Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
Ícone seta para a esquerda Veja todas as Notícias.

John Lennon: ex-beatle faria 80 anos nesta sexta-feira

Cantor e compositor britânico foi um dos mais influentes do século XX

Placeholder - loading - Getty Images/Reprodução
Getty Images/Reprodução

Publicada em  

Ex-beatle e um dos músicos mais influentes do século XX, John Lennon completaria 80 anos nesta sexta-feira (9). O também símbolo do ativismo pela paz e tolerância religiosa fez história na banda de maior sucesso comercial da música popular, ao lado de Paul McCartney, Ringo Starr e George Harrison.

Veja também: John Lennon: conheça filme que inspirou música lançada pouco antes da morte do ex-beatle

Nascido no Reino Unido em 9 de outubro de 1940, John Lennon teve sua vida interrompida aos 40 anos, em 8 de dezembro de 1980. Fã obcecado, Mark Chapman baleou o músico cinco vezes em Nova York, nos Estados Unidos.

"Feliz aniversário, John! Feliz Aniversário Sean! Sim, vocês são meus anjos. Eu amo vocês", escreveu nas redes sociais Yoko Ono, viúva do cantor. Sean Ono Lennon, filho caçula do casal, compartilha a mesma data de nascimento do pai, completando 45 anos nesta sexta-feira (9).

carregando Tweet...

Para homenagear o legado do ex-beatle que teve 25 canções número um na parada da Billboard Hot 100 e entrou para a lista dos cem maiores artistas de todos os tempos da Rolling Stone, Yoko – com quem o músico também fundou a Plastic Ono Band, em 1969 – se juntou a Sean para lançar hoje um disco que reúne os principais hits de sua carreira solo.

Organizadas em ordem cronológica dos álbuns em que foram lançadas, as canções estão relacionadas às convicções e pensamentos que o britânico tinha acerca de temas como paz, religião, amor, casamento e política.

A única razão pela qual faço música e sou uma estrela é que aqui posso dar vazão às minhas repressões”, disse Lennon certa vez.

Intitulado “Gimme Some Truth: The Ultimate Mixes”, o disco é composto por 36 faixas clássicas do ex-beatle (veja a lista completa abaixo), incluindo “Imagine”, “Come Together”, “Jealous Guy”, “Stand By Me”, “Woman” e “Dear Yoko”.

A coletânea recebeu mixagem de Paul Hicks (engenheiro de áudio que também já trabalhou com Paul McCartney) e Sam Gannon (responsável por remixagens de outros trabalhos de Lennon). As faixas também foram masterizadas por Alex Wharton (produtor que já trabalhou com bandas como Rolling Stones e The Chemical Brothers), no histórico Abbey Road Studios, em Londres.

Uma versão deluxe incluirá ainda um livro exclusivo de 124 páginas com as histórias por detrás das canções selecionadas, além de entrevistas, fotos inéditas, cartas e outros arquivos do acervo de Lennon.

John era um homem brilhante com um grande senso de humor e compreensão”, escreve Yono no prefácio da obra.

Ele acreditava que o poder do povo mudaria o mundo. E isso vai acontecer. Todos nós temos a responsabilidade de visualizar um mundo melhor para nós e para nossos filhos. A verdade é o que criamos está em nossas mãos".

A faixa “Instant Karma! (We All Shine On)” remixada já está disponível. Ouça abaixo:

Confira a lista completa das músicas do box:

Disco 1

  1. Instant Karma! (We All Shine On)
  2. Cold Turkey
  3. Working Class Hero
  4. Isolation
  5. Love
  6. God
  7. Power to the People
  8. Imagine
  9. Jealous Guy
  10. Gimme Some Truth
  11. Oh My Love
  12. How Do You Sleep?
  13. Oh Yoko!
  14. Angela
  15. Come Together (live)
  16. Mind Games
  17. Out The Blue
  18. I Know (I Know)

Disco 2

  1. Whatever Gets You Thru The Night
  2. Bless You
  3. #9 Dream
  4. Steel and Glass
  5. Stand By Me
  6. Angel Baby
  7. (Just Like) Starting Over
  8. I’m Losing You
  9. Beautiful Boy (Darling Boy)
  10. Watching The Wheels
  11. Woman
  12. Dear Yoko
  13. Every Man Has a Woman Who Loves Him
  14. Nobody Told Me
  15. I’m Stepping Out
  16. Grow Old With Me
  17. Happy Xmas (War Is Over)
  18. Give Peace a Chance

Últimas Notícias

Placeholder - loading - Imagem da notícia Air Europa traz moderno Boeing 787 Dreamliner na rota de Salvador a Madri

Air Europa traz moderno Boeing 787 Dreamliner na rota de Salvador a Madri

A companhia aérea Air Europa retomará suas atividades na capital baiana a partir do dia 21 de dezembro. Os voos têm previsão de decolagem sempre às quartas e sextas-feiras, embarcando os passageiros no moderno Boeing 787 Dreamliner, considerado um dos mais eficientes equipamentos à disposição no mercado.

