Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Ícone seta para a esquerda Veja todas as Notícias.

    Grammy 2022: premiação é adiada para o dia 3 de abril

    Devido ao aumento de casos de Covid-19 e o avanço da variante ômicron nos Estados Unidos, evento não ocorrerá na data programada

    Placeholder - loading - Estatueta do Grammy. - Divulgação
    Estatueta do Grammy. - Divulgação

    Publicada em  

    Todos estamos aguardando ansiosamente o acontecimento do Grammy 2022, mas teremos que esperar um pouco mais, pois nesta última terça-feira (18) a Academia de Artes e Ciências de Gravação, organizadora da premiação, divulgou que o evento ocorrerá no dia 3 de abril - ao invés da data original, 31 de janeiro.

    Mesmo que isso signifique não saber os artistas que levarão as estatuetas por mais alguns meses, o adiamento do Grammy 2022 foi necessário devido ao aumento de casos de Covid-19 e o avanço da variante ômicron nos Estados Unidos.

    Estatuetas do Grammy
    Toque para aumentar

    Além disso, a premiação, que antes ocorreria em Los Angeles, acontecerá em Las Vegas pela primeira vez. Mas mesmo com tantas atualizações, a organização do Grammy 2022 não divulgou os shows e outras apresentações que ocorrerão durante o evento.

    Infelizmente, essa não é a primeira vez que a premiação teve de ser adiada. Em 2021, a data do Grammy também foi alterada por causa da pandemia e do avanço da variante delta.

    Beyoncé, a maior vencedora do Grammy 2021
    Toque para aumentar

    No Grammy 2021, Beyoncé se tornou a mulher com mais estatuetas na história da premiação

    Olhando pelo lado positivo, teremos mais tempo para analisar a lista de indicados às estatuetas. Os artistas com mais destaque para essa edição do evento são Jon Batiste, Olívia Rodrigo, Justin Bieber, Billie Eilish, Doja Cat e Lil Nas X.

    Confira a lista completa de indicações ao Grammy 2022:

    Álbum do Ano

    "We Are" - Jon Batiste

    "Love For Sale" - Tony Bennett e Lady Gaga

    "Justice (Triple Chucks Deluxe)" - Justin Bieber

    "Planet Her (Deluxe)" - Doja Cat

    "Mais Feliz do que Nunca" - Billie Eilish

    "Back Of My Mind" - H.E.R.

    "Montero" - Lil Nas X

    "Sour" - Olivia Rodrigo

    "Evermore" - Taylor Swift

    "Donda" - Kanye West

    Canção do ano

    "Bad Habits" - Ed Sheeran

    "A Beautiful Noise" - Alicia Keys & Brandi Carlile

    "Drivers license" - Olivia Rodrigo

    "Fight For You" - H.E.R.

