alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Estudo americano dá dica de disciplina para crianças

    Os pesquisadores descobriram que a técnica conhecida como “cantinho da disciplina” pode funcionar.

    Placeholder - loading - news single img
    Adulto em frente ao computador com criança no colo (Foto: Pixabay)

    3422

    Publicada em  

    Um estudo que durou cerca de oito anos, nos Estados Unidos, mostrou benefícios da técnica conhecida como “timeout” na criação dos pequenos. As informações são da BBC News.

    Sem tradução exata para o português, aqui ela também é conhecida como “canto da disciplina”. A ideia nada mais é do que dar um tempo a criança, ou seja, coloca-la em algum lugar sem distração para que ela pense no que fez.

    Apesar das críticas à estratégia, a ansiedade das crianças não aumentou e nem o comportamento agressivo, segundo a conclusão dos estudiosos.

    Mas um psicólogo do Reino Unido disse que a chave era como a técnica era usada e que nem todas as crianças responderam a formas autoritárias de disciplina.

    O estudo, da Universidade de Michigan, acompanhou quase 1.400 famílias e suas estratégias parentais aos três, cinco e 10 anos de idade. Os pesquisadores mediram a positividade e a negatividade das crianças em relação aos pais e suas habilidades mentais e sociais usando jogos, observações e interações gravadas em vídeo.

    Aos três anos de idade, um terço dos pais usaram a técnica. Supondo que os pais continuassem a usar essa estratégia, a pesquisa não encontrou diferenças nos níveis de ansiedade e depressão das crianças, autocontrole ou quebra de regras.

    Por outro lado, quando os pais disseram que usaram castigo físico, os filhos se tornaram mais agressivos.

    E, entre os pais que disseram ter estado deprimidos, as crianças eram mais propensas a apresentar sintomas de ansiedade e depressão, além de comportamentos mais agressivos.

    Mas, como o estudo é observacional, não é possível provar que o método foi diretamente responsável pelo comportamento subsequente das crianças ao longo do tempo.

    Dr. Rachel Knight, autora do estudo e psicóloga pediátrica no C.S. Mott Children's Hospital, da Universidade de Michigan, disse que os pais frequentemente questionavam se estavam fazendo a coisa certa para seus filhos.

    Rachel disse que a chave para o uso de "tempos limite" era ter calma, consistência, um ambiente positivo e planejamento antecipado do processo. A mensagem deve ser passada de forma consistente à criança, sem gritos ou agressividade.

    O NHS oferece algumas dicas e conselhos sobre como lidar com problemas de comportamento em crianças.

    1. Home
    2. noticias
    3. estudo americano da dica de …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.