Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
Ícone seta para a esquerda Veja todas as Notícias.

Desemprego no Brasil vai abaixo de 10% pela 1ª vez desde início de 2016, mas rendimento ainda sofre

Placeholder - loading - Mulher coloca currículo em caixa no centro de São Paulo 06/10/2020 REUTERS/Amanda Perobelli
Mulher coloca currículo em caixa no centro de São Paulo 06/10/2020 REUTERS/Amanda Perobelli

Publicada em  

Atualizada em  

Por Camila Moreira e Rodrigo Viga Gaier

SÃO PAULO/RIO DE JANEIRO (Reuters) - A taxa de desemprego no Brasil caiu mais do que o esperado no trimestre até maio e foi abaixo de 10% pela primeira vez desde o início de 2016, com o país registrando o maior número de pessoas ocupadas da série histórica, mas ainda com fortes perdas de rendimento.

A taxa de desemprego brasileira atingiu 9,8% no trimestre até maio, ante 11,2% nos três meses imediatamente anteriores, encerrados em fevereiro.

O dado da Pnad Contínua divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira é o mais baixo desde a taxa de 9,6% vista nos três meses até janeiro de 2016 --também última vez em que ficou em apenas um dígito.

A leitura ainda é a menor para trimestres encerrados em maio desde 2015 (8,3%) e ficou abaixo da expectativa em pesquisa da Reuters de 10,2%. Nos três meses até abril, a taxa havia sido de 10,5%.

Depois de a taxa de desemprego no Brasil ter chegado perto de 15% com as medidas de restrição contra a Covid-19, o mercado de trabalho vem apresentando recuperação, principalmente depois de o setor de serviços ter se favorecido com a vacinação.

Nos três meses até maio, o Brasil tinha 97,516 milhões de ocupados --o maior contingente da série histórica, iniciada em 2012--, o que representa uma alta de 2,4% sobre o trimestre até fevereiro e de 10,6% ante o mesmo período de 2021.

Já o total de desempregados caiu 11,5% sobre os três meses imediatamente anteriores, a 10,631 milhões. Ante o trimestre até maio de 2021 a queda foi de 30,2%.

'Esse é um processo de reação em curso partindo desde o segundo semestre de 2021. Na medida que o tempo passa, vêm reações mais específicas de setores que dependem do consumo presencial, como no caso dos serviços, e a recuperação de saúde e educação ajudam nessa reação', explicou a coordenadora da pesquisa, Adriana Beringuy.

'A melhora do mercado de trabalho se deve a um conjuntura sanitária melhor e demanda maior por trabalhadores. Nos últimos trimestres, o emprego com carteira cresce na indústria, no comércio e nos serviços de informação, financeiros e comunicação', completou.

Mas a melhora do mercado de trabalho não está se traduzindo no rendimento, com os trabalhadores sofrendo ainda com a inflação elevada.

Nos três meses até maio, o rendimento médio real do trabalhador foi de 2.613 reais, estabilidade frente ao trimestre imediatamente anterior e queda de 7,2% sobre o mesmo período de 2021.

'O fato de ter mais gente trabalhando não tem afetado o rendimento. Isso tem o impacto da inflação mais alta, mas podemos ter uma nova conjuntura. Pode ser de fato que as pessoas estejam arrumando ocupação, mas com salários menores', disse Beringuy. 'Pode estar havendo uma oferta de vagas com salários menores.'

INFORMALIDADE

O aumento da ocupação, segundo o IBGE, vem se dando tanto entre os informais quanto entre os que têm carteira de trabalho.

Os trabalhadores com carteira assinada no setor privado aumentaram 2,8% no trimestre até maio sobre o período imediatamente anterior, totalizando 35,576 milhões. Os que não tinham carteira cresceram 4,3%, para 12,804 milhões.

Já a taxa de informalidade foi de 40,1% da população ocupada, contra 40,2% no trimestre anterior e 39,5% no mesmo trimestre de 2021, de acordo com o IBGE.

'A partir do segundo semestre de 2021, além da informalidade, passou a ocorrer também uma contribuição mais efetiva do emprego com carteira no processo de recuperação da ocupação”, disse Beringuy.

Escrito por Reuters

Últimas Notícias

Placeholder - loading - Imagem da notícia Olivia Newton John: 10 músicas mais tocadas após a morte da cantora

Olivia Newton John: 10 músicas mais tocadas após a morte da cantora

Olivia Newton-John faleceu em 8 de agosto, aos 73 anos, mas sua obra será infinita. Várias canções da artista entraram nos rankings da Billboard, graças aos fãs que encontraram nas músicas um alento para a saudade.

