alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    NOTÍCIAS SOBRE filhos

    Veja essas e outras notícias da Antena 1

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Bolsonaro prefere elogiar Maia após declarações do presidente da Câmara sobre Carlos e Eduardo

    Bolsonaro prefere elogiar Maia após declarações do presidente da Câmara sobre Carlos e Eduardo

    (Reuters) - Jair Bolsonaro preferiu elogiar novamente o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e procurou evitar novas polêmicas um dia depois de seus filhos serem alvo de declarações polêmicas do deputado.

    'Eu tenho certeza que isso é um fake. Eu gosto do Rodrigo Maia, ele tem respeito por mim e eu tenho por ele', disse Bolsonaro a jornalistas neste sábado.

    'Mandei uma mensagem, via Onyx (Lorenzoni, ministro da Casa Civil), para ele ontem à noite, dizendo que o que nós dois juntos podemos fazer não tem preço', acrescentou. 'O Rodrigo Maia é uma pessoa importantíssima para o futuro de 208 milhões de pessoas, espero brevemente poder conversar com ele.'

    Em entrevista publicada na sexta-feira pelo site BuzzFeed, Maia disse que o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) está deslumbrado com a situação de ter o pai presidente. Mas as declarações mais sensíveis foram dirigidas a Carlos Bolsonaro, vereador pelo PSC no Rio de Janeiro.

    'O Bolsonaro colocou o filho com 17 anos para disputar contra a própria mãe desse filho. Ele derrotou a mãe para vereador. Isso deve ser normal na cabeça de um ser humano? Derrotar uma mãe com 17 anos? Isso deve ter gerado muito problema na cabeça do Carlos', disse Maia, segundo o site.

    Mas perguntado se a atuação de Carlos nas redes sociais têm afetado o Congresso Nacional, Maia disse acreditar que quem comanda tudo é o pai.

    'Ninguém fica preocupado com Carlos, todo mundo tem convicção de que o Bolsonaro é que comanda isso. E eu não acredito, e ninguém acredita mais, que é o Carlos que comanda esse jogo.'

    Sobre Eduardo, o presidente da Câmara disse que 'ele não era nada, era um deputado do baixíssimo clero, o pai vira presidente, ele passa a ser chamado pela equipe do Trump, pela equipe de não sei o quê'.

    'Um pouquinho de vaidade é um direito, não é? Não vamos exagerar também, achar que ele não pode ter um momento de deslumbramento. Quem é que nunca teve?', ponderou.

    Por outro lado, Maia elogiou o presidente, afirmando que Bolsonaro 'não é uma pessoa que deixa de cumprir a palavra dele... ele nunca traiu a palavra dele'.

    Há poucas semanas Maia e Bolsonaro trocaram farpas públicas que colocaram em xeque o engajamento do presidente da Câmara pela aprovação da reforma da Previdência. Mas nos últimos dias, o presidente fez questão de fazer afagos públicos ao deputado.

    (Por Alexandre Caverni, em São Paulo; Edição de Maria Pia Palermo)

    25

    1 M

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Deportados após decreto de Trump, cidadãos da América Central lamentam perda de filhos

    Deportados após decreto de Trump, cidadãos da América Central lamentam perda de filhos

    Por Delphine Schrank

    CHOLOMA, Honduras (Reuters) - Antes de deportá-lo algemado na semana passada, agentes de imigração dos Estados Unidos devolveram ao postulante a asilo hondurenho Melvin García seus poucos objetos pessoais e uma pequena carteira azul pertencente à sua filha de 12 anos, Daylin, que ficou detida no país.

    Sem saber quando voltará a vê-la depois de ser expulso dos EUA com uma ordem de deportação, García, de 37 anos, engrossa um número incerto de pais mandados para casa pelo governo Trump sem os filhos.

    Frustrado por ver imigrantes e postulantes a asilo da América Central serem soltos com frequência para aguardar audiências judiciais, o presidente Donald Trump implantou uma política de tolerância zero em abril para processar todos os adultos que cruzem a fronteira EUA-México ilegalmente, inclusive aqueles viajando com crianças –o que aumentou dramaticamente a quantidade de famílias separadas na divisa.

    Horas depois de voltar a Honduras sozinho no dia 21 de junho, García se recolheu a um barraco de concreto em um setor da cidade de Choloma controlado pela Barrio 18, uma de duas gangues cujas ameaças de morte ele disse terem causado sua fuga com Daylin em março.

    Torturado pela ideia de que pode passar anos sem vê-la, García, todas as vezes que relembrava sua busca desesperada por Daylin na detenção dos EUA ele irrompia em lágrimas.

    Trump voltou atrás na semana passada, ordenando o fim das separações familiares, mas o governo ainda tinha 2.047 crianças em custódia até terça-feira, disse o secretário de Saúde e de Serviços Humanos, Alex Azar, a um comitê do Senado norte-americano, acrescentando que reuni-las com os pais será difícil.

    Na noite de terça-feira um juiz federal determinou que o governo deve reaproximar as famílias que foram separadas depois de entrarem no país, mas advogados de imigração alertaram que a situação é tremendamente complicada para os pais que foram enviados de volta para casa sem os filhos.

    Não existe uma estrutura em funcionamento, nenhuma estrutura legal em funcionamento para realmente reunificar os pais que já foram deportados , disse Jenna Gilbert, advogada que administra a filial de Los Angeles da organização de direitos legais Human Rights First.

    Na semana passada a Reuters rastreou ao menos seis imigrantes da América Central que haviam sido deportados e cujos filhos continuavam em abrigos nos EUA ou, como no caso da filha de Garcia, sob custódia de cuidadores.

    A ordem de deportação de Garcia, vista pela Reuters, não diz por quanto tempo ele está proibido de voltar aos EUA, mas o Departamento de Justiça norte-americano disse que pessoas deportadas em tais casos normalmente são impedidas de voltar por cinco anos ou mais.

    (Reportagem adicional de Nelson Rentaría em San Salvador)

    46

    11 M

    Fique por dentro

    de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

    1. Home
    2. noticias
    3. tags
    4. filhos

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.