Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    Milicianos iraquianos lançam pedras contra embaixada dos EUA e se preparam para estadia prolongada

    Placeholder - loading - news single img
    Manifestantes atearam fogo a um portão enquanto a fumaça sobe do interior da embaixada dos EUA em Bagdá, Iraque. 01/01/2020. Divulgação via REUTERS

    Publicada em  

    Atualizada em  

    Por Ahmed Aboulenein

    BAGDÁ (Reuters) - Centenas de milicianos iraquianos e seus apoiadores atiraram pedras contra a embaixada dos Estados Unidos em Bagdá pelo segundo dia, nesta quarta-feira, e forças de segurança dispararam gás lacrimogêneo e granadas para expulsá-los.

    Os protestos, liderados por milícias apoiadas pelo Irã, marcam uma nova fase na guerra sombria entre Washington e Teerã em todo o Oriente Médio.

    O presidente dos EUA, Donald Trump, que disputa a reeleição em 2020, ameaçou na terça-feira retaliar contra o Irã, mas disse mais tarde que não queria ir à guerra.

    Os protestos também lançam incerteza sobre a presença contínua de tropas dos EUA no Iraque.

    Multidões se reuniram na terça-feira para protestar contra ataques aéreos mortais dos EUA a bases da milícia, incendiando, atirando pedras e esmagando câmeras de vigilância. No entanto, eles não violaram o principal complexo da enorme embaixada.

    Durante a noite, manifestantes armaram tendas e acamparam do lado de fora dos muros da embaixada. Na manhã de quarta-feira, eles estavam trazendo alimentos, equipamentos de cozinha e colchões, disseram testemunhas da Reuters, sugerindo que pretendem ficar por um longo tempo.

    Escrito por Reuters

    1. Home
    2. noticias
    3. milicianos iraquianos lancam …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.