Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
Ícone seta para a esquerda Veja todas as Notícias.

Haddad diz que eventual governo terá de ser mais amplo que o PT

Placeholder - loading - Imagem da noticia "Haddad diz que eventual governo terá de ser mais amplo que o PT"

Publicada em  

Atualizada em  

(Reuters) - O candidato do PT à Presidência, Fernando Haddad, disse nesta segunda-feira que a situação do país é tão grave que seu governo terá que ser muito mais amplo que o PT e abranger várias forças democráticas do país.

'A situação é tão grave que nós vamos ter que unir as forças democráticas todas em um governo mais amplo que o PT', disse Haddad em entrevista à rádio Capital de São Paulo. 'Nós não temos condição, nesse momento de risco a democracia, de fazer um governo de um partido, temos que fazer um governo o mais amplo possível para conter as forças do atraso.'

O petista acrescentou ainda que está aberto a todas as forças políticas que defendem a democracia e que acredita que todos 'que têm responsabilidade com o país' não querem o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, seu rival no segundo turno, na Presidência da República.

A campanha de Haddad tem tentado atrair apoios para uma frente contra Bolsonaro e, até agora, conseguiu aglutinar apenas o PSOL e o PSB com apoios firmes e o PDT, que declarou um 'apoio crítico' e não tem participado da campanha. Haddad também conseguiu a adesão de um grupo de integrantes do PSDB, da corrente 'Esquerda para Valer', mas até agora não conversou com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso que, em entrevista no final de semana, disse haver uma 'porta' para Haddad.

O petista voltou a fazer críticas duras a Bolsonaro, a quem acusou novamente de fugir de debates, espalhar mentiras e não ter condições de dirigir o país. Haddad chegou a usar uma expressão que atribuiu ao ex-candidato do PDT, Ciro Gomes, para dizer que Bolsonaro não tem condições de ser presidente.

'Não tem condição de um deputado que não fez nada durante três décadas querer assumir a Presidência sem ter administrado um boteco, como disse o Ciro Gomes', disse, Haddad, acrescentando que o discurso de Bolsonaro 'causa vergonha no exterior'.

O petista foi mais uma vez questionado sobre o que a população poderia esperar de diferente de mais um governo petista, e afirmou que existe a necessidade sim de admitir erros, mas não de colocar fora tudo que foi feito de bom.

'Temos que recuperar o projeto que deu certo admitindo e corrigindo o que deu errado', defendeu.

(Por Lisandra Paraguassu, em Brasília)

Escrito por Thomson Reuters

Últimas Notícias

Placeholder - loading - Imagem da notícia CASACOR: Descubra as tendências das edições de 2022

CASACOR: Descubra as tendências das edições de 2022

A 35º edição da CASACOR São Paulo celebrou a exposição deste ano com o tema “Infinito Particular”. Uma mostra que trouxe diversas tendências do mundo do design, e inovou diversos cômodos. Aqui falaremos um pouco dessas novidades, além de explorar o que esteve em alta nas exibições que aconteceram no Peru, Bolívia e a que vem por aí, em Brasília.

As propostas definitivamente irão te inspirar a valorizar os ambientes da casa de forma moderna e ao passo que mostra as singularidades da moda contemporânea.

A CASACOR possui edições em alguns países da America Latina, como também ao redor do Brasil inteiro. Em Brasília, a exposição acontece agora nos meses de setembro e outubro, já na Bolívia e Peru, 17 de maio e 25 de junho, e 24 de maio e 3 de julho, respectivamente.

Na Bolívia, os irmãos Ana Villagómez e Moisés Villagómez criaram o Loft Refugio Natural, espaço de cem metros² em que a arquitetura e o paisagismo se misturaram de maneira harmônica. A casa recebeu 35 ambientes, projetados por 55 profissionais.

“Usamos muitos materiais nobres, como pedra, revestimento de barro e madeira, e procuramos criar uma conexão entre o ser humano e a natureza”, explicou a paisagista e arquiteta.

Para os ambientes dessa amostra, a aposta é em tons terrosos, couro e elementos em preto que destoam das outras cores do cômodo. Os tons de marrom com a mescla de material estão populares pois dão uma sensação nostálgica e aconchegante ao ambiente. Tons quentes são sempre uma boa pedida para dar um ar de familiaridade ao ambiente.

Já em relação aos móveis em preto, a cor proporciona à sala um refinamento e modernidade. O contraste, nesse caso, é sempre uma boa escolha, principalmente com o resto das peças em dourado e laranja, como exemplifica a decoração da mostra na Bolívia.

No Peru, a mostra contou com a participação de mais de 60 profissionais, entre arquitetos, decoradores, paisagistas e designers. Nessa exposição se destacaram detalhes arredondados e luminárias inusitadas. Móveis com a ausência de quinas estão presentes em luminárias, nas mesas de centro, nos pufes, nos quadros, nos espelhos, nos tapetes e até no encosto das cadeiras da mesa de jantar.

Para a escolha da iluminação, os arquitetos saíram da caixa, escolhendo peças com formatos criativos. Além disso, complementam com cores e estruturas diferentes.

Já a CASACOR Brasília de 2022, celebrará 30 anos em Brasília. A edição comemorativa acontecerá de 3 de setembro a 30 de outubro na Arena BRB Mané Garrincha, no coração da cidade. Ao todo, serão 50 ambientes, todos inspirados no tema Infinito Particular, assim como a edição de São Paulo.

CASACOR São Paulo 2022

Você ainda pode apreciar a mostra para se inspirar e ficar por dentro das tendencias de decoração e design de interiores.

19 H
  1. Home
  2. noticias
  3. haddad diz que eventual …

Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.