Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    Entrevista emblemática de John Lennon faz 53 anos hoje!

    Data já indicava o fim dos Beatles

    Placeholder - loading - news single img
    Beatles – Photoshoot/Divulgação

    Publicada em  

    Hoje, uma das entrevistas mais marcantes de John Lennon faz aniversário. No dia 27 de maio de 1967, o artista britânico disse em entrevista para a Melody Maker que os Beatles não iriam mais se apresentar ao vivo. As constantes intrigas entre os membros, principalmente entre Paul McCartney e Lennon, colocaram em xeque a união do quarteto de Liverpool.

    Veja também: Entenda a recente discussão entre Beatles e Rolling Stones

    Tudo começou quando Lennon se sentia desconfortável em ser, além de líder do grupo, confinado entre os limites do mesmo, enquanto McCartney estava a cada dia se aperfeiçoando para melhorar a qualidade das faixas da banda pois amava muito o conjunto. Como ambos eram as forças matrizes do Beatles, tendo em vista que foram eles os fundadores e idealizadores de grande parte das produções da banda, quando John passou a se distanciar de Paul, as consequências foram explosivas.

    Em 1966, George Harrison, Ringo Starr e Lennon, convenceram Paul a aceitar a ideia de que, depois de anos de turnês, eles deveriam parar de se apresentar ao vivo. Com isso, a entrevista foi concedida, um ano após a decisão, e John já parecia nitidamente cansado. “Pensei: 'Bem, na verdade esse deve ser o fim. Não há mais turnês. Isso quer dizer que haverá um espaço vazio no futuro' Foi então que comecei a pensar na possibilidade de uma vida sem os Beatles. E a partir daí foi plantada a semente da ideia de que eu de algum modo devo sair sem ser expulso pelos outros. Mas nunca consegui sair sozinho, porque era assustador demais”, disse o cantor.

    Mas, eles se reuniram pouco tempo depois para a concepção de uma das obras mais icônicas da história da música: o disco “Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band”, lançado no mesmo ano da declaração de Lennon. A partir desse ponto, os problemas passaram a ficar cada vez mais complexos de se lidar, principalmente depois de um retiro espiritual realizado pela banda na Índia, que elucidou os interesses pessoais de cada um dos membros, e pode ser um dos culpados pelo fim do casamento de John e a chegada de Yoko Ono.

    Depois de uma longa caminhada, envolvendo escândalos, lançamentos de álbuns individuais, criação de um selo e da desastrosa gravadora Apple, além das constantes, e cada vez mais graves, brigas e discussões, o grupo se apresentou uma última vez no telhado do escritório da gravadora, e é considerada o melhor concerto do grupo já realizado, tendo em vista que ali, não se tratava mais de um simples quarteto: Eles tinham desavenças, tinham soluções, viviam juntos, choravam juntos e brigavam juntos. Os Beatles eram uma, problemática, família. Mas que família não tem seus problemas?

    1. Home
    2. noticias
    3. entrevista emblematica de …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.