Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Ícone seta para a esquerda Veja todas as Notícias.

    Festival Italiano de Cinema celebra trilhas sonoras

    A 16 edição do festival conta com trilhas clássicas do cinema italiano que prometem trazer emoção

    Placeholder - loading - iStock
    iStock

    Publicada em  

    O 16º Festival de Cinema Italiano vai acontecer em formato híbrido, tanto presencial quanto online, e vai ter seus filmes exibidos entre 5 de novembro e 5 de dezembro. A proposta da curadoria dessa edição é especial: “As mais belas trilhas sonoras do cinema italiano” e o melhor de tudo é que as exibições serão gratuitas.

    Você pode acessar o site e ver os filmes no site oficial do Festival de Cinema Italiano.

    Serão 16 filmes clássicos que ao longo do tempo agradaram tantos os amantes da sétima arte quanto o público mais geral. Os principais compositores que estão nos filmes da amostra são:

    Nino Rota

    Nino Rota

    Consagrado pela trilha da trilogia Poderoso Chefão, é representado no festival por Os Palhaços (I Clowns) de 1970, Amor e Anarquia (Film D’Amore e D’Anarchi) de 1973, O Médico e o Charlatão (Il Medico e lo Stregone) de 1957. Em todas as obras reconhecemos as marcas de Nino Rota, os agudos alongados e os baixos pontuais fazem a emoção brotar na pele e muitas vezes as lágrimas escorrerem

    Dos filmes com sua trilha sonora o destaque vai para Os Palhaços onde Rota mimetiza a música circense sem perder sua sofisticação. O filme de Felini conta sobre a decadência do circo de uma forma tragicômica usando o palhaço como a metáfora perfeita. O protagonista, álter ego do diretor é uma criança que vai ao circo pela primeira vez e se depara com essa estranha realidade. Além disso Felini ainda faz piada dos críticos de cinema e arte com um personagem jornalista que indaga a todo momento o significado das ações dos palhaços. Um clássico do cinema cult acessível para todos.

    The Clows
    Toque para aumentar

    Confira o trailer

    Ennio Morricone

    Ennio Morricone
    Toque para aumentar

    Ennio Morricone, foi um dos maiores compositores de todos os tempos no cinema mundial, com trilhas plurais - mas todas emocionantes – o grande maestro é representado no festival por: O Pássaro com Plumas de Cristal (L'UCCELLO DALLE PIUME DI CRISTALLO) de 1970, Era uma vez na América (C'ERA UNA VOLTA IN AMERICA) de 1984, Adeus, Irmão Cruel (ADDIO FRATELLO CRUDELE) de 1971, Histórias do Submundo (STORIE DI VITA E MALAVITA) de 1975, O Atentado (L'ATTENTATO) de 1972.

    As trilhas sonoras de Morricone são extremamente dramáticas e miram no sentimento do público intensificando o que os diretores colocam na cena. Suas trilhas estão entre as mais premiadas, chegou a acumular 17 prêmios e muitos fãs.

    Dos filmes no festival o destaque vai para “Uma Vez Na América” (Il Était Une Fois Em Amérique), dirigido por Sergio Leone e estrelado por Robert De Niro o filme conta sobre um gangster que volta ao seu antigo bairro em Nova York e se depara com o passado que deixou para trás. O filme mostra a infância, o ingresso na máfia judaica e o reencontro com seus amigos e os monstros do passado.

    Era uma Vez Na América
    Toque para aumentar

    Veja também

    ILLYCAFFÈ LANÇA MÁQUINA DE ESPRESSO COMPACTA E SUSTENTÁVEL

    ALICE MERTON: CONFIRA A CONVERSA DA ARTISTA COM A ANTENA 1

    Últimas Notícias

    1. Home
    2. noticias
    3. festival italiano de cinema …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.