Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    EXCLUSIVO–EUA temem volta de cidadãos com dupla nacionalidade se pandemia piorar no México

    Placeholder - loading - Pedestre atravessa ponte na fronteira entre EUA e México em San Diego, na Califórnia 21/04/2020 REUTERS/Mike Blake
    Pedestre atravessa ponte na fronteira entre EUA e México em San Diego, na Califórnia 21/04/2020 REUTERS/Mike Blake

    Publicada em  

    Atualizada em  

    Por Ted Hesson e Jonathan Landay e Mica Rosenberg

    WASHINGTON (Reuters) - Autoridades do governo dos Estados Unidos temem que pessoas com dupla cidadania norte-americana e mexicana fujam para os EUA se o surto de coronavírus do México piorar, o que aumentaria a pressão sobre os hospitais norte-americanos, especialmente perto da fronteira, disseram três autoridades a par do assunto.

    Os temores, que não haviam sido relatados anteriormente, coincidem com a pressão de hospitais da área de San Diego, no sul da Califórnia, para que o governo Trump faça mais para limitar o risco de o vírus cruzar para os EUA.

    Embora autoridades de alto escalão do Departamento de Segurança Interna tenham expressado suas preocupações a respeito dos cidadãos com dupla cidadania em ligações departamentais diárias, no momento não existem planos para impedir a entrada destes ou fazer outras mudanças nas operações de fronteira, de acordo com um funcionário graduado do departamento, que como outros pediu anonimato para tratar do tema.

    'Não acho que existe nenhum interesse em dizer aos cidadãos americanos que eles não podem entrar', disse o funcionário.

    A questão surgiu em conversas sobre uma possível disparada de imigrantes se a economia mexicana piorar ou se o surto sobrecarregar o sistema de saúde do vizinho do sul, segundo as fontes.

    O presidente Donald Trump suspendeu as viagens não essenciais nas divisas terrestres com o Canadá e o México, dizendo que as restrições são necessárias para proteger seu país.

    Até agora, o medo de um êxodo não se concretizou. Os EUA têm o maior número de mortes de coronavírus em todo o mundo e sua economia entrou em parafuso -- o índice de desemprego é o maior desde a Grande Depressão.

    Os oponentes de Trump o acusam de explorar a pandemia para intensificar seu ímpeto de restringir a imigração legal e ilegal aos EUA em um ano eleitoral.

    León Rodríguez, ex-diretor de Serviços de Cidadania e Imigração do ex-presidente Barack Obama, disse que qualquer medida para impedir cidadãos norte-americanos de entrarem no país daria ensejo a 'questões constitucionais sérias', um sentimento ecoado por diversos especialistas.

    Cerca de 1,5 milhão de cidadãos norte-americanos moram no México, de acordo com uma estimativa do Departamento de Estado, muitos deles aposentados.

    O Ministério das Relações Exteriores mexicano não comentou de imediato se a questão dos cidadãos com dupla cidadania foi abordada com os EUA. O Departamento de Segurança Interna não respondeu a um pedido de comentário.

    (Por Ted Hesson e Jonathan Landay, em Washington; Mica Roseberg, em Nova York; Kristina Cooke, em Los Angeles; e Frank Jack Daniel, na Cidade do México)

    Escrito por Reuters

    Últimas Notícias

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Miley’s New Year’s Eve Party: O especial de fim de ano da NBC

    Miley’s New Year’s Eve Party: O especial de fim de ano da NBC

    A próxima véspera de ano novo será marcada pela inédita exibição do programa de ano novo da emissora americana NBC guiada por Miley Cyrus na companhia do ator Pete Davidson, de Saturday Night Live. O já aguardado programa está sendo produzido por ninguém menos que o canadense Lorne Michaels, detentor de múltiplos emmys e também criador do Saturday Night Live.



    Ambos artistas já estão acostumados com a casa NBC, Pete pelo SNL e Miley por ter ocupado uma das cadeiras do "The Voice". Assim, a ligação entre Miley e a emissora estão cada vez mais densas por conta de um acordo fechado com ambas sobre programas de talento e desenvolvimento a produzir.

    Outros palcos importantes de premiações e shows também receberam Miley como apresentadora, tal como o Video Music Awards (VMA) da MTV em 2015. O evento anual de artistas globais ganhou uma nova cara com a animação de Cyrus do início ao fim e cada mudança de outfits icônicos que ela vestia naquela noite. 

      - Top Gun: Descubra qual música combina com cada personagem

    O jeito único de ser com as pessoas cheio de descontração e brincadeiras, com certeza marcaram a cerimônia da emissora no dia 30 de agosto, produzida no Microsoft Theater localizado em Los Angeles na Califórnia. 



    O próximo palco que estará presente, "Miley's New Year's Eve Party" está programado para ser exibido às 22:30 e durará até 00:30. Os preparativos da produção já antecedem a participação de vários convidados com algumas apresentações importantes que marcarão a noite, tornando a virada do ano de 2022 inesquecível. A line-up de participantes ainda não foi definida, mas dado a amplitude do programa, grandes nomes da música estão programados para estar no especial.



    Ambos apresentadores também são atores gigantes em programas de TV os quais alguns existem até hoje como Pete em "SNL", um dos mais duradouros shows da televisão americana e Miley em "Hannah Montana" que não precisa de comentários pela sua fama mundial. Por isso, os dois artistas já se conheciam anteriormente por conta de algumas das participações especiais da atriz no show em que ele faz parte do elenco. Pelo vínculo amigável já estabelecido entre os dois, a animação no palco em Miami está mais do que garantida pela dupla.

       - Britney Spears completa 40 anos: Confira a homenagem especial da Antena 1

    O programa será transmitido pela própria emissora NBC na noite da véspera e do mesmo modo, poderá ser assistido pela transmissão no Peacock, um plataforma de streaming de vídeo por assinatura da NBC Universal lançada no ano passado. 

    Com a energia própria de Miley Cyrus e a multidão de fãs que carrega consigo nacionalmente e fora de seu país, pessoas do mundo todo a esperam para passar a mudança de ano juntos em uma noite especial com músicas, apresentações e festas. Como a própria cantora publicou em seu instagram na última quarta-feira: “O prazer de sua presença é requisitado”, como incentivo a acompanharmos a comemoração com ela. 



    Então, anotem em suas agendas, calendários e post-its para não esquecer dessa esperada comemoração na mudança de ano com apresentações que marcarão o encerramento de um novo ciclo e claro, acrescido de muita diversão e talento por Miley. 

     

    Veja também:

    Shawn Mendes lança single “It’ll be okay”

    #TBT: nesta semana, em 1965, The Who lançou “My Generation”

     

    3 H
    1. Home
    2. noticias
    3. exclusivoeua temem volta de …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.