Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    Novembro Azul: Conscientização e prevenção do câncer de próstata

    Enfermidade é o tumor mais comum entre homens com mais de 50 anos

    Placeholder - loading - news single img
    Novembro Azul - Antena 1/Reprodução

    Publicada em  

    Com a chegada do mês de novembro, um dos temas que é tabu entre homens, o exame de próstata, recebe a campanha de divulgação para conscientizar e prevenir o câncer de próstata, o segundo que mais atinge homens no Brasil – atrás apenas do câncer de pele não-melanoma –, e é o segundo câncer que mais mata. Por conta do risco, campanhas de prevenção salvam vidas com o diagnóstico precoce.

    Veja também: Outubro Rosa: Dicas para diagnóstico precoce e prevenção do câncer de mama

    Segundo uma investigação realizada pelo Instituto Vencer o Câncer (IVOC), os casos de câncer de próstata poderão aumentar cerca de 80% até 2040, além do crescimento assustador no número de óbitos, que nas projeções saltam de 284 mil e 145 para mais de 625 mil mortes. O doutor Alexandre Danilovic, urologista do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP explica melhor o que é o tumor.

    “O câncer de próstata é o tumor maligno mais comum no homem e a segunda causa de óbito por câncer no sexo masculino. A Organização Mundial da Saúde estima um aumento de 17% nos diagnósticos e nos óbitos na última década”, aponta o médico. O urologista ainda pontua os riscos da enfermidade. “O câncer de próstata pode ocorrer em qualquer homem. Um em cada seis homens terão câncer de próstata. E o mais frequente é não ter sintomas urinários. O principal fator de risco é a idade. Homens na faixa dos 70 anos tem 20% de risco de ter câncer de próstata e aos 90 anos, o risco é de 90%”.

    Os fatores de risco que levam a complicação também podem ser outros, como o doutor mesmo disse em entrevista, além da idade, questões genéticas hereditárias, excesso de gordura saturada e homens negros estão mais propícios a desenvolverem o tumor. O maior combatente do câncer de próstata é o diagnóstico precoce, que segundo uma pesquisa do IVOC, a taxa de cura é quase 90% com a detecção prévia. Danilovic explica melhor os resultados do exame realizado antes da doença agravar.

    “O benefício do diagnóstico precoce é o paciente poder escolher entre mais possibilidades qual tipo de tratamento ele prefere. Atualmente, os tratamentos minimamente invasivos e a robótica têm mostrado resultados de cura em casos precoces acima de 90%”, diz o urologista. Alexandre também afirma, em base na Sociedade Brasileira de Urologia que "o exame da próstata seja feito a partir dos 45 anos de idade”.

    Por conta de uma série de tabus e discussões sobre o câncer de próstata, há muita desinformação sobre o que é verdade ou é mentira a respeito do tema. Por conta disso, não é um assunto discutido abertamente por homens. A pedido da Antena 1, o doutor Alexandre pontuou alguns mitos sobre a enfermidade e explicou o porquê eles não serem condizentes com a verdade.

    • A vasectomia poderia aumentar o risco de câncer na próstata.

    “Trabalhos científicos já demonstraram que não existe essa associação. Isso também foi provado com relação aos pacientes com próstata grande. Ter hiperplasia da próstata não aumenta o risco de câncer”.

    • O exame da próstata pode ser substituído.

    “Outro mito é que o exame da próstata pode ser substituído. Ele ainda é fundamental para o diagnóstico. Existe uma porcentagem de pacientes com PSA normal que são diagnosticados exclusivamente pelo exame da próstata”.

    • O câncer de próstata causa sintomas urinários.

    “Isso também é um mito. Por ser uma doença que ocorre principalmente na periferia da próstata e a uretra estar na região central, o câncer de próstata causa sintomas urinários só em 1% dos pacientes”.

    • Alimentos ricos em licopeno podem diminuir o risco de câncer de próstata.

    “Não está comprovado que o consumo de alimentos ricos em licopeno, um antioxidante presente em frutas e vegetais de casca vermelha, possa reduzir o risco de câncer de próstata. Não existem estudos controlados com placebo que sejam favoráveis ao licopeno”.

    A Antena 1 está engajada com a campanha Novembro Azul, assim como a nossa rádio fez com o Outubro Rosa, e nos preocupamos 100% com a saúde dos nossos ouvintes, portanto, procure um médico caso esteja no grupo de risco. O diagnóstico precoce salva vidas.

    1. Home
    2. noticias
    3. novembro azul conscientizacao …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.