Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
Ícone seta para a esquerda Veja todas as Notícias.

É preciso questionar razão pela qual Justiça interfere na política, diz Marina Silva

Placeholder - loading - Imagem da noticia "É preciso questionar razão pela qual Justiça interfere na política, diz Marina Silva"

Publicada em  

SÃO PAULO (Reuters) - A pré-candidata à Presidência da República da Rede, Marina Silva, disse que é preciso questionar as razões pelas quais a Justiça está interferindo na política e que medidas contra corrupção poderão criar meios para que a Justiça não precise mais 'ir ao socorro da política'.

'Hoje há um reclame de que a política está tendo interferência da Justiça, mas talvez a gente tenha que questionar quais são as razões pelas quais a Justiça está interferindo na política', disse a presidenciável nesta quarta-feira após reunião com a Transparência Internacional sobre o lançamento de um pacote de 70 medidas contra corrupção.

A ex-senadora respondeu ao ser questionada sobre a declaração do candidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes, de que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva só tem chance de sair da cadeia se 'a gente assumir o poder e organizar a carga'.

'Botar juiz para voltar para a caixinha dele, botar o Ministério Público para voltar para a caixinha dele e restaurar a autoridade do poder político', declarou Ciro em entrevista a uma TV maranhense no dia 16 deste mês.

Marina saiu em defesa da atuação do Judiciário nesta quarta.

'Eu não consigo imaginar como estaríamos se pelo menos parte da Justiça não estivesse socorrendo a política nesse caos ético que estamos vivendo, mas isso não se sustenta por muito tempo', declarou a ex-senadora, argumentando que há pessoas dentro do Executivo que estão lá para sabotar o trabalho do Judiciário. Ela, no entanto, não citou nomes.

'Quem está no mais alto cargo da República, quem estava, passava informações que jamais poderiam ser passadas. Quando a Justiça tiver a tranquilidade de que não está sendo sabotada, com certeza nem terá tanta exposição pública, porque estará fazendo seu trabalho de forma tranquila, sem medo, sem sobressalto', disse Marina, garantindo que defende a autonomia dos Poderes.

'O questionamento que eu faço é as razões pelas quais a Justiça hoje investiga e pune os que não têm foro privilegiado, ou até mesmo aqueles que tinham, mas que ficou tão latente a corrupção que praticam, é porque houve sim crimes que foram praticados contra a gestão pública. Não foi uma acusação leviana, autoritária, mentirosa em relação aos que já estão pagando por seus crimes', afirmou.

Embora não tenha dado nomes, em outras ocasiões Marina já defendeu que uma eleição sem Lula, de quem foi ministra do Meio Ambiente, seria o 'cumprimento da lei'.

'Se alguém acha que uma eleição roubada não é uma fraude, alguém que acha que alguém que cometeu um erro e que, assegurado o mais legítimo direito de defesa não deva cumprir a pena e que se cumprir a pena que lhe foi imputada passa a ser uma fraude, tem alguma coisa muito errada no imaginário político do Brasil', disse em entrevista à Reuters no início de julho. [nL1N1U20WY]

ALIANÇAS

A presidenciável afirmou nesta quarta-feira que segue tendo conversas sobre alianças para a eleição deste ano e sobre o cargo de vice em sua chapa. Ela citou o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, que é filiado à Rede, e Miro Teixeira, deputado federal pela Rede do Rio de Janeiro.

'Se eu estou dialogando com vários partidos, eu não posso ficar citando nomes que estamos no processo de diálogo, até porque obviamente um candidato à Presidência busca o seu vice e isso é fundamental, principalmente de experiências tão traumáticas que nosso país tem com vice e titular', explicou.

Os partidos têm até 5 de agosto, quando vence o prazo das convenções partidárias, para definir as candidaturas.

(Reportagem de Laís Martins)

Escrito por Thomson Reuters

Últimas Notícias

Placeholder - loading - Imagem da notícia INXS comemora 45 anos de carreira

INXS comemora 45 anos de carreira

Uma das bandas mais icônicas dos anos 80, INXS, completa hoje 45 anos de história. O conjunto australiano está preparando uma série de lançamentos que serão divulgados em sua festa oficial, que será transmitida pelo TikTok. O evento é completamente dedicado aos fãs, e acontece nesta terça-feira (16) a partir das 18h, no horário de Brasília.

A banda de rock alternativo se formou em 1977, inicialmente como The Farriss Brothers. Os membros fundadores da banda foram o baixista Garry Gary Beers, Andrew Farriss principal compositor e tecladista, o baterista Jon Farriss, o guitarrista Tim Farriss o vocalista e principal letrista Michael Hutchence, e o guitarrista e saxofonista Kirk Pengilly.

