alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASILANTENA 1
    Veja todas as Notícias.

    Zona do euro terá recessão recorde e inflação vai desaparecer, diz Comissão da UE

    Placeholder - loading - news single img
    Notas de 100 e 200 euros 21/05/2019 REUTERS/Kai Pfaffenbach

    Publicada em  

    Atualizada em  

    Por Jan Strupczewski

    BRUXELAS (Reuters) - A economia da zona do euro vai contrair a uma taxa recorde de 7,7% neste ano por causa da pandemia de Covid-19 e a inflação irá quase desaparecer, enquanto a dívida pública e o déficit orçamentário vão disparar, projetou a Comissâo Europeia nesta quarta-feira.

    'A Europa está passando por um choque econômico sem precedentes desde a Grande Depressão', disse o comissário europeu para Assuntos Econômicos e Financeiros, Paolo Gentiloni.

    'Mas a profundidade da recessão e a força da recuperação serão irregulares, condicionadas à velocidade com que as restrições podem ser suspensas, a importância de serviços como turismo em cada economia e pelos recursos financeiros de cada país', disse ele.

    A Comissão projeta que, conforme a economia encolhe este ano, os preços ao consumidor vão quase estagnar. A taxa de inflação irá desacelerar a 0,2% em 2020, acelerando a 1,1% no próximo ano, quando a zona do euro deverá retornar a um crescimento de 6,3%. O investimento irá despencar 13,3% este ano, completou.

    Os esforços para sustentar as economias vão ampliar os déficits orçamentários na zona do euro para 8,5% do PIB este ano, de 0,6% no ano passado, indo a 3,5% em 2021.

    Um salto na dívida pública, entretanto, levará mais tempo para ser recuperado, disse a Comissão, projetando que a dívida da zona do euro saltará a 102,7% do PIB este ano de 86% no ano passado, recuando a apenas 98,8% em 2021.

    Itália, Grécia, Espanha e Portugal estarão entre os mais afetados pelos efeitos econômicos da pandemia, enquanto Luxemburgo, Malta e Áustria se sairão melhor.

    O PIB da Grécia deve sofrer a maior contração, de 9,7%, com a Itália recuando 9,5% e a Espanha, 9,4%.

    Escrito por Reuters

    1. Home
    2. noticias
    3. zona do euro tera recessao …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.