alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Bolsonaro diz que reforma da Previdência interessa até ao servidor público

    Placeholder - loading - news single img
    04/06/2019 REUTERS/Adriano Machado

    1558

    Publicada em  

    Atualizada em  

    (Reuters) - O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira que a reforma da Previdência interessa a todos, 'até ao servidor', porque sem ela não haverá recursos para pagar salários dos funcionários públicos.

    'A reforma interessa a todo Brasil, até para o servidor. Porque se não reformar não vai ter dinheiro para pagar servidor lá na frente', disse o presidente a jornalistas depois de um evento na cidade de Aragarças (GO).

    'É uma maneira que temos para mostrar para o mundo que estamos fazendo o dever de casa. O Brasil não pode continuar gastando mais que arrecada', acrescentou.

    Ao lado dos governadores de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), e do Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), Bolsonaro defendeu ainda que a reforma seja aprovada com o texto que foi enviado ao Congresso.

    'Acreditamos que com a reforma aprovada basicamente como foi apresentada investimentos virão e nós podemos decolar na economia', defendeu.

    O texto da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da reforma da Previdência encaminhado pelo governo ao Congresso busca uma economia superior a 1 trilhão de reais em 10 anos.

    Deputados já sinalizaram algumas mudanças no texto, mas o presidente da comissão especial que analisa a PEC, deputado Marcelo Ramos (PL-AM), disse que os parlamentares buscarão preservar a potência fiscal pretendida pela equipe econômica comandada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes.

    Bolsonaro também defendeu o projeto de lei que entregou pessoalmente ao Congresso Nacional na terça-feira e que altera o Código Brasileiro de Trânsito. O presidente saiu em defesa principalmente do trecho que retira a multa imposta pelo não transporte de crianças nas cadeirinhas dentro dos carros.

    Este dispositivo foi alvo de críticas de especialistas, que apontam que o uso da cadeirinha garante a segurança das crianças durante o transporte.

    'Todo mundo que é pai e mãe é responsável. Vai continuar valendo a infração para pontuação, só vai tirar a multa. Vamos ver se o pessoal vai continuar a multar, a multa pela multa', disse.

    (Por Lisandra Paraguassu, em Brasília)

    Escrito por Reuters

    1. Home
    2. noticias
    3. bolsonaro diz que reforma da …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.