Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    Mais da metade das crianças refugiadas do mundo não frequenta escolas, diz ONU

    Placeholder - loading - news single img

    Publicada em  

    Por Sonia Elks

    LONDRES (Thomson Reuters Foundation) - Mais da metade dos refugiados em idade escolar do mundo não têm acesso à educação, uma vez que os países que os acolhem estão sobrecarregados por crescentes crises humanitárias, disse ONU nesta quarta-feira.

    Quatro milhões de crianças refugiadas por todo o mundo não frequentam escolas, um aumento de meio milhão em relação ao ano anterior, informou o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur) em relatório.

    'A educação é uma maneira de ajudar os jovens a se curarem, mas também é a maneira de ressuscitar países inteiros', disse o Alto Comissário da ONU para os Refugiados, Filippo Grandi.

    'Com base nos padrões atuais, a menos que um investimento urgente seja feito, centenas de milhares de crianças a mais se juntarão a estas estatísticas perturbadoras'.

    O Acnur disse que até o final de 2017 tinha quase 20 milhões de refugiados sob seus cuidados, o que exclui cerca de 5 milhões de refugiados palestinos, já que o número de pessoas deslocadas cresceu em todo o mundo.

    Mais da metade eram crianças, com 7,4 milhões em idade escolar.

    Apenas 61 por cento das crianças refugiadas frequentam a escola primária, frente a mais de 90 por cento de todas as crianças do mundo, segundo o relatório.

    O número é ainda mais baixo para crianças mais velhas, com menos de um em cada quatro refugiados com idade para frequentar a escola secundária tendo acesso à educação.

    Apenas um por cento frequenta universidades, comparado a mais de um terço dos jovens do mundo.

    Mais de 500 mil crianças refugiadas foram matriculadas em escolas no ano passado, mas o crescimento rápido da população de refugiados faz com que a proporção de pessoas fora de escolas não diminua.

    Katherine Begley, assessora técnica de educação da agência humanitária Care USA, disse que o estudo é um passo vital para ajudar famílias refugiadas a reconstruírem suas vidas.

    'A educação protege e a educação empodera', disse à Thomson Reuters Foundation.

    'Ela fornece oportunidades para cultivar amizades e apoia o trabalho de estabelecer uma rotina, o que crianças que estão saindo de circunstâncias traumáticas precisam o mais rápido possível'.

    A pouca educação disponível muitas vezes acontece em abrigos temporários e precários a céu aberto.

    Escrito por Thomson Reuters

    Últimas Notícias

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Sucesso em 2015, “Uptown Funk” de Bruno Mars entra em processo judicial

    Sucesso em 2015, “Uptown Funk” de Bruno Mars entra em processo judicial

    Dono de aproximadamente 12 premiações no mundo musical, indicado em 4 diferentes categorias do “Grammy Awards’’ e vencedor na categoria “Performance de pop Vocal Masculina, Bruno Mars teria usado indevidamente outra música na criação do sucesso de 2015, “Uptown Funk” – que conta com a participação especial de Mark Ronson. 

    Relembre o single de Bruno e Mark Ronson: 

     

    No sábado passado, 25 de setembro, os membros do The Gap Band entraram com uma ação judicial contra Bruno, na qual o grupo afirma que o artista usou uma das canções sem autorização dos membros.  

    De acordo com os advogados da banda, ‘Uptown Funk’ é claramente similar a música “I Don’t Belive You Want To Get Up and Dance”, lançada em 1979. Confira o vídeo da canção:  

     

    Segundo os detalhes do processo, The Gap Band afirma que a abertura de “Uptown Funk” e, a partir do minuto 2:45, segue com o mesmo ritmo e a mesma batida da faixa sucesso nas décadas de 70 e 80.  

    A ação contra Bruno Mars coloca em alta a discussão sobre os direitos autorais nos Estados Unidos, uma vez que o grupo afirmou, em uma entrevista, que renunciava os direitos autorais de todas as suas canções, porém, em 2018, os direitos foram recuperados pelo trio.  

    Até o momento, o artista ainda não se pronunciou em suas redes sociais sobre o assunto. 

    Veja também:

    Ed Sheeran anuncia nova turnê mundial para 2022

    Novo Letra e Tradução: 'Haven't Met You Yet', Michael Bublé

    17 H
    1. Home
    2. noticias
    3. mais da metade das criancas …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.