Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    BC diz que repasse cambial tem se mostrado contido, mas reforça elevação de medidas de inflação

    Placeholder - loading - news single img

    Publicada em  

    Atualizada em  

    Por Marcela Ayres

    BRASÍLIA (Reuters) - O Banco Central avaliou nesta terça-feira que o nível de repasse cambial tem se mostrado contido, com exceção de alguns preços administrados, mas reforçou que as medidas de inflação subjacente se elevaram para níveis apropriados, conforme ata do Comitê de Política Monetária (Copom) divulgada nesta terça-feira.

    Nesse cenário, o BC destacou seu compromisso de conduzir a política monetária visando manter a trajetória de inflação em linha com as metas e apontou que isso 'requer a flexibilidade para ajustar gradualmente a condução da política monetária quando e se houver necessidade'.

    Na semana passada, na última reunião antes da eleição do próximo presidente do Brasil, o BC manteve a taxa básica de juros em 6,50 por cento ao ano, seu menor nível histórico, mas apontou que pode subi-la adiante caso haja piora do quadro atual, conforme as incertezas ligadas às eleições vêm guiando uma escalada do dólar frente ao real.

    'É possível que os ajustes de preços relativos ocorridos recentemente, em contexto com expectativas ancoradas, tenham contribuído para elevar a inflação para níveis compatíveis com as metas, sem constituir risco para a manutenção nesses níveis após concluídos os referidos ajustes', trouxe o BC na ata.

    No documento, a autoridade monetária afirmou que seguirá acompanhando 'possível impacto mais perene de choques sobre a inflação'.

    Também voltou a dizer que não há relação mecânica entre os choques recentes e a política monetária, indicando que não reagirá com alta dos juros à valorização do dólar a não ser que haja impacto secundário na inflação prospectiva.

    Para o diretor de Pesquisas e Estudos Econômicos do Bradesco, Fernando Barbosa, a ata reforçou comunicação prévia do BC de que só elevará a Selic se houver piora adicional do balanço de riscos ou das expectativas de inflação.

    'Como as expectativas de inflação permanecem bem ancoradas, e os efeitos secundários sobre os preços advindos de choques primários como a depreciação do real não têm se materializado, projetamos que a taxa Selic permanecerá estável em 6,5 por cento até o final de 2018', disse Barbosa em nota.

    Por sua vez, o economista-chefe do Fator, José Francisco de Lima, avaliou que o BC vem pavimentando o caminho para antecipar o início gradual da alta dos juros já neste ano, particularmente pela volatilidade trazida pelas eleições.

    'Por enquanto, o grande peso tem sido a piora mundial, mas eu acho muito difícil que nos próximos dias o cenário eleitoral não afete os preços dos ativos', afirmou ele, citando o aumento do dólar já nesta sessão.

    'À luz do que eles escreveram, eu acho que se há viés, o viés é de subir na próxima reunião porque eu acho que o comportamento do CDS (Credit Default Swap, uma medida de risco país) e do câmbio vai lançar dúvidas sobre o baixo repasse da variação do câmbio para a inflação', acrescentou José Francisco.

    O próximo encontro do Copom ocorre em 30 e 31 de outubro, logo após o segundo turno das eleições.

    Na semana passada, o BC já tinha indicado um ambiente menos favorável para a inflação, com riscos mais elevados, em referência à deterioração do cenário externo para emergentes e à possibilidade de frustração da continuidade de reformas econômicas no país.

    Sobre a cena externa, o BC descreveu nesta terça-feira riscos associados principalmente à normalização das taxas de juros em algumas economias avançadas e incertezas referentes ao comércio global.

    Olhando para o cenário doméstico, reforçou que os ajustes e reformas econômicas 'são fundamentais' para a sustentabilidade da inflação baixa, para o funcionamento pleno da política monetária e para a redução da taxa de juros estrutural da economia. E disse que a percepção de continuidade dessa agenda afeta as expectativas e projeções macroeconômicas correntes.

    Os mercados vêm reagindo às incertezas da corrida presidencial e a desdobramentos na cena externa ligados à subida dos juros nos Estados Unidos, guerra comercial e problemas na Argentina e Turquia. No ano, o dólar acumula um avanço de mais de 20 por cento no ano sobre o real.

