Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    PERFIL-Algoz de Lula, Moro deixa posto de principal astro da Lava Jato para ser ministro de Bolsonaro

    Placeholder - loading - news single img

    Publicada em  

    Por Eduardo Simões

    SÃO PAULO (Reuters) - O juiz federal Sérgio Moro, responsável pela primeira condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, deixará o posto de principal estrela da Lava Jato ao assumir o comando do Ministério da Justiça no governo do presidente eleito Jair Bolsonaro, em uma decisão que dará fôlego a críticos que apontam viés político em sua atuação como magistrado.

    Moro, de 46 anos, já foi celebrado como herói --inclusive em montagens em que aparece como super-homem e sigla 'SM' no peito--, e apontado por parcela significativa da população como ícone do combate à corrupção.

    Um estudioso da Operação Mãos Limpas, que combateu a corrupção na Itália na década de 1990, Moro fez comparações entre a operação italiana e a Lava Jato e, além de sua atuação no caso como juiz, também defendeu mudanças estruturais, incluindo no sistema político, para combater a corrupção.

    Apontado como possível nome para disputar o Palácio do Planalto neste ano, chegou a ter o nome incluído em pesquisas de intenção de voto antes de definidas as candidaturas, negou a possibilidade de entrar na vida política, alegando ter feito uma 'opção pela magistratura'.

    'Eu fiz uma opção na minha carreira pela magistratura então não me vejo, e já disse mais de uma vez, e reitero quantas vezes forem necessárias, que não serei candidato, nada disso', afirmou durante evento em 2017 em São Paulo.

    Ao aceitar o convite de Bolsonaro, no entanto, deixará a magistratura para trás, ao menos por ora, já que o presidente eleito também o apontou como provável indicado a uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF) quando uma das cadeiras ficar vaga, o que deve ocorrer em 2020, com a aposentadoria compulsória do ministro Celso de Mello.

    Especializado em crimes financeiros, Moro foi juiz do caso Banestado no início dos anos 2000, quando o doleiro Alberto Youssef, envolvido na Lava Jato, também foi um dos protagonistas e um dos que firmaram acordo de delação premiada com a Justiça.

    Antes de ganhar notoriedade nacional com a Lava Jato, Moro foi juiz auxiliar da ministra Rosa Weber, do STF, em 2012, durante o julgamento do caso conhecido como mensalão, numa época em que Rosa havia recém chegado ao Supremo oriunda da Justiça do Trabalho.

    EMBATES COM A DEFESA

    Como juiz da Lava Jato, Moro teve embates frequentes durante audiências com a defesa de Lula, que por diversas vezes questionou juridicamente a suposta parcialidade do juiz.

    Em um dos casos, após encerrada a audiência com o zelador do prédio onde fica o tríplex atribuído a Lula, que depôs como testemunha no processo, Moro ironizou o fato de Lula ter processado o procurador da República Deltan Dallagnol, chefe da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, por conta de uma apresentação em power point em que acusou o petista de chefe de organização criminosa, indagando se a defesa processaria a testemunha.

    'Vai entrar com ação de indenização então contra ela (testemunha), doutor?', perguntou ao advogado Cristiano Zanin Martins, que representa Lula.

    Zanin rebateu que ninguém estava acima da lei e indagou se |Moro estava advogando para o zelador. O juiz respondeu de forma sarcástica.

    'Está bom, doutor. Uma linha de advocacia muito boa', ironizou. Ao que advogado de Lula respondeu também irônico: 'Faço o registro de vossa excelência e recebo como um elogio.'

    O juiz foi alvo de críticas por conta do episódio em que divulgou nos autos do processo interceptações telefônicas de Lula com a então presidente Dilma Rousseff, e com outras autoridades com prerrogativa de foro, como o então ministro Jaques Wagner e o governador do Piauí, Wellington Dias, ação que contribuiu para a desestabilização da petista.

    Também foi novamente acusado de viés político quando tornou públicos trechos da delação premiada do ex-ministro Antonio Paloci a poucos dias do primeiro turno da eleição presidencial. Antes, o magistrado havia adiado o depoimento de Lula no processo do sítio de Atibaia para novembro, sob alegação de que o adiamento visava evitar exploração eleitoral.

