alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Especialistas indicam atividades saudáveis e com baixo risco para lesões

    Natação, caminhada e ioga podem trazer diversos benefícios sem exigir demais das articulações, por exemplo.

    Placeholder - loading - news single img
    Mãe e filho praticando natação (Foto: Pixabay)

    2402

    Publicada em  

    Praticar atividades físicas é essencial para uma boa saúde, mas os ferimentos relacionados ao exercício são uma preocupação significativa e devem ser levados em consideração na hora de escolher uma modalidade. "Eu acho que muitas pessoas, especialmente aquelas com 20 e 30 anos, estão interessadas em fazer muito exercício, mas elas não estão realmente pensando em lesões", diz o dr. Brian Werner, um cirurgião ortopédico e especialista em medicina esportiva na Universidade da Virgínia.

    Correr, por exemplo, está entre as formas mais populares de exercício na América. Mas cerca de metade dos corredores se ferem a cada ano, de acordo com um estudo de 2010 da Current Sports Medicine Reports. "Eu sou um corredor de longa distância, mas é uma forma de exercício de alto impacto e não é ideal para pessoas que tentam evitar se machucar", diz Werner. Além disso, é preciso evitar exageros. Quando se trata de benefícios de longevidade, os pesquisadores descobriram que correr duas ou três vezes por semana em um ritmo lento ou moderado é o ideal.

    Especialmente para aqueles com 40 anos ou mais, exercícios que colocam grandes quantidades de estresse sobre os joelhos, ombros e outras articulações estão sujeitos a um alto risco de lesão, diz Werner. Exemplos que ele levanta são basquete, futebol, tênis ou outros esportes que envolvem muitos saltos, torções ou rápidas mudanças de direção. Isso não quer dizer que essas atividades não são saudáveis ou que as pessoas devam desistir delas. Segundo publicação na revista médica Mayo Clinic Proceedings, em comparação com atividades individuais, atividades que envolvem passar tempo com outras pessoas estão associadas a expectativas de vida mais longas. Mas, embora saudáveis, muitas dessas atividades carregam um alto risco de lesão.

    Se o objetivo de uma pessoa é minimizar esses riscos e, ao mesmo tempo, obter todos os benefícios de saúde e longevidade do exercício, os especialistas destacam caminhar e nadar como duas atividades de baixo risco e alta recompensa. A natação também combina exercícios aeróbicos e treinamento de resistência, o que significa que melhora a aptidão e força, disse o Dr. Kyle Yost, especialista em medicina esportiva do Centro Médico da Universidade de Maryland.

    A caminhada, por sua vez, está associada tanto à longevidade quanto a um risco reduzido de gastos médicos, de acordo com um estudo de 2011 na revista médica BMJ Open. Um estudo recente descobriu que a caminhada rápida é especialmente saudável. “Caminhar é uma atividade ao ar livre que pode incluir passar tempo com outras pessoas, e acho que qualquer exercício que combine essas duas coisas será muito saudável”, diz o Dr. James O'Keefe, cardiologista e diretor médico no Instituto Midwest Heart Institute Saint Luke's.

    A ioga também atrai alguns adeptos por ser uma forma de atividade física de baixo risco e alta recompensa. "Tem que ser feito corretamente e com uma boa supervisão, especialmente quando você está começando, mas eu acho que a ioga oferece uma ótima combinação de flexibilidade e treinamento de força", diz o Dr. Steven Struhl, cirurgião ortopédico da NYU Langone Health.

    Para ler mais notícias, curta a página Antena 1 News no Facebook!

    1. Home
    2. noticias
    3. especialistas indicam …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.