    "Happier Than Ever" - Billie Eilish

    "Kiss Me More" - Doja Cat e SZA

    "Leave The Door Open" - Silk Sonic

    "Montero (Call Me By Your Name)" - Lil Nas X

    "Peaches" - Justin Bieber com Daniel Caesar & Giveon

    "Right On Time" - Brandi Carlile

    Gravação do ano

    '"I Still Have Faith In You" - ABBA

    "Freedom" - Jon Batiste

    "I Get A Kick Out Of You" - Tony Bennett & Lady Gaga

    "Peaches" - Justin Bieber com Daniel Caesar & Giveon

    "Right On Time" - Brandi Carlile

    "Kiss Me More" - Doja Cat e SZA

    "Happier Than Ever" - Billie Eilish

    "Montero (Call Me By Your Name)" - Lil Nas X

    "Drivers license" - Olivia Rodrigo

    "Leave The Door Open" - Silk Sonic

    Artista revelação

    Arooj Aftab

    Jimmie Allen

    Baby Keem

    FINNEAS

    Glass Animals

    Japanese Breakfast

    The Kid LAROI

    Arlo Parks

    Olivia Rodrigo

    Saweetie

    Melhor performance solo pop

    Anyone - Justin Bieber

    Right On Time - Brandi Carlile

    Happier Than Ever - Billie Eilish

    Positions - Ariana Grande

    drivers license - Olivia Rodrigo

    Melhor álbum de rap

    "The Off-Season" — J. Cole

    "Certified Lover Boy" — Drake

    "King’s Disease II" — Nas

    "Call Me If You Get Lost" — Tyler, the Creator

    "Donda" — Kanye West

    Melhor música de rap

    “Bath Salts” — DMX featuring JAY-Z and Nas

    “Best Friend” — Saweetie featuring Doja Cat

    “Family Ties” — Baby Keem featuring Kendrick Lamar

    “Jail” — Kanye West featuring JAY-Z

    “M Y. L I F E” — J. Cole featuring 21 Savage and Morray

    Melhor performance de rap

    “Family Ties” — Baby Keem featuring Kendrick Lamar

    “Up” — Cardi B

    “M Y .L I F E” — J. Cole featuring 21 Savage and Morray

    “Way 2 Sexy” — Drake featuring Future and Young Thug

    “Thot Shit” — Megan Thee Stallion

    Melhor performance de rap melódico

    “P R I D E. I S. T H E. DEVIL” — J. Cole featuring Lil Baby

    “Need to Know” — Doja Cat

    “Industry Baby” — Lil Nas X featuring Jack Harlow

    “WUSYANAM” — Tyler, the Creator featuring YoungBoy Never Broke Again and Ty Dolla $ign

    “Hurricane” Kanye West featuring The Weekend and Lil Baby

    Melhor gravação dance/eletrônica

    "Hero" - Afrojack e David Guetta

    "Loom" - Olafur Arnalds e Bonobo

    "Before" - James Blake

    "Heartreak" - Bonoro e Totally Extinct Dinossaurs

    "You can do it" - Caribou

    "Alive" - Rufus du Sol

    "The Business" - Tiesto

    Melhor álbum de dance/eletrônica

    "Subconsciously" — Black Coffee

    "Fallen Embers" — Illenium

    "Music Is the Weapon (Reloaded)" — Major Lazer

    "Shockwave" — Marshmello

    "Free Love" — Sylvan Esso

    "Judgement" — Ten City

    Produtor do ano, não clássico

    Jack Antonoff

    Hit-Boy

    Ricky Reed

    Mike Elizondo

    Rogèt Chahayed

    Melhor álbum de música urbana

    Afrodisíaco — Raw Alejandro

    El Último Tour Del Mundo — Bad Bunny

    Jose — J Balvin

    KG0516 — Karol G

    Mendó — Alex Cuba

    Sin Miedo (Del Amor y Otros Demonios) 8 — Kali Uchis

    Melhor álbum de folk

    One Night Lonely (Live) — Mary Chapin Carpenter

    Long Violent History — Tyler Childers

    Wednesday (Extended Edition) — Madison Cunningham

    They’re Calling Me Home — Rhiannon Giddens with Francesco Turrisi

    Blue Heron Suite — Sarah Jaros

    Melhor álbum de jazz latino

    "Mirror mirror" - Eliane Elias com Chick Correa e Chucho Valdés

    "The South Bronx Story" - Charles Henriquez

    "Virtual Birdland" - Arturo O'Farril e Afro Latin Jazz Orchestra

    "Transparency" - Dafnis Prieto Orchestra

    "El arte del bolero" - Miguél Zeon e Luis Perdomo

    Melhor filme musical

    Insidie — Bo Burnham

    David Byrne’s American Utopia — David Byrne

    Happier Than Ever: A Love Letter to Los Angeles — Billie Eilish

    Music, Money, Madness… Jimi Hendrix in Maui — Jimi Hendrix

    Summer of Soul — Vários

    Melhor clipe

    “Shot in the Dark” — AC/DC

    “Freedom” — Jon Batiste

    “I Get a Kick Out of You” — Tony Bennett and Lady Gaga

    “Peaches” — Justin Bieber featuring Daniel Caesar

    “Happier Than Ever” — Billie Eilish

    “Montero (Call Me by Your Name)” — Lil Nas X

    "Good 4u" - Olivia Rodrigo

    Melhor álbum country

    Skeletons — Brothers Osborne

    Remember Her Name — Mickey Guyton

    The Marfa Tapes — Miranda Lambert, Jon Randall, and Jack Ingram

    The Ballad of Dood & Juanita — Sturgill Simpson

    Starting Over — Christ Stapleton

    Melhor música country

    “Better Than We Found It” — Maren Morris

    “Camera Roll” — Kacey Musgraves

    “Cold” — Chris Stapleton

    “Country Again” — Thomas Rhett

    “Fancy Like” — Walker Hayes

    “Remember Her Name” — Mickey Guyton

    Melhor trilha sonora

    Bridgerton — Kris Bowers

    Dune — Hans Zimmer

    The Mandalorian: Season 2 — Vol. 2 (Chapters 13-16) — Ludwig Göransson

    The Queen’s Gambit — Carlos Rafael Rivera

    Soul — Jon Batiste, Trent Reznor, and Atticus Ross

    Últimas Notícias

    1. Home
    2. noticias
    3. grammy 2022 premiacao e …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.