    O fortalecimento da moeda norte-americana pode aumentar os preços de importados e acelerar a inflação, embora o desemprego elevado e a alta capacidade ociosa das empresas deva limitar esse repasse.

    Na ata, o BC destacou que o elevado grau de ociosidade na economia ainda prescreve política monetária estimulativa. Também ponderou que a intensidade do repasse cambial depende desse fator e também da ancoragem das expectativas de inflação, sendo que continuará de olho em ambos.

    Na pesquisa Focus mais recente, feita pelo BC junto a uma centena de economistas, as expectativas para a inflação subiram a 4,28 por cento este ano e a 4,18 por cento em 2019, tendo como pano de fundo projeções mais altas para o dólar.

    Mesmo com a elevação as estimativas continuaram dentro da meta, cujo centro para este ano é de 4,50 por cento e, para 2019, de 4,25 por cento, com margem de tolerância de 1,5 ponto percentual para mais ou menos nos dois casos.

    Escrito por Thomson Reuters

    Últimas Notícias

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Global Citizen: festival online tem apresentações de Elton John e mais

    Global Citizen: festival online tem apresentações de Elton John e mais

    Neste sábdo, 25 de setembro, acontece mais uma edição do Global Citizen, um dos maiores festivais beneficentes do mundo da música. A transmissão online é totalmente gratuita e será feita pelo canal oficial do evento no YouTube, a partir das 14h. 
     
    O mais legal sobre esse festival é que ele acontece durante 24 horas seguidas, sem interrupções. Então, se você é fã de música internacional esse é o evento certo para você curtir no seu final de semana. 
     
    As apresentações serão transmitidas de diversas cidades ao redor do mundo, sendo: Nova York, Los Angeles, Paris, Londres, Lagos, Rio de Janeiro, Sydney e Mumbai.  
     
    Para o evento, foram confirmadas presenças de Ed SheeranElton JohnDuran DuranStevie WonderShawn MendesKylie Minogue e muitos outros. Todos os cantores e bandas que vão participar do Global Citizen estão doando o seu tempo e seu show em prol de causas humanitárias, como melhores condições de vida da população, mudanças climáticas e uma melhor distribuição da vacina contra a Covid-19 ao redor do mundo. 
     
    Confira o line-up completo do evento:
     
    De Nova York
    Coldplay, Billie Eilish, Camila Cabello, Jennifer Lopez, Lizzo, Meek Mill e Shawn Mendes, Alessia Cara, Burna Boy, Cyndi Lauper, Jon Batiste e Lang Lang, Amber Ruffin, Andy Cohen, Billy Porter, Bonang Matheba, Bridget Moynahan, Connie Britton, Deborra-lee Furness, Desus Nice e The Kid Mero, Dikembe Mutombo, Katie Holmes, Nomzamo Mbatha, Padma Lakshmi, Rachel Brosnahan, Skip Marley e Tan France.
     
    De Paris
    Ed Sheeran, Elton John, Black Eyed Peas, Christine e as Rainhas, Doja Cat e Måneskin, Angélique Kidjo, Charlie Puth e Fatma Said.

    De Los Angeles
    Stevie Wonder, Adam Lambert, Chloe x Halle, Demi Lovato, HER, Migos, ONEREPUBLIC, Ozuna, The Lumineers e 5 Seconds of Summer, JoJo, Joseph Gordon-Levitt, Michaela Jaé Rodriguez, Maggie Q e Scott Evans.

    De Londres
    Duran Duran, Kylie Minogue, Nile Rodgers e Chic e Rag'n'Bone Man.

    De Lagos
    Femi Kuti, Davido, Tiwa Savage e Made Kuti, Ebuka Obi-Uchendu e Nancy Isime.

    Para asisstir ao Global Citizen 2021, clique no player abaxio:

    Veja também:

     
    Elton John e Charlie Puth se unem para um novo single, 'After All'
     
    'Tonight United': Duran Duran lança música em parceria com Giorgio Moroder

    21 H
    Placeholder - loading - Imagem da notícia Aos 81 anos, Ringo Starr lança novo EP com quatro músicas inéditas

    Aos 81 anos, Ringo Starr lança novo EP com quatro músicas inéditas

    Nesta sexta, 22 de setembro, o cantor e baterista, Ringo Starr, lançou seu mais novo álbum, 'Change The World'. O disco conta com 3 faixas autorais e uma regravação, sendo: “Let’s Change the World”, “Just That Way”, “Coming Undone” e “Rock Around the Clock”, de Bill Haley & His Comets.
     