A Vinci, operadora do Aeroporto Internacional de Salvador - Dep. Luís Eduardo Magalhães, comemora a volta da parceria com a companhia espanhola, após o hiato ocasionado pela pandemia do Covid-19. “Madri é uma das cidades mais emblemáticas da Europa e a retomada do voo tornará mais fácil para nossos passageiros voar para o continente. Estamos muito animados com a volta do voo da Air Europa, que atenderá a uma demanda crescente do turismo receptivo à cidade de Salvador, tanto para passageiros quanto para cargas”, disse David Thompson, diretor comercial do Aeroporto de Salvador.

Modernidade

O novo avião da Air Europa é o mais sustentável disponível no mercado atualmente. Entre suas vantagens, destacam-se a redução em 60% do impacto sonoro emitido, além da redução de 20% de consumo de combustível. A aeronave não impacta apenas na sustentabilidade, mas também no conforto oferecido ao passageiro, com uma nova classe executiva e entretenimento individual na classe econômica. Os passageiros poderão contar, ainda, com serviço wi-fi, com diferentes opções, de acordo com o volume de navegação necessária, streaming, além de um completo e variado entretenimento audiovisual.

9 H
Placeholder - loading - Imagem da notícia As 5 capas de álbum mais icônicas da história

As 5 capas de álbum mais icônicas da história

Uma boa identidade visual tem a função de atribuir significado e sentido para aquilo que nossos ídolos querem transmitir através de suas canções. Como música é uma arte de muitas camadas e facetas, o que está estampado nas capas de álbuns é essencial para nos aprofundarmos ainda mais nas composições alheias. Por isso, a Antena 1 decidiu explorar algumas das capas que mais se destacaram na indústria da música.

Confira:

Breakfast in America – Supertramp

O sexto álbum de estúdio da banda de rock inglesa, Supertramp, foi lançado em 1979. A arte da capa foi desenvolvida pelos artistas Mike Doud e Mick Haggerty, e desenvolvida pelo próprio grupo. A ideia era representar todas as mudanças e dificuldades pelas quais os membros estavam passando por se mudar da Inglaterra para os Estados Unidos.

[music-item artistSlug=supertramp musicSlug=goodbye-stranger]

O design representa diversos monumentos de Manhattan como se fossem parte de uma mesa de café da manhã. Um exemplo disso é a própria garçonete que veste um uniforme amarelo mostarda, a mulher representa a Estátua da Liberdade.

Com um ar cômico e muito criativo, a capa ficou extremamente reconhecida. Logo, no 22º Grammy Awards em 1980, “Breakfast in America” ganhou dois prêmios de Melhor Pacote de Álbum e Melhor Gravação Não Clássica

Alladin Sane – David Bowie

O sexto álbum de estúdio do músico inglês, David Bowie foi divulgado em 1973, e até hoje é um grande marco na história da música. A arte é um dos grandes símbolos que marcaram a carreira do camaleão, e foi desenvolvida por Brian Duffy.

Com grande influência dos Rolling Stones em suas músicas, o álbum apresenta um novo personagem do artista, Alladin Sane. O nome é um trocadilho com "A Lad Insane" (um rapaz insano, em tradução livre), que Bowie descreveu como "Ziggy Stardust vai para a América". O britânico já tinha um grande e conhecidíssimo personagem que virou o pseudônimo do artista, Ziggy Stardust – ele foi a persona de palco de Bowie durante 1972 e 1973.

A arte da capa, fotografada por Brian Duffy, foi a capa mais cara já feita na época. Mostra um raio no rosto de Bowie e representa a dupla personalidade do personagem Aladdin Sane, além os sentimentos mistos que Bowie tinha sobre suas turnês e o estrelato. É considerada uma de suas imagens mais icônicas da indústria.

Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band – The Beatles

Os Beatles possuem diversas capas revolucionárias, porém a do álbum “Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band” é icônica demais e tem muitos significados escondidos. O disco foi divulgado em 1967 e a arte desenvolvida por Paul McCartney, Peter Blake, Jann Haworth e Robert Fraser.

9 H
  1. Home
  2. noticias
  3. john lennon ex beatle faria …

Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.