-feira (23), para se pronunciar a respeito do lançamento de Live From Clear Channel Stripped 2008, não autorizado por ela, um subproduto do contrato de sua antiga gravadora Big Machine com o gerente de música Scooter Braun.

    O show foi gravado há 12 anos pertence à gravadora que a algum tempo já vem enfrentando desavenças com Taylor. Na semana passada os fãs perceberam que o lançamento havia aparecido nos perfis de serviço de streaming da cantora sem aviso prévio e questionaram Swift.

    Veja também: Taylor Swift cancela todas as suas datas de 2020

    "Quero agradecer aos meus fãs por me informar que minha antiga gravadora está lançando um 'álbum' de apresentações ao vivo esta noite", escreveu Swift no Instagram. "Esta gravação é de uma apresentação de um programa de rádio de 2008 que eu fiz aos 18 anos. A Big Machine listou a data como um lançamento de 2017, mas na verdade eles a lançaram à meia-noite."

    Swift continuou: " Eu honestamente estou sempre com vocês então quero dizer apenas que este lançamento não foi aprovado por mim. Parece-me que Scooter Braun e seu time de investidores, a 23 Capital, Alex Soros e sua família, bem como o Carlyle Group, têm visto os últimos balanços e entenderam que pagar US$ 330 milhões pela minha música não foi exatamente uma escolha fácil e eles precisam de dinheiro".

    A cantora rompeu o contrato com a Big Machine Records em junho de 2019, desde então a gravadora foi vendida para Scooter Braun, que já foi empresário da artista, com isso ela resolveu expor em uma carta publicada no Tumblr, várias ações orquestradas pelo agora dono da gravadora contra ela.

    Taylor finalizou sua declaração afirmando: “Em minha opinião… apenas outro caso de ganância descarada em tempos de coronavírus. De muito mau gosto, mas bem transparente”. Até o momento não foi emitido nenhum comunicado oficial pela Big Machine, nem mesmo por Braun em suas redes sociais.

    1. Home
    2. noticias
    3. taylor swift critica …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.