alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Eclipse total do Sol acontecerá nos EUA; no Brasil ele será parcial

    Quer observar este grande espetáculo celeste? Então fique atento às dicas.

    Por Redação

    Placeholder - loading - news single img

    Um novo espetáculo celeste se aproxima: no próximo dia 21 um eclipse solar escurecerá os céus. Nos Estados Unidos, ele será total. Aqui no Brasil, ele será parcial, com apenas uma parte do Sol coberta pela Lua. Além disso, o evento só poderá ser percebido em estados brasileiros do Norte, Nordeste e algumas partes do Centro-Oeste e Sudeste.

    O eclipse não poderá ser visto em São Paulo e Rio de Janeiro e também na região Sul. As melhores capitais para observação serão Bela Vista, em Roraima, e Macapá, no Amapá, onde o evento terá duração de duas horas e a Lua irá encobrir aproximadamente 40 por cento do Sol.

    Em Bela Vista, o eclipse começará às 14h56 e, em Macapá, às 16h09, no horário de Brasília. Quanto mais ao sul do país, menor será a fração do astro encoberta pela Lua. Em Goiânia, por exemplo, o eclipse será bastante discreto, durando apenas 27 minutos e ficando apenas 1 por cento do Sol encoberto.

    Já nos Estados Unidos, o Sol totalmente encoberto pela Lua poderá ser observado entre 11h20 e 14h20, nos estados de Oregon, Wyioming, Idaho, Nebraska, Missouri, Kentucki, Tenessee, Georgia, Carolina do Sul, Kansas, Illinois e Carolina do Norte. Nos estados de Missouri, Kentucky, Tenessee e Illinois, o eclipse deve ter quase três horas de duração, embora o instante máximo de eclipse total dure apenas dois minutos. No resto do território americano, será possível assistir a um eclipse parcial, mas com maior duração do que no Brasil.

    Se quiser observar o espetáculo, é importante lembrar que nunca se deve olhar para o Sol sem proteção. “Nunca se deve olhar para o Sol sem proteção”, adverte Gustavo Rojas, astrônomo da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). “A intensa radiação solar pode danificar a visão em instantes. Por isso, é preciso utilizar proteção adequada, como filtros astronômicos ou vidros como os usados em máscaras de solda.” Ele também alerta que não se deve utilizar óculos, binóculos ou telescópios, instrumentos que concentram os raios solares e podem causar graves danos à visão.

    Para quem for observar o fenômeno no Brasil, o equipamento mais adequado é um filtro astronômico, que é difícil de conseguir por aqui. Por isso, o astrônomo sugere utilizar um vidro de máscara de solda com tonalidade 14, que é facilmente encontrado em lojas de material de construção.

    Para ler mais notícias, curta a página Antena 1 News no Facebook!

    1. Home
    2. noticias
    3. eclipse total do sol …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.