Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    Presidenciáveis democratas dos EUA enfrentam segundo teste em New Hampshire

    Placeholder - loading - news single img
    Eleitores votam em promárias do Partido Democrata dos EUA em Manchester, no Estado norte-americano de New Hampshire 11/02/2020 REUTERS/Mike Segar

    Publicada em  

    Por Simon Lewis e Amanda Becker

    SALEM/ROCHESTER, Estados Unidos (Reuters) - Bernie Sanders e Pete Buttigieg pretendem capitalizar seu bom momento nesta terça-feira, quando os democratas do Estado norte-americano de New Hampshire vão às urnas para uma primária intensamente disputada que pode desestabilizar ainda mais a corrida presidencial do partido.

    Para os outros concorrentes, New Hampshire oferece uma segunda chance de fortalecer suas campanhas após o caucus da semana passada no Iowa, onde problemas técnicos atrasaram a divulgação dos resultados durante dias. Buttigieg e Sanders lideraram entre os pré-candidatos.

    A senadora Amy Klobuchar, que apareceu em terceiro lugar nas pesquisas de opinião de New Hampshire após o debate de sexta-feira, o também moderado Joe Biden e a senadora progressista Elizabeth Warren completam o grupo dos mais bem colocados nesta terça-feira, quando os eleitores estudam se escolhem um progressista ou um moderado para desafiar o presidente republicano Donald Trump na eleição de novembro.

    A cédula estadual terá uma lista de 33 nomes, incluindo postulantes que desistiram semanas atrás, mas não incluirá o ex-prefeito de Nova York Michael Bloomberg, bilionário que entrou no páreo mais tarde e enfrentará seu primeiro teste eleitoral no início do mês que vem.

    O papel destacado de Iowa e New Hampshire, Estados pequenos e rurais com populações predominantemente brancas, passou a ser mais questionado pelos democratas neste ano por ser pouco representativo da diversidade do partido e do país.

    O caucus de 22 de fevereiro em Nevada, que tem uma grande população latina, e a primária de 29 de fevereiro na Carolina do Sul, que tem uma grande população afro-norte-americana, serão testes adicionais para os 11 pré-candidatos remanescentes.

    Biden, em particular, está apostando na Carolina do Sul, onde desfruta de grande apoio dos eleitores afro-norte-americanos. Ele foi vice-presidente de Barack Obama, o primeiro presidente negro dos Estados Unidos.

    O apoio de Biden, que já liderou a corrida democrata, despencou nacionalmente depois que ele ficou em quarto lugar no Iowa, e ele mesmo disse que pode ter outro resultado ruim em New Hampshire.

    Ray Buckley, presidente do Partido Democrata de New Hampshire, disse aos repórteres na segunda-feira que a disputa está indefinida e que um número grande de eleitores continua indeciso.

    Dois deles, Bill e Paula Petrone, que são donos de uma pousada, disseram que viram Buttigieg no domingo e Warren e Klobuchar no dia seguinte na esperança de que isso os ajudasse a se decidir – o que ainda não havia acontecido até a tarde de segunda-feira.

    Escrito por Reuters

    1. Home
    2. noticias
    3. presidenciaveis democratas …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.