Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
Ícone seta para a esquerda Veja todas as Notícias.

Depeche Mode revela a causa da morte do cofundador Andy Fletcher

Os membros do grupo relataram, nas redes sociais, que foi a pedido da família do falecido que eles divulgassem a razão do ocorrido

Placeholder - loading - Imagem/Divulgação: Andrew Fletcher, o Fletch, era fundador e tecladista da banda Depeche Mode.
Imagem/Divulgação: Andrew Fletcher, o Fletch, era fundador e tecladista da banda Depeche Mode.

Publicada em  

Na última terça-feira, dia 29 de junho, os membros do Depeche Mode, Martin Gore e Dave Gahan, compartilharam em sua conta oficial no Instagram, a verdadeira causa da morte de Andrew Fletcher a pedido da família do falecido.

O artista fundador do grupo faleceu há cerca de um mês atrás, no dia 26 de maio de 2022, aos 60 anos de idade. Na época, os integrantes se pronunciaram sobre o ocorrido: “estamos chocados e cheios de tristeza esmagadora pela morte prematura de nosso querido amigo, membro da família e colega de banda Andy "Fletch" Fletcher. Fletch tinha um verdadeiro coração de ouro e estava sempre lá quando você precisava de apoio, uma conversa animada, uma boa risada ou uma cerveja gelada. Nossos corações estão com a família dele e pedimos que você os mantenha em seus pensamentos e respeite a privacidade deles neste momento difícil”.

LEIA TAMBÉM: ANDREW FLETCHER, FUNDADOR DO DEPECHE MODE, MORRE AOS 60 ANOS

Veja o post oficial postado na tarde de ontem explicando a causa da morte:

Tradução:

“Queríamos tirar um momento e reconhecer a demonstração de amor por Andy que vimos de todos vocês nas últimas semanas. É incrível ver todas as suas fotos, ler suas palavras e ver o quanto Andy significou para todos vocês. Como você pode imaginar, foram algumas semanas estranhas, tristes e desorientadoras para nós aqui, para dizer o mínimo. Mas vimos e sentimos todo o seu amor e apoio, e sabemos que a família de Andy também

Algumas semanas atrás, recebemos o resultado dos médicos legistas, que a família de Andy nos pediu para compartilhar com você agora. Andy sofreu uma dissecção da aorta enquanto estava em casa em 26 de maio. Então, embora fosse muito, muito cedo, ele passou naturalmente e sem sofrimento prolongado.

Tivemos uma celebração da vida de Andy em Londres na semana passada, que foi uma linda cerimônia e reunião com algumas lágrimas, mas cheia de ótimas lembranças de quem Andy era, histórias de todos os nossos tempos juntos e algumas boas risadas. Andy foi celebrado em uma sala cheia de muitos de seus amigos e familiares, nossa família DM imediata e tantas pessoas que tocaram Andy e nossas vidas ao longo dos anos. Estar todos juntos era uma maneira muito especial de lembrar de Andy e se despedir dele.

Então, obrigado por todo o amor que você demonstrou a Andy e sua família e amigos nas últimas semanas. Honestamente, significa o mundo para todos nós. Andy, você fará falta, mas certamente não será esquecido. Amor, Martin & Dave”.

Antes de revelar a causa da morte de Andrew, a banda chegou a convidar os fãs – em nome da esposa de Fletcher, Grain e filhos – a fazer uma doação em memória de seu falecido membro da banda.

Tradução:

“A esposa de Andy, Grainne, e seus filhos, Megan e Joe, gostariam de convidá-lo a fazer uma doação em memória de Andy.

Andy apoiou apaixonadamente o Teenage Cancer Trust por muitas décadas depois de ser apresentado a ele por seus fundadores, nosso clínico geral e amigo da família, Dr. Adrian Whiteson e sua esposa Myrna. Juntamente com o relacionamento pessoal de Andy e Grainne com o TCT, o Depeche Mode se tornou um grande apoiador da caridade e levantou enormes somas de dinheiro com a ajuda de seus incríveis fãs de todo o mundo.

Foi uma instituição de caridade que permaneceu muito próxima do coração de Andy e não poderíamos pensar em nenhuma maneira melhor de honrar sua memória do que arrecadar mais dinheiro em seu nome e ajudar a apoiar adolescentes e jovens adultos que lutam contra o câncer.

Qualquer doação, por menor que seja, faz toda a diferença para essa incrível instituição de caridade e para o trabalho que eles fazem.

