alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    PSDB decide liberar filiados para apoiar Bolsonaro ou Haddad no segundo turno

    Por Thomson Reuters

    Placeholder - loading - news single img

    BRASÍLIA (Reuters) - A Executiva Nacional do PSDB decidiu nesta terça-feira liberar os filiados e lideranças partidárias no segundo turno da eleição presidencial entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT), permitindo assim que apoiem quem quiserem na disputa, dois dias após o candidato tucano e presidente do partido, Geraldo Alckmin, ter terminado a primeira etapa na corrida presidencial em quarto lugar.

    'O PSDB decidiu liberar os seus militantes e os seus líderes. Nós não apoiaremos nem o PT nem o candidato Jair Bolsonaro. O partido não apoiará nem um nem outro e libera seus filiados e líderes para que decidam de acordo com a sua consciência e convicção', disse Alckmin, em entrevista coletiva após a reunião da executiva do partido em Brasília.

    O desempenho do PSDB na corrida presidencial com Alckmin foi o pior do partido desde a sua fundação.

    Segundo Alckmin, os integrantes do partido estão liberados a tomar a decisão política no segundo turno conforme a realidade dos seus respectivos Estados. Para ele, a decisão de não declarar apoio a qualquer um dos candidatos do segundo turno é 'coerente' porque ao longo da campanha não se deveria endossar o aval do partido 'nem de um extremo nem do outro'.

    (Reportagem de Ricardo Brito)

    1. Home
    2. noticias
    3. psdb decide liberar filiados …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.