Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    Papa reage a críticas israelenses contra comentários sobre lei judaica

    Placeholder - loading - 11/08/2021 REUTERS/Guglielmo Mangiapane
    11/08/2021 REUTERS/Guglielmo Mangiapane

    Publicada em  

    Por Philip Pullella

    CIDADE DO VATICANO (Reuters) - O papa Francisco está procurando apaziguar as preocupações de judeus a respeito de comentários que ele fez sobre seus livros da lei sagrada após uma exigência de esclarecimento dos principais rabinos de Israel, disseram fontes do Vaticano e da comunidade judaica nesta segunda-feira.

    No mês passado, a Reuters noticiou com exclusividade que o rabino Rasson Arousi, presidente da Comissão do Grande Rabinato de Israel para o Diálogo com a Santa Sé, escreveu uma carta dura ao Vaticano, dizendo que os comentários de Francisco pareceram insinuar que a Torá, a lei judaica, está obsoleta.

    Em uma audiência geral do dia 11 de agosto, o papa disse: 'A lei (Torá), entretanto, não dá vida.'

    'Ela não oferece o cumprimento da promessa porque não é capaz de ter o poder de cumpri-la... aqueles que buscam vida precisam contemplar a promessa e seu cumprimento em Cristo.'

    A Torá, os cinco primeiros livros da Bíblia Hebraica, contém centenas de mandamentos para os judeus seguirem na vida cotidiana. A medida da obediência à vasta gama de diretrizes varia entre judeus ortodoxos e judeus reformados.

    Arousi enviou sua carta ao cardeal Kurt Koch, cujo departamento no Vaticano inclui uma comissão para relações religiosas com os judeus.

    Francisco pediu que Koch explicasse que suas palavras, que refletiram os escritos de São Paulo no Novo Testamento, não deveriam ser vistas como um julgamento da lei judaica, disseram as fontes.

    Escrito por Reuters

    Últimas Notícias

    1. Home
    2. noticias
    3. papa reage a criticas …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.