A festa virtual, nomeada “INXS Day”, será em parceira com a Pertrol Records, Universal Music Group e Rhino Records, além de também marcar os 35 anos do lançamento de Kick, seu sexto trabalho de estúdio. A comemoração será disponibilizada para o mundo inteiro, e ao longo de uma hora, contará com entrevistas dos membros da banda e do produtor musicas executivo, Giles Martin.

“Tiro meu chapéu para Giles, que foi capaz de processar os sons com precisão com a tecnologia atual”, comenta o saxofonista e guitarrista fundador do grupo, Kirk Pengilly. “Parece o álbum original, mas agora, espalhado por um espaço 3D. Parece incrível”, acrescentou.



Não é a primeira vez que o grupo revive marcos de sua carreira. Previamente, experiências como esta já renderam ao INXS um documentário que estreou em 2019, intitulado “Mystify’. A produção, que teve como assunto principal Michael Hutchence, contou com uma trilha sonora repleta de faixas da banda.

Com isso, é esperado que logo mais a vida e carreira do INXS se transformem em uma cinebiografia.



Confira a tradução do post:

“Hoje é o dia! Comemorando nosso aniversário transmitindo o novo recurso AO VIVO no @tiktok mais duas vezes hoje. Encontre seu fuso horário abaixo e sintonize”

“Como começou.... The Farrias Brothers, uma banda que seria logo renomeada como INXS, fez seu trabalho de estreia em uma house party em Whale Beach, Sydney. Como está indo... INXS vendeu 70 milhões de álbuns ao redor do mundo, fazendo deles um dos maiores atos musicais que mais vendeu de todos os tempos”

Você pode acompanhar o evento clicando aqui.

Relembre a trajetória da banda

A banda ganhou notoriedade por seu estilo, que era uma mescla de new wave e pop. Mais tarde começaram a se aventurar em gêneros mais difíceis, como pub rock, que incluía elementos de funk e dance. Por 20 anos, o INXS foi liderado por Hutchence, cuja presença de palco magnética fez dele o elemento chave da banda.





21 min
Placeholder - loading - Imagem da notícia Mariah Carey entra em processo pela marca “Rainha do Natal”

Mariah Carey entra em processo pela marca “Rainha do Natal”

Mariah Carey e Natal tem tudo a ver. A cantora tomou a trilha sonora da data para si com suas canções como “All I Want For Christmas Is You” e “When Christmas Comes”. Agora, ao tentar registrar a marca “rainha do natal”, Mariah Carey entrou em uma batalha judicial.

Darlene Love e Elizabeth Chan entraram na justiça para impedir que Mariah registrasse a marca. “É verdade que Mariah Carrey registrou ‘Rainha do Natal’? O que isso quer dizer? Eu não poderei mais usar esse título? David Letterman oficialmente me declarou ‘Rainha do Natal’ 29 anos atrás, um ano antes dela lançar ‘All I Want for Christmas Is You’ e, aos 81 anos, eu não vou mudar nada. Eu estou nesse negócio há 52 anos, eu mereci e ainda atinjo minhas notas! Se Mariah tem um problema ligue para o David ou para meu advogado”, declarou love.

“O Natal já estava aqui antes de qualquer um de nós e, espero, que ele continue depois de nós. Eu acho que ninguém deveria ser dona do Natal e monopolizá-lo da forma que Mariah quer. Não é certo fazer isso, Natal é para todos, é para ser compartilhado, não para ter um dono. Não é só no mundo da música, ela está tentando possuir tudo – roupas, pebidas, mascaras, coleira de cachorro. Se você tricotar um suéter escrito “Rainha do Natal”, você tem que poder vendê-lo”, explicou Elizabeth Chan junto a seu advogado.

Mariah Carrey e seu representante legal não respondeu a declaração.

Elizabeth Chan começou a ser chamada de rainha do natal pela imprensa antes mesmo que ela assumisse o título. O apelido veio em 2014, aos 11 anos de carreira, com o lançamento de “All Access”. Chan ressaltou que não é uma luta contra a artista e que não se considera a “Rainha do Natal”.

Todas elas não foram as únicas a serem chamadas de Rainhas do Natal. Brenda Lee teve suas músicas de natal fazendo sucesso nos anos 50 e 60. A verdade é que tem espaço para várias rainhas do natal.

Veja também

ARTISTA DA SEMANA: HARRY STYLES É DESTAQUE NA PROGRAMAÇÃO

GEORGE EZRA DIZ QUE PODE SE AFASTAR DOS HOLOFOTES DEPOIS DE SUA TURNÊ

39 min
  1. Home
  2. noticias
  3. e preciso questionar razao …

Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.