alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Grupos pró-independência marcham na Catalunha; Madri ameaça endurecer postura

    Placeholder - loading - news single img
    Mulher discute com policial durante protesto de estudantes em Barcelona 16/10/2019 REUTERS/Rafael Marchante

    Publicada em  

    Por Joan Faus

    BARCELONA (Reuters) - Grupos pró-independência iniciaram marchas de protesto na Catalunha nesta quarta-feira em repúdio à condenação a prisão de nove líderes separatistas, apesar de o governo espanhol ter voltado a alertar que intervirá se for necessário para garantir a segurança.

    Madri reiterou que agirá 'com firmeza e de maneira proporcional' para manter a ordem depois que manifestantes lançaram latas, pedras e sinalizadores contra o batalhão de choque e incendiaram latões de lixo em confrontos anormalmente tensos em Barcelona, a capital regional. Foram presas 30 pessoas.

    Os manifestantes bloquearam estradas e interromperam o serviço de trens em toda a região nordeste depois que os líderes catalães receberam penas que variam entre nove e treze anos de prisão na segunda-feira devido ao seu papel em uma tentativa de independência fracassada em 2017.

    Após o anúncio das penas, a Suprema Corte da Espanha emitiu um mandado de prisão europeu para o ex-líder da Catalunha Carles Puigdemont, que se exilou na Bélgica.

    A Procuradoria de Bruxelas disse nesta quarta-feira que recebeu o mandado. A Bélgica rejeitou dois pedidos de extradição anteriores, e uma porta-voz do procurador disse que pode demorar semanas para se chegar a uma decisão sobre o novo pedido.

    O mandado foi emitido em espanhol. A lei exige que ele seja enviado em uma das línguas oficiais da Bélgica ou em inglês, por isso a Espanha enviará outro na semana que vem, disse a porta-voz.

    A iniciativa independentista catalã desencadeou a maior crise política da Espanha em décadas em 2017, e ainda domina o debate político polarizado enquanto a quarta maior economia da zona do euro ruma para uma eleição em 10 de novembro.

    (Reportagem adicional de Belén Carreño, Jose Elías Rodríguez e Marine Strauss)

    Escrito por Reuters

    1. Home
    2. noticias
    3. grupos pro independencia …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.