    O diferencial deste trabalho é que ele foi produzido inteiramente no estúdio caseiro do musicista, localizado em Los Angeles nos Estados Unidos. Mas, para isso, Ringo contou com a ajuda de diversos artistas, como o jazzista Trombone Shorty e a produtora Linda Perry. 
     
    Com a pandemia do coronavírus, a banda de Ringo, All-Star Band, foi impedida de realizar a turnê como haviam programado e, de acordo com o cantor, gravar e lançar músicas foi o que o ajudou a passar pelo isolamento social. “Ter um estúdio em casa foi a minha salvação”, declarou o ex-Beatle
     
    E, claro, desse escape surgiu um trabalho repleto de letras positivas e de melodias marcantes, que deixou um gostinho de quero mais nos seus fãs ao redor mundo.  
     
    Clique no player abaixo para ouvir 'Change The World' completo:
     
     
     
    Em março deste ano, o artista já havia disponibilizado em suas redes sociais o álbum 'Zoom In', também produzido por ele durante a quarentena. O EP conta com cinco faixas totalmente inéditas e com participações dos instrumentistas Nathan East, Steve Lukather, Bruce Sugar, Benmont Tench, Charlie Bisharat, Jacob Braun e Jim Cox.
     
    O single de divulgação desse disco foi 'Here's To The Nights', escrito pela cantora e compositora norte-americana Diane Warren, e é uma canção muito especial para Ringo, já que Paul McCartney, Lenny Kravitz, Joe Walsh, Corinne Bailey Rae, Jenny Lewis e Eric Burton também participam da versão final desta faixa. 
     
    O videoclipe oficial da música fez tanto sucesso que já conta com mais de 800 mil visualizações no YouTube. Confira: 
     
     
    Veja também:
     
    Ouça o dueto de Ray Charles com Steve Tyrell
     
    'Tonight United': Duran Duran lança música em parceria com Giorgio Moroder

    21 H
    Placeholder - loading - Imagem da notícia 'Tonight United': Duran Duran lança música em parceria com Giorgio Moroder

    'Tonight United': Duran Duran lança música em parceria com Giorgio Moroder

    Esta sexta-feira, 24 de setembro, já começou com várias novidades no mundo da música e isso inclui o lançamento de 'Tonight United', sendo esse o novo single de Duran Duran em parceria com o rei do disco, Giorgio Moroder. A canção faz parte de  'Future Past', décimo quinto disco de estúdio da banda. 
     
    Em nota, Simon Le Bond, vocalista do grupo, declarou: "Giorgio Moroder, Duran Duran ... isso é música para um mundo que está se reunindo”. 
     
    Um dos motivos para 'Tonight United' ter sido divulgada hoje, é que a canção é a música tema do festival 'Global Citizen' - que acontece neste sábado (25), em Londres, e será transmitido ao vivo pelo YouTube do evento. Clique aqui para acessar o canal do show.  
     
    Veja o vídeo oficial da música: 
     
     
    “Quando entramos em estúdio pela primeira vez no final de 2018, eu estava tentando persuadir os caras de que tudo o que precisávamos fazer era escrever duas ou três faixas para um EP. Quatro dias depois, com o núcleo de mais de 25 canções fortes, que todas mereciam desenvolvimento, percebi que estaríamos nisso por um longo tempo, mas isso foi antes de Covid-19. Então, aqui estamos nós em 2021 com nosso 15º álbum de estúdio e nos esforçando ao máximo", afirmou Le Bond.  
     
    As demais faixas do disco também contém parcerias com grandes artistas da indústria musical, como Mark Ranson, Lykke Li, To Love, CHAI, Graham Coxon do Blur e Mick Grason - tecladista de David Bowie. 
     
    'Future Past' estará disponível em sua versão completa a partir do dia 22 de outubro deste ano. Confira as músicas foram publicadas, até o momento:
     
     
    Veja mais:
     
    Shows lendários de Bruce Springsteen ganham data de lançamento
     
    Genesis inicia turnê de despedida 'The Last Domino Tour?' na Inglaterra

    1 D
    1. Home
    2. noticias
    3. bc diz que repasse cambial …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.