Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    Brasil inicia ano com desemprego de 11,2% e quase 12 milhões de desempregados

    Placeholder - loading - news single img
    Jovens procuram vagas de emprego em anúncio no centro de São Paulo, SP 24/04/2019 REUTERS/Amanda Perobelli

    Publicada em  

    Atualizada em  

    Por Rodrigo Viga Gaier e Camila Moreira

    RIO DE JANEIRO/SÃO PAULO (Reuters) - A taxa de desemprego do Brasil iniciou 2020 em 11,2% e o país tinha 11,9 milhões de desempregados no trimestre encerrado em janeiro, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira.

    A taxa teve alta de 0,2 ponto percentual nos três meses até janeiro, na comparação com o índice de 11% até dezembro, de acordo com os dados da Pnad Contínua.

    A alta levou a taxa ao mesmo patamar visto nos três meses até novembro, com o mercado mostrando aumento no número de pessoas desocupadas e queda entre as ocupadas na comparação com o final do ano passado.

    Ainda assim a leitura é a menor para trimestres encerrados em janeiro desde 2016 e ficou ligeiramente abaixo da expectativa em pesquisa da Reuters de uma taxa de 11,3%.

    'O mercado de trabalho abriu 2020 numa condição melhor do que em anos anteriores', afirmou a analista da pesquisa no IBGE, Adriana Beringuy.

    Entre novembro e janeiro, o Brasil tinha 94,151 milhões de pessoas ocupadas, contra 94,552 milhões no trimestre até dezembro e 92,291 milhões no ano anterior.

    O total de desempregados foi a 11,913 milhões, de 11,632 entre outubro e dezembro e 12,625 milhões no mesmo período de 2019.

    O ano de 2019 foi profundamente marcado pela informalidade, que ajudou a baixar a taxa de desemprego, mas o ano iniciou com aumento na carteira assinada.

    Nos três meses até janeiro, os trabalhadores com carteira assinada atingiram 33,711 milhões no período, de 33,668 entre outubro e dezembro.

    Por sua vez, os empregados sem carteira no setor privado somavam 11,673 milhões, de 11,855 milhões nos três meses imediatamente anteriores.

    O rendimento médio do trabalhador foi de 2.361 reais nos três meses até janeiro, contra 2.355 reais nos três meses até dezembro e igualando o valor do mesmo período de 2019.

    Na véspera, o Ministério da Economia informou que os dados de janeiro do Caged, sobre abertura formal de vagas de emprego no país, sairão apenas na segunda quinzena de março.

    Escrito por Reuters

    1. Home
    2. noticias
    3. brasil tem desemprego de 112 …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.