Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    IGP-M desacelera alta a 2,92% na 2ª prévia de outubro com arrefecimento de commodities, diz FGV

    Placeholder - loading - news single img
    15/10/2010 REUTERS/Bruno Domingos

    Publicada em  

    Atualizada em  

    Por Luana Maria Benedito

    SÃO PAULO (Reuters) - O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) desacelerou a alta a 2,92% na segunda prévia de outubro, ante alta de 4,57% no mesmo período do mês anterior, conforme o arrefecimento dos preços das commodities aliviou a pressão sobre a inflação no atacado, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta segunda-feira.

    O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que responde por 60% do índice geral, teve alta de 3,75% no segundo decêndio deste mês, deixando para trás a disparada de 6,36% registrada no mesmo período de setembro.

    Segundo André Braz, Coordenador dos Índices de Preços, 'a desaceleração observada nas taxas de variação de algumas commodities, principalmente minério de ferro (17,01% para -0,34%), contribuiu para o recuo do índice de preços ao produtor.'

    Entre os componentes do IPA, o destaque foi o grupo Matérias-Primas Brutas, que desacelerou seus ganhos de 11,31% para 4,77% na segunda prévia de outubro, recebendo forte influência de produtos como milho e café em grão, além do minério de ferro.

    Enquanto isso, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que tem peso de 30% no índice geral, acelerou a alta a 0,71% no segundo decêndio de outubro, após saltar 0,38% no mês anterior.

    O grupo Educação, Leitura e Recreação disparou 3,05%, informou a FGV, deixando para trás o salto de 0,40% apresentado na segunda prévia de setembro. Um avanço de 33,57% nos preços das passagens aéreas foi o principal responsável por essa leitura.

    Finalmente, o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) subiu 1,50% no segundo decêndio de outubro, uma aceleração em relação à alta de 0,98% do mesmo período do mês anterior.

    O IGP-M é utilizado como referência para a correção de valores de contratos, como os de aluguel de imóveis.

    A segunda prévia do IGP-M calculou as variações de preços no período entre os dias 21 do mês anterior e 10 do mês de referência.

    2ª prévia de 2ª prévia de

    setembro outubro

    IGP-M +4,57 +2,92

    IPA +6,36 +3,75

    .Estágios

    ..Bens Finais +2,89 +2,73

    ..Bens Intermediários +4,14 +3,50

    ..Matérias Primas +11,31 +4,77

    Brutas

    .Origem

    ..Produtos +8,42 +6,99

    Agropecuários

    ..Produtos Industriais +5,59 +2,48

    IPC +0,38 +0,71

    .Alimentação +0,80 +1,66

    .Habitação +0,48 +0,31

    .Vestuário -0,73 +0,40

    .Saúde e Cuidados -0,50 +0,11

    Pessoais

    .Educação, Leitura e +0,40 +3,05

    Recreação

    .Transportes +0,94 +0,01

    .Despesas Diversas +0,29 +0,14

    .Comunicação +0,01 +0,06

    INCC +0,98 +1,50

    .Materiais, +2,02 +3,04

    Equipamentos e Serviços

    .Mão de Obra +0,07 +0,13

    Escrito por Reuters

    1. Home
    2. noticias
    3. igp m desacelera alta a 292 …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.