Capa do Álbum: Antena 1
A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASILANTENA 1
    Veja todas as Notícias.

    Rejeitando outras opções para o Brexit, premiê britânica insiste em seu acordo

    Placeholder - loading - news single img

    Publicada em  

    LONDRES (Reuters) - A primeira-ministra britânica, Theresa May, está seguindo em frente com seu acordo para deixar a União Europeia, afirmou seu porta-voz nesta segunda-feira, rejeitando pedidos para realização de um segundo referendo ou para testar o apoio a diferentes opções do Brexit no Parlamento.

    Após uma semana tumultuada, na qual sobreviveu a um voto de desconfiança e buscou mudanças de última hora em um acordo para o Brexit firmado com Bruxelas no mês passado, May enfrenta um impasse sobre o acordo no Parlamento britânico.

    Com a União Europeia oferecendo poucas concessões para conquistar os parlamentares, um número cada vez maior de políticos está pedindo a realização de um segundo referendo --algo que alguns ministros dizem poder ser evitado se o governo testar cenários do Brexit em votações no Parlamento.

    O Parlamento está profundamente dividido, com alas pressionando por diferentes opções para os laços futuros, para deixar a União Europeia sem um acordo ou para permanecer no bloco.

    May e seu gabinete têm repetidamente rejeitado a possibilidade de realizar um novo referendo, afirmando que a medida aprofundaria as divergências e trairia os eleitores que apoiaram o Brexit por 52 por cento dos votos, contra 48 por cento em 2016.

    Isso aumenta o risco de o Reino Unido deixar a União Europeia sem um acordo em 29 de março, um cenário que alguns empresários temem poder ser catastrófico para a quinta maior economia do mundo.

    A incerteza política e econômica do Brexit está impactando a economia britânica, com dados mostrando nesta segunda-feira uma queda nos gastos do consumidor, nos preços de moradias e um pessimismo crescente nas finanças domésticas.

    May usará uma declaração no Parlamento nesta segunda-feira para rejeitar a ideia de um segundo referendo e para, mais uma vez, afirmar que seu acordo para manter laços próximos com a UE após o Brexit é o único sobre a mesa.

    Escrito por Thomson Reuters

    1. Home
    2. noticias
    3. rejeitando outras opcoes para …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.