Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    ARIA 2020: Confira as apresentações e vencedores

    Billie EIlish e Sia também se apresentaram

    Placeholder - loading - news single img
    Sam Smith e Harry Styles segurando um microfone em show- Antena1/Divulgação

    Publicada em  

    O ARIA Music Awards aconteceu nesta quarta-feira (25), e a produção do evento liberou recentemente os vídeos oficiais da cerimônia. A premiação é reconhecida como a mais importante para o mercado musical no país e contou com a apresentação de artistas emblemáticos de todo o globo, como Sam Smith e Billie EIlish. A banda Tame Impala foi a grande vencedora da noite.

    Veja também: Billie Eilish e Sam Smith irão se apresentar no ARIA Music Awards

    O ARIA Music Awards é a premiação feito pela Australian Record Industry Association, que é formada por selos e gravadoras que administram parte da indústria fonográfica do país na Oceania. Apesar da dupla australiana Lime Cordiale ter liderado indicações – oito no total –, a banda Tame Impala foi a maior vencedora da noite com seu último disco “The Slow Rush”, muito prestigiado pela crítica.

    Apesar de indicada, a cantora Sia acabou não vencendo na categoria de melhor artista feminina, dando lugar a Sampa The Great, que realizou produções formidáveis esse ano. Porém, Sia não deixou de ter uma belíssima apresentação na cerimônia. Outros cantores também performaram na noite, mas o maior destaque estava voltado para Sam Smith e Billie Eilish, que eram os músicos globais presentes.

    Confira os vencedores abaixo:

    ÁLBUM DO ANO: Tame Impala – The Slow Rush

    ARTISTA MASCULINO: Archie Roach – Tell Me Why

    ARTISTA FEMININA: Sampa The Great – The Return

    MELHOR DANCE RELEASE: Dom Dolla – San Frandisco

    MELHOR GRUPO: Tame Impala – The Slow Rush

    ARTISTA REVELAÇÃO: Lime Cordiale – 14 Steps To A Better You

    MELHOR LANÇAMENTO POP: Amy Shark – Everybody Rise

    MELHOR LANÇAMENTO HIP-HOP: Sampa The Great – The Return

    MELHOR LANÇAMENTO SOUL/R&B: Miiesha – Nyaaringu

    MELHOR LANÇAMENTO INDEPENDENTE: Sampa The Great – The Return

    MELHOR ÁLBUM ROCK: Tame Impala – The Slow Rush

    MELHOR ÁLBUM ADULTO CONTEMPORÂNEO: Archie Roach – Tell Me Why

    MELHOR ÁLBUM COUNTRY: Fanny Lumsden – Fallow

    MELHOR ÁLBUM HARD ROCK/HEAVY: King Gizzard & The Lizard Wizard – Chunky Shrapnel

    MELHOR ÁLBUM BLUES & ROOTS: The Teskey Brothers – Live At The Forum

    MELHOR ÁLBUM INFANTIL: Teeny Tiny Stevies – Thoughtful Songs for Little People

    MELHOR ÁLBUM DE COMÉDIA: Anne Edmonds – What‘s Wrong With You?

    MELHOR VÍDEO: Guy Sebastian – Standing With You

    MELHOR APRESENTAÇÃO AO VIVO: Amy Shark – Amy Shark Regional Tour

    MÚSICA DO ANO: 5 Seconds Of Summer – Teeth

    MELHOR ARTISTA INTERNACIONAL: Harry Styles – Fine Line

    MELHOR ARTE DE CAPA: WASHINGTON – Batflowers

    ENGENHEIRO DO ANO: Kevin Parker for Tame Impala – The Slow Rush

    PRODUTOR DO ANO: Kevin Parker for Tame Impala – The Slow Rush

    MELHOR ÁLBUM CLÁSSICO: Richard Tognetti & Erin Helyard – Beethoven & Mozart Violin Sonatas

    MELHOR ÁLBUM JAZZ: Paul Kelly & Paul Grabowsky – Please Leave Your Light On

    MELHOR ÁLBUM DE TRILHA SONORA OU MUSICAL DE TEATRO: Chelsea Cullen – I Am Woman (Original Motion Picture Soundtrack)

    MELHOR ÁLBUM WORLD MUSIC: Joseph Tawadros – Live at the Sydney Opera House

    Últimas Notícias

    1. Home
    2. noticias
    3. aria 2020 confira as …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.