Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Ícone seta para a esquerda Veja todas as Notícias.

    Brasil muda critérios e amplia vigilância de coronavírus para pessoas provenientes de 8 países asiáticos

    Placeholder - loading - Viajantes usam máscaras de ptroteção no aeroporto do Galeão 07/02/2020 REUTERS/Pilar Olivares
    Viajantes usam máscaras de ptroteção no aeroporto do Galeão 07/02/2020 REUTERS/Pilar Olivares

    Publicada em  

    BRASÍLIA (Reuters) - O aumento de casos do novo coronavírus fora da China, epicentro da epidemia, fez o Brasil mudar os critérios e decidir ampliar, a partir de agora, a vigilância sobre a doença respiratória para pessoas provenientes de 8 países asiáticos, informaram autoridades do Ministério da Saúde em entrevista coletiva nesta sexta-feira.

    Agora, além da China, aqueles casos suspeitos de pessoas que tenham vindo do Japão, Coreia do Sul, Coreia do Norte, Singapura, Vietnã, Tailândia e Camboja serão monitorados mais de perto pelo Brasil.

    Em uma apresentação divulgada durante a entrevista, o ministério citou, para justificar a mudança, um aumento de 14% no número de casos novos fora da China em apenas um dia --um total de 149 casos. Mencionou ainda que a Coreia do Sul, entre os dias 20 e 21 de fevereiro, reportou mais de 100 novos casos à Organização Mundial da Saúde e instituiu a quarentena para mais de 9 mil pessoas. Lembrou ainda que no Carnaval há um fluxo maior de entradas e saídas e que há a necessidade de uma vigilância mais sensível.

    Na entrevista, o secretário de Vigilância em Saúde do ministério, Wanderson de Oliveira, disse que tem havido uma transmissão da doença mais intensa fora do território chinês. Ele destacou que, embora não haja voos diretos desses países para o Brasil, decidiu-se ampliar a vigilância para esses países da região. Ele afirmou que isso vai acarretar uma maior capacidade de detecção de possíveis casos suspeitos.

    'Elas (as pessoas vindas dessas regiões) deverão ter um nível de vigilância mais forte', disse o secretário-executivo do ministério, João Gabbardo. 'Vamos ter mais atenção a essas pessoas, o resto não muda nada', completou.

    APENAS UM CASO SUSPEITO

    Assim como na véspera, o Brasil registra um único caso de suspeita de infecção pelo novo coronavírus sem nenhum caso confirmado da doença detectado no país, segundo o balanço divulgado pelo ministério nesta sexta.

    O único caso sob investigação é no Rio de Janeiro --na véspera também havia apenas um caso suspeito no país, já descartado, mas em São Paulo. Ao todo, o ministério já descartou 51 casos suspeitos da doença.

    A epidemia do novo coronavírus --que tem como epicentro a China --já matou e infectou milhares de pessoas, em sua imensa maioria da China.

    (Reportagem de Ricardo Brito)

    Escrito por Reuters

    Últimas Notícias

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Bastille anuncia show no Brasil

    Bastille anuncia show no Brasil

    Uma das atrações de um dos maiores festivais de música do Brasil, Bastille anuncia uma apresentação única em São Paulo. O show acontecerá no dia 09 de setembro no Tokio Marine Hall, da turnê "Give Me The Future".

    A banda britânica, conhecida por hits, como "Pompeii", "Happier", "Good Grief", entre outros, traz o show de seu novo álbum, o quarto da carreira e que dá nome à turnê, além dos grandes sucessos.

    A pré-venda exclusiva acontece entre os dias 22 e 23 de maio (às 10h), já a venda para público geral começa no dia 24 de maio (às 10h), tanto as vendas físcas quanto as vendas online.

    Depois de criar um grande burburinho para sua chegada, o Bastille lançou seu tão aguardado novo álbum, “Give Me The Future”.

    A banda preparou a chegada do álbum com seu último single, “Shut Off The Lights”, que já acumula quase cinco milhões de streams globais no Spotify em poucas semanas. Clique aqui e assista ao vídeo oficial de “Shut Off The Lights”.

    Para celebrar o álbum, Bastille embarca na “Give Me The Future Tour” realizando shows pelo Reino Unido e Estados Unidos. Em setembro, a banda retorna ao Brasil para se apresentar no Rio de Janeiro e no dia 09 de setembro em São Paulo.

    Repleto de referências a filmes de ficção científica e literatura, videogames e VR, o novo álbum de Bastille, "Give Me The Future", explora um país das maravilhas futurista livre de restrições — cada canção traz uma diferente paisagem de sonhos, um lugar onde você pode viajar no tempo, para o passado e para o futuro, para ser qualquer pessoa, fazer qualquer coisa e abraçar uma nova onda de tecnologia, o que nos permite nos perder dentro de nossa imaginação.

    "Give Me The Future" é um registro que leva a ideia das possibilidades ilimitadas do futuro e viagens por toda parte, desde um passeio no edificante “Thelma + Louise” – uma homenagem ao icônico filme feminista em seu 20º aniversário – até a Nova York dos anos 80, com o artista Keith Haring no brilhante e magnifico “Club 57”, até uma cama de hospital na Austrália para o devastador, mas esperançoso, “No Bad Days”.

    Tendo coescrito músicas para outros artistas nos últimos anos, pela primeira vez em um álbum do Bastille, a banda abriu a porta para colaboradores. Embora produzida principalmente por Dan Smith e pelo parceiro de produção de longo tempo Mark Crew, a banda também trabalhou com um punhado de compositores e produtores para expandir seu universo musical. “Distorted Light Beam” foi coescrita e produzida com Ryan Tedder (Adele, Paul McCartney, Taylor Swift), que também ajudou na acústica e como produtor executivo do álbum. “Thelma + Louise”, “Stay Awake” e “Back To The Future” foram coescritos com o lendário compositor Rami Yacoub (Britney Spears, “…Baby One More Time”, o álbum “Chromatica” de Lady Gaga). Eles também trabalharam com os compositores britânicos Jonny Coffer, Plested e Dan Priddy para dar mais vida ao álbum.

    Também é possível ouvir a voz do premiado ator, músico, escritor, criador, produtor, diretor e ativista Riz Ahmed em uma peça de palavras faladas evocativa e encantadora chamada “Promises”. A peça de Riz é uma reação ao álbum e traz seu tema abrangente em um foco acentuado.

    Ao longo de seus três álbuns anteriores, Bastille consolidou uma reputação de construir um novo mundo em torno de seus lançamentos, muitas vezes fazendo isso com criatividade inovadora e premiada. Give Me The Future não é diferente e desta vez é acompanhado por uma gigante tecnologia fictícia, mas familiar, chamada Future Inc., que são os criadores de uma invenção chamada “Futurescape”, um dispositivo que permite aos usuários viverem seus sonhos virtualmente.

    GIVE ME THE FUTURE

    1. “Distorted Light Beam”
    2. “Thelma + Louise”
    3. “No Bad Days”
    4. “Brave New World” (Interlude)
    5. “Back To The Future”
    6. “Plug In…”
    7. “Promises” (by Riz Ahmed)
    8. “Shut Off The Lights”
    9. “Stay Awake?”
    10. “Give Me The Future”
    11. “Club 57”
    12. “Total Dissociation” (Interlude)
    13. “Future Holds” (feat. BIM)

    Veja também:

    HBO Max anuncia documentário sobre Lizzo

    Gucci X Polimoda: marca lança projeto de mestrado com escola de moda

    19 min
    1. Home
    2. noticias
    3. brasil muda criterios e …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.