A revista americana listou as 10 músicas mais ouvidas nos Estados Unidos desde o falecimento até 14 de agosto. Nesse período, o catálogo de músicas de Olivia teve um aumento de 615%. Nos streamings dos Estados Unidos a demanda foi de 1.4 milhões para 10.2 milhões

Ao longo da carreira, Olivia Newton John teve 5 músicas no topo da Billboard, 15 no top 10 entre 1974 e 1984 e dois álbuns entre os mais ouvidos da Hot 200: “If You Love Me Let Me Know”, de 1974 e “Have You Never Been Mellow”, de 1975.

Confira a lista

  1. “You’re the One That I Want” - com John Travolta, 2.4 milhões
  2. “Hopelessly Devoted to You” - 2.2 milhões
  3. “Summer Nights” - com John Travolta, 1.3 milhões
  4. “Physical” - 1.1 milhões
  5. “Magic” - 859 mil
  6. “Xanadu” - com Electric Light Orchestra, 603 mil
  7. “Have You Never Been Mellow” - 499 mil
  8. “A Little More Love” - 452 mil
  9. “We Go Together” - com John Travolta, 409 mil
  10. “Twist of Fate” - 387 mil

Olhando o quadro vemos que as canções dos filmes de Olivia foram algumas das mais marcantes. Sucessos de Grease – Muitos com John Travolta - fecham todo o top 3, a trilha sonora de “Xanadu”, gravada com o Electric Light Orchestra vem em sexto lugar.

Vale destacar a faixa “Physical” que vem em 4 lugar. A música tiha sido oferecida a Rod Stewart para que fizesse um “macho man rock”, mas abou com Olivia Newton-John que fez da canção em um hit pop,

Vale ressaltar as parcerias da lista. John Travolta participa de “You’re the One That I Want” e “We Go Together”. Já em “Xanadu” a parceria é com a banda Electric Light Orchestra (Elo).

Olivia Newton-John já faz falta e essa grande performance de suas canções só mostra a saudades dos fãs

Veja também

VMA 2022: TWITTER PERMITIRÁ INTERAÇÃO COM ARTISTAS E FÃS AO REDOR DO MUNDO

KELLY CLARKSON BUSCA POR CANTORES EM NOVA COMPETIÇÃO

20 H
Placeholder - loading - Imagem da notícia Remédios contra monkeypox, novo Conselho da Petrobras e mais desta sexta

Remédios contra monkeypox, novo Conselho da Petrobras e mais desta sexta

Confira um resumo das principais notícias do Brasil e do mundo!

Nacional

A Petrobras realiza nesta sexta-feira a Assembleia Geral de Acionistas para eleger um novo Conselho de Administração. O governo ficará com 6 das 11 cadeiras do colegiado. 2 dos indicados foram reprovados pelo Comitê de Elegibilidade por conflito de interesses.

Termina hoje o prazo para os candidatos selecionados no Fies do segundo semestre complementarem as informações da inscrição. O processo deve ser realizado no portal Acesso Único, do Ministério da Educação. As convocações da lista de espera devem começar na próxima segunda-feira.

A Anvisa liberou nesta sexta-feira a importação de medicamentos e vacinas contra a varíola dos macacos ainda sem registro no Brasil. A medida tem caráter excepcional e temporário. A autorização é válida para fórmulas aprovadas por determinadas autoridades internacionais e com boas práticas de fabricação.

Uma pesquisa da Fiocruz Minas mostrou que a vitamina B12 pode atenuar a infecção causada pela Covid. O estudo avaliou a capacidade da substância de regular o processo inflamatório desencadeado pelo vírus no organismo. Os pesquisadores compararam amostras de sangue de pessoas saudáveis e de pacientes hospitalizados com quadros graves e moderados da doença.

O Supremo Tribunal Federal formou maioria pela aplicação da nova Lei de Improbidade Administrada nos processos em que ainda cabe recurso. Com as mudanças feitas no ano passado, passou a ser exigida a comprovação de dolo, ou seja, a intenção do agente público de cometer a irregularidade. Pela decisão, a nova lei não pode ser aplicada em casos já encerrados.

2 H
  1. Home
  2. noticias
  3. brasil tem desemprego de 98 …

Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.