alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Vício dos pais em smatphones pode prejudicar comportamento dos filhos

    Limitar o tempo gasto nas redes sociais também pode representar benefícios para os adultos.

    Por Redação

    Placeholder - loading - news single img

    Não é novidade que o uso excessivo de smartphones pode causar diversos problemas de saúde e comportamento. Agora, um novo estudo publicado na revista científica Child Development sugere que o vício em redes sociais dos pais pode afetar o comportamento dos filhos.

    Pesquisadores da Universidade de Michigan e da Universidade do Estado de Illinois, ambas nos Estados Unidos, analisaram quantas vezes os pais paravam de dar atenção aos filhos para acessar seus dispositivos. Em seguida, a equipe de pediatras analisou o comportamento das crianças.

    Os resultados mostraram que filhos de pais que usam frequentemente os smartphones são mais propensos a apresentar problemas de comportamento. Os pesquisadores acreditam que as constantes interrupções geradas por mensagens nas redes sociais atrapalham momentos entre pais e filhos, fazendo com que as crianças tentem chamar atenção de outras formas – por meio de surtos repentinos ou atitudes inadequadas, por exemplo.

    De acordo com os autores, até mesmo pequenas pausas em uma conversa para checar o celular podem gerar irritabilidade nas crianças. A longo prazo, essa situação pode deixar os pequenos hiperativos e até mesmo depressivos.

    Quando questionados se achavam que o uso dos smartphones atrapalhava seu relacionamento com os filhos, as mães eram mais propensas a admitir que sim, em comparação com os pais.

    Segundo a Common Sense Media – organização sem fins lucrativos que avalia a relação da mídia e tecnologia entre crianças e responsáveis – pais com filhos com idade entre 8 e 18 anos passam, em média, mais de nove horas por dia nas mídias sociais.

    Limitar o tempo gasto nas redes sociais também pode representar benefícios para os adultos. De acordo com Sarah Sullivan, professora de ciências humanas e psicologia da Universidade de Ohio, nos Estados Unidos, o Facebook pode ser prejudicial para a saúde mental das mães. O uso excessivo pode causar sintomas de depressão e estresse elevado, graças a constate procura por aprovação e validação externas sobre o papel de maternidade.

    Para ler mais notícias, curta a página Antena 1 News no Facebook!

    1. Home
    2. noticias
    3. vicio dos pais em smatphones …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.