Muito obrigado.

A partir de

Grainne, Megan e Joe xxx”.

A arrecadação de fundos arrecadou pouco mais de US$ 41.600 até o momento.

A doação é feita através das vendas de um livro de música intitulado “Teenage Cancer Trust Song Book”, que conta com 120 páginas e 19 letras de músicas tocadas no The Royal Albert Hall nos últimos 20 anos para arrecadar dinheiro para o Teenage Cancer Trust. A obra foi co-produzida por Pete McKee e Teenage Cancer Trust.

Além disso, o livro apresenta letras manuscritas de Paul Weller, Noel Gallagher, Amy MacDonald, Suede, Courteeners, The Cure e muitos mais. Juntamente com essas letras estão as novas obras de arte de Pete, criadas para representar cada música apresentada no livro.

Todos os rendimentos das vendas irão diretamente para a Teenage Cancer Trust.

Para saber mais acesse aqui.

Andrew e o Depeche Mode

Depeche Mode em fundo preto

Fletcher formou a banda no final dos anos 1970 ao lado de Martin Gore e Vince Clarke. Na formação original, o músico havia recrutado o cantor Dave Gahan.

Depeche Mode surgiu na cidade de Essex, na Inglaterra, no início da década de 80. A banda é uma das mais influentes da música moderna e carrega o gênero eletrônico como marca principal. O nome do grupo inglês foi inspirado na capa de uma revista francesa de moda. Depeche vem de dépêche, que pode significar "despachar" ou "noticiário". Já a palavra Mode significa "moda".

Para a banda, o nome representa "moda apressada", mas, na tradução francesa, a expressão é entendida como "notícias de moda" ou "última moda".

A história do Depeche Mode começou em março de 1980, com os músicos Martin L. Gore, Andrew Fletcher e Vince Clarke – que formaram o grupo The Composition Of Sound. Nas canções, a banda usava os famosos sintetizadores para produzir sons gerados da manipulação de correntes elétricas.

A partir dos anos 80, o quarteto passou a desfrutar de sucessos nas paradas, incluindo "Enjoy The Silence", "Strangelove" e "Leave in Silence".

Relembre os sucessos da banda:

Enjoy The Silence (1990)

A canção foi escrita pelo co-fundador do grupo Martin Gore, para compor o sétimo álbum de estúdio do Depeche Mode, intitulado “Violator”. Uma curiosidade é que originalmente a canção deveria ser uma balada mais calma, mas durante a gravação, um membro da banda, Alan Wilder, sugeriu uma nova estruturação do tema musical e de incluir uma linha de baixo.

O single rendeu à banda um certificado de ouro em território norte-americano e na Alemanha. Além disso, também ganhou a categoria como Melhor Single Britânico no BRIT Awards de 1991.

Strangelove (1987)

A música foi lançada em abril de 1987 para compor seu sexto álbum de estúdio “Music for the Masses”. A produção chegou a alcançar a 16ª posição na UK Singles Chart, 2 º lugar na Alemanha Ocidental e na África do Sul, e foi um dos 10 principais sucessos em vários outros países, incluindo a Suécia e a Suíça. Nos Estados Unidos, alcançou o número 76 na Billboard Hot 100 e foi o primeiro de nove números nas paradas de dança dos EUA, onde permaneceu por três semanas no topo.

A versão original de "Strangelove" é uma synth-pop em ritmo acelerado, e por mais que ele tenha sido bem sucedido, não pareceu se encaixar com o estilo mais sombrio do disco, então Daniel Miller fez uma versão mais lenta que se tornou a versão do álbum. O projeto foi remixado pela equipe de produção Bomb the Bass e lançado novamente como single nos EUA como "Strangelove '88", alcançando o número 50 no Hot 100 da Billboard.

Leave In Silence (1982)

O single foi lançado para fazer parte do segundo álbum de estúdio da banda, "A Broken Frame”. O sucesso foi tanto que em poucos após o lançamento, a faixa se tornou o quinto hit da banda no Top 20 do Reino Unido, chegando a 18ª colocação na tabela da região.

O videoclipe oficial da canção foi dirigido pelo famoso diretor inglês Julien Temple. Até o momento, o vídeo, postado no YouTube em julho de 2019, conta com mais de 1,5 milhão de visualizações e 22 mil reações positivas.

