Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    China vai fortalecer política econômica e reduzir juros de empréstimos, diz presidente do BC

    Placeholder - loading - news single img
    Sede do Banco do Povo da China, em Pequim 28/09/2019 REUTERS/Jason Lee

    Publicada em  

    Atualizada em  

    PEQUIM (Reuters) - A China vai fortalecer sua política econômica e continuará com os esforços para reduzir os juros de empréstimos, disse o presidente do banco central, Yi Gang, reforçando as expectativas de mais medidas de apoio para reanimar a economia afetada pela pandemia de coronavírus.

    Yi, em entrevista publicada pelo banco central nesta terça-feira, disse que os fundamentos econômicos da China não mudaram apesar das muitas incertezas e reiterou que sua postura atual sobre a política monetária será mais flexível.

    O Banco do Povo da China usará várias ferramentas de política monetária para manter a liquidez suficiente, e manterá a taxa de crescimento de oferta de dinheiro M2 e o financiamento social significativamente mais altos do que no ano passado, completou Yi.

    Desde o surto do vírus, as medidas do banco central, incluindo cortes na taxa de compulsório, reempréstimos e instrumentos de redesconto, alcançaram 5,9 trilhões de iuanes (827,63 bilhões de dólares), disse ele.

    O banco central informou na segunda-feira que havia cortado o compulsório de bancos grandes para 11%.

    A economia da China encolheu 6,8% no primeiro trimestre, primeira contração trimestral em décadas, devido aos impactos do coronavírus, e analistas dizem que pode levar meses para que a atividade volte aos níveis pré-crise.

    A China ajudará os bancos, especialmente os de porte pequeno e médio, a reabastecer o capital através de vários canais, além de ajudar a melhorar sua capacidade de lidar com a inadimplência, acrescentou.

    O banco central vai ainda aprofundar a reforma da taxa primária de empréstimo (LPR), a taxa de empréstimo referencial, para ajudar a reduzir os juros reais de empréstimo, e também vai unificar a taxa de depósito referencial, as taxas de empréstimo e as taxas de juros do mercado, disse ele.

    (Reportagem de Colin Qian, Se Young Lee e Kevin Yao)

    Escrito por Reuters

    1. Home
    2. noticias
    3. china vai fortalecer politica …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.