Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Ícone seta para a esquerda Veja todas as Notícias.

    Democratas e ativistas protestam contra política imigratória de Trump que separa familiares

    Placeholder - loading - Imagem da noticia "Democratas e ativistas protestam contra política imigratória de Trump que separa familiares"

    Publicada em  

    Por Joseph Ax

    ELIZABETH, Estados Unidos (Reuters) - Parlamentares democratas se uniram a manifestantes reunidos diante de centros de detenção de imigrantes nos Estados norte-americanos de Nova Jersey e Texas, no domingo, para realizar protestos no Dia dos Pais dos Estados Unidos contra a prática do governo Trump de separar crianças de seus pais na fronteira entre os EUA e o México.

    Isto não deve ser o que somos como nação , disse o deputado Jerrold Nadler, um dos sete parlamentares de Nova York e Nova Jersey que se encontraram com cinco detidos dentro de um centro de Elizabeth, em Nova Jersey, entre eles três que afirmaram que familiares mais jovens foram retirados de seus cuidados depois que buscaram asilo na fronteira.

    Os acontecimentos coincidiram com reportagens focando as separações familiares que intensificaram a pressão política sobre a Casa Branca, até mesmo por parte de alguns colegas republicanos do presidente norte-americano, Donald Trump.

    Na sexta-feira, autoridades norte-americanas disseram que quase duas mil crianças foram separadas de adultos na divisa entre meados de abril e o final de maio.

    Em maio, o secretário de Justiça dos EUA, Jeff Sessions, anunciou uma política de tolerância zero segundo a qual todas as pessoas apreendidas entrando no país ilegalmente, inclusive postulantes a asilo, serão acusadas criminalmente, o que geralmente faz com que as crianças sejam separadas de seus pais.

    Autoridades do governo defenderam a tática argumentando que ela é necessária para proteger a fronteira e insinuaram que ela desestimulará a imigração ilegal.

    Mas a política atraiu críticas de profissionais de saúde, líderes religiosos e ativistas pró-imigração, que alertam que algumas crianças podem sofrer traumas psicológicos duradouros. As crianças são mantidas em instalações do governo, entregues a cuidadores adultos ou transferidas temporariamente para lares adotivos.

    No domingo vários parlamentares democratas, como o senador Jeff Merkley, visitaram um Centro de Processamento da Patrulha de Fronteira de McAllen, no sul do Texas, para denunciar a diretriz, e o deputado Beto O'Rourke, que concorre ao senado texano, liderou uma passeata rumo a um centro de detenção temporária para crianças imigrantes montado perto de El Paso.

    Trump vem tentando culpar os democratas ao dizer que o apoio destes a um projeto de lei imigratória mais abrangente acabaria com as separações.

    A assessora da Casa Branca Kellyanne Conway disse no programa Meet the Press , da NBC, no domingo: Como mãe, como católica, como alguém que tem consciência ... vou dizer que ninguém gosta dessa política .

    Você viu o presidente (dizendo) na câmera que ele quer que isso acabe , acrescentou.

    Uma porta-voz de Melania Trump disse à CNN no domingo que a primeira-dama dos EUA odeia ver crianças separadas de suas famílias , e espera que os parlamentares de ambos os partidos concordem com a reforma da imigração.

    (Reportagem adicional de Lindsay Dunsmuir e Valerie Volcovici, em Washington)

    Escrito por Thomson Reuters

    Últimas Notícias

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Bastille anuncia show no Brasil

    Bastille anuncia show no Brasil

    Uma das atrações de um dos maiores festivais de música do Brasil, Bastille anuncia uma apresentação única em São Paulo. O show acontecerá no dia 09 de setembro no Tokio Marine Hall, da turnê "Give Me The Future".

    A banda britânica, conhecida por hits, como "Pompeii", "Happier", "Good Grief", entre outros, traz o show de seu novo álbum, o quarto da carreira e que dá nome à turnê, além dos grandes sucessos.

    A pré-venda exclusiva acontece entre os dias 22 e 23 de maio (às 10h), já a venda para público geral começa no dia 24 de maio (às 10h), tanto as vendas físcas quanto as vendas online.

