Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1

NOTÍCIAS SOBRE rins

Veja essas e outras notícias da Antena 1

Placeholder - loading - Imagem da notícia Tecnologia diagnostica em minutos doença renal

Tecnologia diagnostica em minutos doença renal

A Lesão Renal Aguda (LRA) é definida pela diminuição rápida da função renal ao longo de dias a semanas. Isso causa o acúmulo de produtos nitrogenados no sangue, com ou sem redução da quantidade de urina. No geral, ela pode ser causada pela perfusão renal inadequada devido a traumas graves, doenças ou cirurgias. Quanto aos sintomas, eles incluem anorexia, náusea e vômito. Caso a doença não seja tratada, convulsões e coma podem acontecer. O diagnóstico baseia-se em exames laboratoriais de função renal. Índices urinários, exame de sedimento urinário e, frequentemente, exames de imagem e outros testes, incluindo biópsia renal. E um novo aplicativo promete acelerar todo este processo para detectar a doença. A equipe que desenvolveu a tecnologia a descreveu como um “salva-vidas em potencial”, uma vez que fornece o diagnóstico em minutos, e não em horas. A doença pode ser fatal em pacientes hospitalizados – e afeta uma em cada cinco pessoas que dão entrada em hospitais no Reino Unido. O aplicativo foi testado no Royal Free Hospital de Londres, onde médicos e enfermeiras receberam sinais de alerta através do celular em apenas 14 minutos quando os exames de sangue dos pacientes indicaram a doença. Na forma tradicional de diagnóstico, isso levaria algumas horas.Um dos exames de sangue identifica altos níveis de creatinina, uma substância geralmente filtrada pelos rins. Informações sobre outros indicadores que poderiam ajudar a tratar os pacientes com a doença também são disponibilizados para os profissionais através do app.O sistema de alerta é chamado Streams e foi desenvolvido pelo próprio hospital com a empresa de tecnologia DeepMind, que faz parte do conglomerado Alphabet, que controla o Google. Os resultados, publicados na revista Nature Digital Medicine, apontam que não houve "mudança radical" nas taxas de recuperação dos pacientes, mas uma"melhora significativa" no reconhecimento da lesão renal aguda rapidamente.Os autores do estudo solicitaram uma avaliação mais aprofundada do sistema também em outros hospitais.Para ler mais notícias, curta a página Antena 1 News no Facebook!

4 A
Placeholder - loading - Imagem da notícia Estudo indica Vitamina B para diabéticos

Estudo indica Vitamina B para diabéticos

Um estudo, apresentado durante o encontro anual da Sociedade Europeia de Endocrinologia Pediátrica, na Grécia, apontou que ingerir vitaminas do complexo B protege os rins de pacientes com diabetes tipo 1. Para chegar à conclusão, testes foram realizados com 80 adolescentes, de 12 a 18 anos de idade, por especialistas da Universidade Ain Shams, no Cairo. Eles foram divididos em dois grupos – o primeiro ingeriu um tablete contendo vitaminas B1, B6 e B12 uma vez ao dia; o segundo não recebeu as vitaminas e serviu de controle. “Detectamos níveis mais baixos de marcadores que indicam função renal ruim, sugerindo que as vitaminas do complexo B tiveram um efeito protetor e poderiam retardar a progressão da nefropatia”, explica a professora Nancy Elbarbary, líder do estudo.O estudo mostrou uma diminuição nos níveis de homocisteína, substância que induz lesões renais e está associada a um aumento na quantidade da proteína albumina eliminada no xixi. Além disso, houve queda no nível de glicose no sangue quando os pacientes estavam em jejum, além de quantidade menor de colesterol e triglicérides.De acordo com o endocrinologista Rodrigo Moreira, membro da diretoria da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, a perda de albumina na urina é algo que se tenta combater no tratamento do diabetes, pois indica problemas renais.O pâncreas de pacientes com diabetes tipo 1 não consegue produzir insulina, por isso os altos níveis de glicose no sangue. E uma das complicações disso é que essa alta glicose entra nas células renais e as destrói. A professora Elbarbary destaca que o estudo é relativamente pequeno e precisa ser repetido com grupos maiores, inclusive com a possibilidade de testes em adultos.Já Moreira lembra, ainda, que o excesso de vitaminas do complexo B pode trazer malefícios à saúde, como alterações nos nervos. Além disso, o endocrinologista pontua que a relação entre ter diabetes e problemas nos rins não é obrigatória.“Um paciente com diabetes tipo 1 que consegue controlar a glicose vai viver a vida inteira sem ter problemas nos rins, nem nos olhos, nem nos nervos. O controle glicêmico é a medida mais importante para se evitar a doença renal”, explica.Para ler mais notícias, curta a página Antena 1 News no Facebook!

5 A

Fique por dentro

de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

  1. Home
  2. noticias
  3. tags
  4. rins

Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.