Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    Governo federal veta mais trechos da lei que torna obrigatório o uso de máscara no país

    Equipamento de proteção deixa de ser exigido em presídios; estabelecimentos comerciais não são mais obrigados a afixar cartazes informativos sobre o acessório

    Placeholder - loading - news single img
    Divulgação/Istock

    Publicada em  

    Entidades públicas e estabelecimentos comerciais não serão mais obrigados a afixar cartazes informativos sobre o uso correto de máscaras e o número máximo de pessoas permitidas ao mesmo tempo dentro dos locais. É o que decidiu o presidente Jair Bolsonaro nesta segunda-feira (6), vetando novos parágrafos da legislação nacional sobre o uso do equipamento de proteção durante a pandemia do novo coronavírus.

    Veja também: Transmissão da Covid-19 pode acontecer pelo ar, reforçam cientistas em carta aberta à OMS

    A obrigatoriedade do acessório em estabelecimentos prisionais e instituições de cumprimento de medidas socioeducativas também foi vetada pelo presidente, que já havia barrado diversos pontos do documento na sexta-feira (3), como o uso obrigatório de máscaras em igrejas, comércios e escolas.

    Na justificativa do veto, o governo alegou que o fornecimento do equipamento – uma das principais formas de proteção contra a Covid-19 – já vem sendo regulamentado por normas do trabalho que tratam da especificidade da máscara e das necessidades de cada setor. A mensagem enviada ao Congresso determina, ainda, que estados e municípios elaborem normas de prevenção que sejam suplementares e atendam às peculiaridades de cada atividade. 

    Manter boca e nariz cobertos por máscara durante a emergência da pandemia no país continua sendo obrigatório em vias e transportes públicos coletivos, o que inclui ônibus, metrô, táxis, carros de aplicativos, aeronaves e embarcações fretadas de uso comunitário. Além disso, a adoção e regulação da obrigatoriedade do uso do equipamento em comércios também continua valendo em diversas cidades do país, que têm liberdade para decretar normas específicas e regular sistemas de fiscalização ou multas locais.

    Participe do grupo Coronavírus Brasil e receba as principais notícias sobre o assunto em primeira mão.

    1. Home
    2. noticias
    3. governo federal veta mais …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.