    Depois de criar um grande burburinho para sua chegada, o Bastille lançou seu tão aguardado novo álbum, “Give Me The Future”.

    A banda preparou a chegada do álbum com seu último single, “Shut Off The Lights”, que já acumula quase cinco milhões de streams globais no Spotify em poucas semanas. Clique aqui e assista ao vídeo oficial de “Shut Off The Lights”.

    Para celebrar o álbum, Bastille embarca na “Give Me The Future Tour” realizando shows pelo Reino Unido e Estados Unidos. Em setembro, a banda retorna ao Brasil para se apresentar no Rio de Janeiro e no dia 09 de setembro em São Paulo.

    Repleto de referências a filmes de ficção científica e literatura, videogames e VR, o novo álbum de Bastille, "Give Me The Future", explora um país das maravilhas futurista livre de restrições — cada canção traz uma diferente paisagem de sonhos, um lugar onde você pode viajar no tempo, para o passado e para o futuro, para ser qualquer pessoa, fazer qualquer coisa e abraçar uma nova onda de tecnologia, o que nos permite nos perder dentro de nossa imaginação.

    "Give Me The Future" é um registro que leva a ideia das possibilidades ilimitadas do futuro e viagens por toda parte, desde um passeio no edificante “Thelma + Louise” – uma homenagem ao icônico filme feminista em seu 20º aniversário – até a Nova York dos anos 80, com o artista Keith Haring no brilhante e magnifico “Club 57”, até uma cama de hospital na Austrália para o devastador, mas esperançoso, “No Bad Days”.

    Tendo coescrito músicas para outros artistas nos últimos anos, pela primeira vez em um álbum do Bastille, a banda abriu a porta para colaboradores. Embora produzida principalmente por Dan Smith e pelo parceiro de produção de longo tempo Mark Crew, a banda também trabalhou com um punhado de compositores e produtores para expandir seu universo musical. “Distorted Light Beam” foi coescrita e produzida com Ryan Tedder (Adele, Paul McCartney, Taylor Swift), que também ajudou na acústica e como produtor executivo do álbum. “Thelma + Louise”, “Stay Awake” e “Back To The Future” foram coescritos com o lendário compositor Rami Yacoub (Britney Spears, “…Baby One More Time”, o álbum “Chromatica” de Lady Gaga). Eles também trabalharam com os compositores britânicos Jonny Coffer, Plested e Dan Priddy para dar mais vida ao álbum.

    Também é possível ouvir a voz do premiado ator, músico, escritor, criador, produtor, diretor e ativista Riz Ahmed em uma peça de palavras faladas evocativa e encantadora chamada “Promises”. A peça de Riz é uma reação ao álbum e traz seu tema abrangente em um foco acentuado.

    Ao longo de seus três álbuns anteriores, Bastille consolidou uma reputação de construir um novo mundo em torno de seus lançamentos, muitas vezes fazendo isso com criatividade inovadora e premiada. Give Me The Future não é diferente e desta vez é acompanhado por uma gigante tecnologia fictícia, mas familiar, chamada Future Inc., que são os criadores de uma invenção chamada “Futurescape”, um dispositivo que permite aos usuários viverem seus sonhos virtualmente.

    GIVE ME THE FUTURE

    1. “Distorted Light Beam”
    2. “Thelma + Louise”
    3. “No Bad Days”
    4. “Brave New World” (Interlude)
    5. “Back To The Future”
    6. “Plug In…”
    7. “Promises” (by Riz Ahmed)
    8. “Shut Off The Lights”
    9. “Stay Awake?”
    10. “Give Me The Future”
    11. “Club 57”
    12. “Total Dissociation” (Interlude)
    13. “Future Holds” (feat. BIM)

    Veja também:

    HBO Max anuncia documentário sobre Lizzo

    Gucci X Polimoda: marca lança projeto de mestrado com escola de moda

    18 min
    1. Home
    2. noticias
    3. democratas e ativistas …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.