alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Após despencar nas pesquisas, Marina diz que levantamentos não decidem rumos do país

    Por Thomson Reuters

    Placeholder - loading - news single img

    (Reuters) - A candidata da Rede à Presidência, Marina Silva, disse, após votar neste domingo no Acre, que pesquisas não decidem o rumo do país, minimizando a brusca queda que sofreu nos levantamentos de intenção de voto na disputa pelo Palácio do Planalto.

    'Como se as pesquisas fossem o que decidisse os rumos do país. Quem decide os rumos do país em uma democracia é a sociedade, é o cidadão com o seu voto', disse a ex-senadora após votar em Rio Branco.

    'O voto de uma pessoa pode oferecer educação de qualidade, ou manter a corrupção. O voto de uma pessoa pode ajudar a resolver o problema da violência, de 63 mil assassinatos por ano, ou pode aumentar a violência com a ideia falsa e perigosa de que se vai resolver a segurança pública distribuindo armas para todo mundo. O voto de uma pessoa pode fortalecer a democracia, ou pode enfraquecê-la', acrescentou.

    Na última pesquisa Datafolha antes da eleição, divulgada na noite de sábado, Marina aparece com 3 por cento dos votos válidos, atrás de Geraldo Alckmin (PSDB), que tem 8 por cento, e Ciro Gomes (PDT), com 15 por cento, candidatos com que já chegou a disputar a segunda posição. No primeiro lugar aparece Jair Bolsonaro (PSL) com 40 por cento, seguido por Fernando Haddad (PT), com 25 por cento.

    (Por Maria Clara Pestre, no Rio de Janeiro)

    1. Home
    2. noticias
    3. apos despencar nas pesquisas …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.