Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    Trump perderá proteções especiais do Twitter em janeiro

    Placeholder - loading - news single img
    Donald Trump entra em carro presidencial. REUTERS/Tom Brenner

    Publicada em  

    Por Elizabeth Culliford

    (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, estará sujeito às mesmas regras do Twitter que qualquer outro usuário quando o presidente eleito, Joe Biden, assumir o cargo em 20 de janeiro, confirmou a empresa de mídia social nesta semana.

    O Twitter coloca avisos de 'interesse público' em alguns tuítes de 'líderes mundiais' que violam as regras. De outra forma, seriam removidos. Tuítes de candidatos políticos e autoridades eleitas ou governamentais são ocultados por um alerta e o Twitter toma medidas para restringir seu alcance.

    Mas a empresa informou que esse tratamento não se aplica a ex-detentores de cargos.

    'Esta estrutura política se aplica aos atuais líderes mundiais e candidatos a cargos públicos, e não a cidadãos particulares quando não ocupam mais esses cargos', disse um porta-voz do Twitter em um comunicado.

    A empresa já adicionou vários avisos e rótulos aos tuítes da conta @realDonaldTrump, incluindo muitos desde a eleição de terça-feira que faziam alegações infundadas de fraude eleitoral.

    A primeira vez que escondeu um tuíte de Trump atrás de um rótulo de 'interesse público' foi em maio, quando o presidente violou a política da empresa contra a glorificação da violência.

    No caso do Facebook, após Biden assumir o cargo em janeiro, as postagens de Trump também não estariam mais isentas de revisão por parceiros terceirizados de verificação de fatos, de acordo com as políticas da rede social.

    A política online do Facebook diz que define os políticos, cujas postagens são isentas de verificação de fatos, como candidatos que concorrem a cargos públicos, atuais detentores de cargos e muitos de seus nomeados, juntamente com partidos políticos e seus líderes.

    O Facebook não respondeu às perguntas da Reuters sobre como tratará a conta de Trump.

    A vitória de Biden no sábado na Pensilvânia o colocou acima da marca de 270 votos no Colégio Eleitoral de que precisava para conquistar a Presidência. Trump não reconheceu o resultado e prometeu ir à Justiça.

    Escrito por Reuters

    1. Home
    2. noticias
    3. trump perdera protecoes …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.