Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
Ícone seta para a esquerda Veja todas as Notícias.

Biden diz que 'indignação moral' está por trás do comentário sobre Putin, não mudança de política

Placeholder - loading - 26/03/2022 Slawomir Kaminski /Agencja Wyborcza.pl via REUTERS
26/03/2022 Slawomir Kaminski /Agencja Wyborcza.pl via REUTERS

Publicada em  

Atualizada em  

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse nesta segunda-feira que seu comentário em Varsóvia de que o presidente russo, Vladimir Putin, deveria ser removido do poder reflete sua própria indignação moral, não uma mudança na política do governo norte-americano.

'Eu não estava nem estou articulando uma mudança de política na época. Eu estava expressando indignação moral que senti e não peço desculpas', disse ele.

Biden afirmou que seu desabafo, feito no fim de um discurso sobre a Ucrânia em Varsóvia no sábado, havia sido motivado por uma visita que o tocou a famílias refugiadas da Ucrânia por causa da invasão da Rússia.

Em seu discurso na capital polonesa, Biden acrescentou uma frase que não estava prevista, dizendo que Putin “não pode permanecer no poder”. Autoridades do governo correram para esclarecer que a Casa Branca não estava defendendo uma mudança de regime na Rússia.

Biden disse nesta segunda-feira que 'não estava recuando em nada' ao esclarecer a observação. Questionado se a observação provocaria uma resposta negativa de Putin, Biden disse: 'Não me importo com o que ele pensa... Ele vai fazer o que vai fazer'.

Mas Biden mais uma vez sugeriu que Putin não deveria estar liderando a Rússia. Se Putin “continuar no caminho em que está agora, ele se tornará uma pária globalmente e quem sabe no que ele se transformará em seu país, em termos de apoio”, disse Biden.

No entanto, Biden não descartou se reunir com Putin, dizendo que “depende” de que assunto que ele quiser discutir.

Biden já havia descrito Putin neste mês como um “criminoso de guerra” pelo seu papel no conflito que levou à morte de muitos civis ucranianos.

Ele disse que seus comentários no sábado sobre Putin foram direcionados ao público russo.

“A última parte do discurso era para o povo russo”, disse Biden. “Estava comunicando isso não apenas ao povo russo, mas a todo o mundo. Apenas constatando o simples fato de que este tipo de comportamento é totalmente inaceitável. Totalmente inaceitável.”

(Reportagem de Steve Holland e Jarrett Renshaw)

Escrito por Reuters

Últimas Notícias

Placeholder - loading - Imagem da notícia Olivia Newton John: 10 músicas mais tocadas após a morte da cantora

Olivia Newton John: 10 músicas mais tocadas após a morte da cantora

Olivia Newton-John faleceu em 8 de agosto, aos 73 anos, mas sua obra será infinita. Várias canções da artista entraram nos rankings da Billboard, graças aos fãs que encontraram nas músicas um alento para a saudade.

A revista americana listou as 10 músicas mais ouvidas nos Estados Unidos desde o falecimento até 14 de agosto. Nesse período, o catálogo de músicas de Olivia teve um aumento de 615%. Nos streamings dos Estados Unidos a demanda foi de 1.4 milhões para 10.2 milhões

Ao longo da carreira, Olivia Newton John teve 5 músicas no topo da Billboard, 15 no top 10 entre 1974 e 1984 e dois álbuns entre os mais ouvidos da Hot 200: “If You Love Me Let Me Know”, de 1974 e “Have You Never Been Mellow”, de 1975.

Confira a lista

  1. “You’re the One That I Want” - com John Travolta, 2.4 milhões
  2. “Hopelessly Devoted to You” - 2.2 milhões
  3. “Summer Nights” - com John Travolta, 1.3 milhões
  4. “Physical” - 1.1 milhões
  5. “Magic” - 859 mil
  6. “Xanadu” - com Electric Light Orchestra, 603 mil
  7. “Have You Never Been Mellow” - 499 mil
  8. “A Little More Love” - 452 mil
  9. “We Go Together” - com John Travolta, 409 mil
  10. “Twist of Fate” - 387 mil

Olhando o quadro vemos que as canções dos filmes de Olivia foram algumas das mais marcantes. Sucessos de Grease – Muitos com John Travolta - fecham todo o top 3, a trilha sonora de “Xanadu”, gravada com o Electric Light Orchestra vem em sexto lugar.

Vale destacar a faixa “Physical” que vem em 4 lugar. A música tiha sido oferecida a Rod Stewart para que fizesse um “macho man rock”, mas abou com Olivia Newton-John que fez da canção em um hit pop,

Vale ressaltar as parcerias da lista. John Travolta participa de “You’re the One That I Want” e “We Go Together”. Já em “Xanadu” a parceria é com a banda Electric Light Orchestra (Elo).

Olivia Newton-John já faz falta e essa grande performance de suas canções só mostra a saudades dos fãs

Veja também

VMA 2022: TWITTER PERMITIRÁ INTERAÇÃO COM ARTISTAS E FÃS AO REDOR DO MUNDO

KELLY CLARKSON BUSCA POR CANTORES EM NOVA COMPETIÇÃO

20 H
Placeholder - loading - Imagem da notícia Remédios contra monkeypox, novo Conselho da Petrobras e mais desta sexta

Remédios contra monkeypox, novo Conselho da Petrobras e mais desta sexta

Confira um resumo das principais notícias do Brasil e do mundo!

Nacional

A Petrobras realiza nesta sexta-feira a Assembleia Geral de Acionistas para eleger um novo Conselho de Administração. O governo ficará com 6 das 11 cadeiras do colegiado. 2 dos indicados foram reprovados pelo Comitê de Elegibilidade por conflito de interesses.

Termina hoje o prazo para os candidatos selecionados no Fies do segundo semestre complementarem as informações da inscrição. O processo deve ser realizado no portal Acesso Único, do Ministério da Educação. As convocações da lista de espera devem começar na próxima segunda-feira.

A Anvisa liberou nesta sexta-feira a importação de medicamentos e vacinas contra a varíola dos macacos ainda sem registro no Brasil. A medida tem caráter excepcional e temporário. A autorização é válida para fórmulas aprovadas por determinadas autoridades internacionais e com boas práticas de fabricação.

Uma pesquisa da Fiocruz Minas mostrou que a vitamina B12 pode atenuar a infecção causada pela Covid. O estudo avaliou a capacidade da substância de regular o processo inflamatório desencadeado pelo vírus no organismo. Os pesquisadores compararam amostras de sangue de pessoas saudáveis e de pacientes hospitalizados com quadros graves e moderados da doença.

O Supremo Tribunal Federal formou maioria pela aplicação da nova Lei de Improbidade Administrada nos processos em que ainda cabe recurso. Com as mudanças feitas no ano passado, passou a ser exigida a comprovação de dolo, ou seja, a intenção do agente público de cometer a irregularidade. Pela decisão, a nova lei não pode ser aplicada em casos já encerrados.

1 H
  1. Home
  2. noticias
  3. biden diz que indignacao …

Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.