    O papel central na Lava Jato também rendeu a Moro fama internacional. Ele foi condecorado por universidades estrangeiras, deu palestras no exterior e estampou capas de revistas internacionais, aclamado como um símbolo do combate à corrupção e ao fim da impunidade de poderosos no Brasil.

    Moro é casado com a advogada Rosangela Wolff Moro, criadora de uma página no Facebook em homenagem ao marido intitulada 'Eu Moro com ele' e que comemorou a vitória de Bolsonaro no segundo turno das eleições presidenciais nas redes sociais. O casal tem dois filhos.

    Escrito por Thomson Reuters

    Últimas Notícias

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Miley’s New Year’s Eve Party: O especial de fim de ano da NBC

    Miley’s New Year’s Eve Party: O especial de fim de ano da NBC

    A próxima véspera de ano novo será marcada pela inédita exibição do programa de ano novo da emissora americana NBC guiada por Miley Cyrus na companhia do ator Pete Davidson, de Saturday Night Live. O já aguardado programa está sendo produzido por ninguém menos que o canadense Lorne Michaels, detentor de múltiplos emmys e também criador do Saturday Night Live.



    Ambos artistas já estão acostumados com a casa NBC, Pete pelo SNL e Miley por ter ocupado uma das cadeiras do "The Voice". Assim, a ligação entre Miley e a emissora estão cada vez mais densas por conta de um acordo fechado com ambas sobre programas de talento e desenvolvimento a produzir.

    Outros palcos importantes de premiações e shows também receberam Miley como apresentadora, tal como o Video Music Awards (VMA) da MTV em 2015. O evento anual de artistas globais ganhou uma nova cara com a animação de Cyrus do início ao fim e cada mudança de outfits icônicos que ela vestia naquela noite. 

      - Top Gun: Descubra qual música combina com cada personagem

    O jeito único de ser com as pessoas cheio de descontração e brincadeiras, com certeza marcaram a cerimônia da emissora no dia 30 de agosto, produzida no Microsoft Theater localizado em Los Angeles na Califórnia. 



    O próximo palco que estará presente, "Miley's New Year's Eve Party" está programado para ser exibido às 22:30 e durará até 00:30. Os preparativos da produção já antecedem a participação de vários convidados com algumas apresentações importantes que marcarão a noite, tornando a virada do ano de 2022 inesquecível. A line-up de participantes ainda não foi definida, mas dado a amplitude do programa, grandes nomes da música estão programados para estar no especial.



    Ambos apresentadores também são atores gigantes em programas de TV os quais alguns existem até hoje como Pete em "SNL", um dos mais duradouros shows da televisão americana e Miley em "Hannah Montana" que não precisa de comentários pela sua fama mundial. Por isso, os dois artistas já se conheciam anteriormente por conta de algumas das participações especiais da atriz no show em que ele faz parte do elenco. Pelo vínculo amigável já estabelecido entre os dois, a animação no palco em Miami está mais do que garantida pela dupla.

       - Britney Spears completa 40 anos: Confira a homenagem especial da Antena 1

    O programa será transmitido pela própria emissora NBC na noite da véspera e do mesmo modo, poderá ser assistido pela transmissão no Peacock, um plataforma de streaming de vídeo por assinatura da NBC Universal lançada no ano passado. 

    Com a energia própria de Miley Cyrus e a multidão de fãs que carrega consigo nacionalmente e fora de seu país, pessoas do mundo todo a esperam para passar a mudança de ano juntos em uma noite especial com músicas, apresentações e festas. Como a própria cantora publicou em seu instagram na última quarta-feira: “O prazer de sua presença é requisitado”, como incentivo a acompanharmos a comemoração com ela. 



    Então, anotem em suas agendas, calendários e post-its para não esquecer dessa esperada comemoração na mudança de ano com apresentações que marcarão o encerramento de um novo ciclo e claro, acrescido de muita diversão e talento por Miley. 

     

    Veja também:

    Shawn Mendes lança single “It’ll be okay”

    #TBT: nesta semana, em 1965, The Who lançou “My Generation”

     

    3 H
    1. Home
    2. noticias
    3. perfil algoz de lula moro …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.