LEIA TAMBÉM: PLAYLIST ANTENA 1: ESPECIAL DEPECHE MODE

Veja também:

LADO PESSOAL: MILLENA MACHADO ENTREVISTA ADRIANO RISHI, PRESIDENTE DA CUMMINS NO BRASIL

AIR SUPPLY: DUPLA CHEGARÁ A SOLO BRASILEIRO COM APRESENTAÇÕES

Últimas Notícias

Placeholder - loading - Imagem da notícia Dia dos Pais: artigos de luxo para presentear

Dia dos Pais: artigos de luxo para presentear

No segundo domingo de agosto celebramos no Brasil o Dia dos Pais, com intuito de prestigiar e homenagear a figura paterna que é tão especial na vida de um filho. Com certeza é uma das datas comemorativas mais especiais.

Além de desfrutar da companhia de seu pai, um presente sempre é uma boa pedida. Porém são tantas opções, que selecionamos itens das marcas de luxo mais renomadas para te ajudar a escolher o presente perfeito. Afinal, seja qual for o estilo do seu pai, uma pessoa especial merece um presente especial.   

Bulgari

A Bulgari, traz muitas opções de relógios, anéis e pulseiras excêntricas. O Octo Finissimo, um relógio de design audacioso e alta precisão, sintetizando com sofisticação e simplicidade, reúne a criatividade do design italiano e o talento da relojoaria, perfeito para o pai amante dos relógios!

Já o anel da coleção B.Zero1, inspirado no anfiteatro mais famoso do mundo – o Coliseu – e a pulseira Serpenti Viper, ambos em ouro branco 18K, são ótimas opções para os mais modernos. 

  

Bottega Veneta

A seleção da Bottega Veneta conta com itens super descolados e práticos. A sandália Band é feita 100% em borracha, fazendo dela extremamente confortável.

A Padded Tech Cassette (versão mais esportiva da Padded Cassette) carrega o Intrecciato em uma versão macro em nylon, com o tamanho ideal para acomodar a carteira e as chaves de forma estilosa e segura.

Por fim, a capinha de AirPod em silicone, que também possui o padrão do Intrecciato da marca, é o item perfeito para os pais apaixonados por tecnologia. 

  

Salvatore Ferragamo

A marca italiana, Salvatore Ferragamo, possui peças para os mais variados estilos. Para o pai de negócios, uma pasta de trabalho em couro caramelo com o fecho Gancini prateado, um item elegante para acrescentar no dia a dia do seu pai.

Para o pai jovial, um High-top Sneaker, tênis de cano alto inspirado nos anos 90 com um padrão Gancini em 3D, branco, discreto e versátil.

E por fim, para o pai mais moderno, que adora seguir uma moda, um óculos de sol com armação modelo Navigator em aro de metal e detalhe colorido na ponte que confere um toque de estilo. 

  

TAG Heuer

A relojoaria suíça TAG Heuer apresenta opções luxuosas surpreendentes. O TAG Heuer Aquaracer Professional 300 Orange Diver, é robusto, recém-lançado e perfeito para os amantes do esporte.

O TAG Heuer Carrera é sofisticado, forte e contemporâneo, e representa a expressão mais elegante do Carrera.

Já o TAG Heuer Connected Golf Edition é o novo e redesenhado relógio da linha Connected. Feito para os golfistas e para oferecer o máximo em elegância e desempenho esportivo no Green, o relógio adiciona tecnologia a cada tacada. 

  

Christian Louboutin

Para finalizar essa lista com chave de ouro, nada mais especial do que presentear com opções de Christian Louboutin, grife francesa famosa por seus sapatos com sola em um luxuoso tom de vermelho.

O tênis em cano alto Louis Velour se sobressai com um tom vinho em textura de veludo, disponível por R$ 6.140. A bota Our Georges traz um solado tratorado com detalhe de fivela em CL – remetendo a Christian Louboutin - disponível por R$8.560.

Para os mais clássicos a o mocassim tradicional vem com um toque de uma das assinaturas de Louboutin, os spikes, disponível por R$6.510. 

 Dados retirados do release da assessoria de imprensa Suporte Comunicação.


Veja também: #TBT:JOHN LENNON GRAVAVA SEU ÚLTIMO ÁLBUM, “DOUBLE FANTASY”, EM 1980

AS 5 CAPAS DE ÁLBUM MAIS ICÔNICAS DA HISTÓRIA

1 D
  1. Home
  2. noticias
  3. depeche mode revela a causa …

Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.