Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
Ícone seta para a esquerda Veja todas as Notícias.

Música pelo mundo: conheça 10 museus que guardam a história dessa arte

De Los Angeles a Paris, entenda onde estão os principais acervos que contam a trajetória da música

Placeholder - loading - Faixada do museu "The Beatles Story". - Divulgação
Faixada do museu "The Beatles Story". - Divulgação

Publicada em  

Ao longo de toda a história da humanidade, a música sempre esteve ligada às pessoas em suas formas de se expressar. Cada parte do mundo por meio de sua cultura criou uma relação única com essa manifestação artística e contribuíram para a composição do que hoje podemos entender como música.

Batuques, instrumentos e cantos fazem parte da nossa vida há milênios ao estarem presentes em nossas canções. Por conta da história multissecular com a música, diversos museus ao redor do mundo foram criados para preservar o acervo criado por comunidades, países, artistas, bandas e grupos musicais.

Pensando nisso, a Antena 1 preparou uma lista com os 10 museus principais do globo e a narrativa que conta. Não deixem de conferir e entender um pouco mais de como a música é preservada e retrata a vivência dos indivíduos.

1- Rock And Roll Hall of Fame, EUA

Um dos gêneros musicais mais consumidos e prestigiado no mundo, o Rock and Roll, possui um espaço inteiramente dedicado a sua existência na cidade de Cleveland, nos Estados Unidos. Nele são encontrados sete andares que contam a história do ritmo e as principais bandas responsáveis por sua explosão e legitimação no mundo.

Dentre eles, lá estão The Beatles, B.B. King, The Who, Johnny Cash e muitos outros. Poucos visitantes sabem, mas além da finalidade de contar a história e guardar memórias tão importantes, no local acontecem outras diversas exposições musicais por tempo limitado, e claro, se torna um destino essencial a todos amantes de música.

Imagem de conteúdo da notícia "Música pelo mundo: conheça 10 museus que guardam a história dessa arte" #1
Toque para aumentar

2- The Beatles Story, Inglaterra

Uma das maiores bandas de todos os tempos não poderia deixar de ter um museu que contasse um pouco de sua história e impacto na indústria. Ele fica no país do quarteto, especificamente na cidade de Liverpool, e possui a maior coletânea de arquivos e objetos dos grupos.

As atrações contam desde o nascimento do grupo até hoje por meio de fotos, documentos e instrumentos que são curiosamente narrados ao longo da apresentação por Julia Baird, irmã de John Lennon.

O belo acervo fica localizado no patrimônio mundial da UNESCO, o Royal Albert Dock, e envolve o visitante a cada espaço ao costurar como a banda pode se tornar realidade. A todos que visitam a cidade natal deles, não podem deixar de viver essa experiência e ver ao vivo alguns outfits que eles vestiram em suas performances, instrumentos originais e algumas das letras de suas canções escritas à mão.

Imagem de conteúdo da notícia "Música pelo mundo: conheça 10 museus que guardam a história dessa arte" #2
Toque para aumentar

3- Stax Museum, EUA

A todos que curtem ouvir as canções de Staple Singers, Luther Ingram, Wilson Pickett, Albert King, Big Star, Jesse Jackson, Bill Cosby, Richard Pryor, the Rance Allen Group, Moms Mabley e outros artistas do gênero soul, cabe muito uma passada no Stax, que fica em Memphis, também nos Estados Unidos.

Antes de se tornar um museu, a Stax era na verdade uma grande gravadora que proporcionou com que diversos artistas pudessem ser lançados e produzir suas canções e discos. Hoje, ela se reinventa como um museu contando com milhares de objetos em seu acervo das lendas que por ali passaram e fazem parte de sua história.

O local se consagra como um dos poucos espaços dedicados ao ritmo soul e pode ser pontuado como uma das maiores homenagens já feitas.

Imagem de conteúdo da notícia "Música pelo mundo: conheça 10 museus que guardam a história dessa arte" #3
Toque para aumentar

Leia: BTS anuncia data do seu tão aguardado comeback com novo álbum

4- Musical Instrument Museum, EUA

O Musical Instrument Museum começou com a visão de criar um espaço que contasse a história dos instrumentos musicais e fosse verdadeiramente global. Buscando diferenciar-se de museus com um acervo majoritariamente de instrumentos clássicos, uma das inspirações foi desenvolver um novo tipo de espaço que abraçasse outros tipos de instrumentos que são tocados pelas pessoas todos os dias mundo afora.

Localizado na cidade de Phoenix, no Arizona, desde o início a ideia principal foi entregar uma experiência musical que enriquecesse, inspirasse e interessasse as pessoas que por ali passam. A experiência é ainda mais prazerosa pelo número de exemplares que possuem, superando 8.000 de mais de 200 países. Assim, por meio dessa conexão genuína dos humanos com a música, o museu investe em passar aos visitantes a respeito desse elo e que a música é uma das linguagens da alma.

Imagem de conteúdo da notícia "Música pelo mundo: conheça 10 museus que guardam a história dessa arte" #4
Toque para aumentar



5- Grammy Museum, EUA

Novamente, os Estados Unidos se mostram como um grande protagonista quando o assunto é museus de música. Um dos maiores prêmios da indústria musical tem toda sua história contada no Grammy Museum, localizado na cidade de Los Angeles.

O espaço conta com quatro extensos andares, por onde os visitantes podem se aproximar um pouco mais de como surgiu a premiação e os artistas que fizeram parte dessa trajetória.

Uma curiosidade do local que faz valer mais ainda a visita é ele contar com uma parte dedicada ao Grammy Latino que possui um acervo incrível com discos, roupas, fotos e memórias dos principais artistas que fazem parte da cerimônia. Lá você poderá encontrar diversos artistas brasileiros que em algum momento já receberam o prêmio, como Caetano Veloso e Tom Jobim.




6- Ragnarock, Dinamarca

Além do Rock And Roll Hall of Fame, os EUA não foi o único a dedicar um espaço em homenagem ao rock. A Dinamarca também preparou um espaço para contar a história da música desde a década de 50 até os dias de hoje, a qual é permeada pela influência e reflexos da cultura popular no ritmo.

Ele foi fundado há pouco tempo, em 2016 na cidade de Roskilde e impressiona a todos tanto por conta de sua estrutura arquitetônica dourada quanto por seu espaço e acervo internos. Quem for conhecê-lo contará com espaços bem interativos e multimídia recortando diversas temáticas do gênero musical. O museu em pouco tempo se tornou um grande ponto cultural da Europa e da música devido a profundidade do seu trabalho.

Imagem de conteúdo da notícia "Música pelo mundo: conheça 10 museus que guardam a história dessa arte" #5
Toque para aumentar

Confira: Ringo Starr anuncia novas datas para sua turnê de 2022

7- Museu da Cultura Pop, Seattle, EUA

O EMP Museum, ou Museu da Cultura Pop, construído na cidade de Seattle, é um local que aprecia a música popular e contemporânea. Unindo o velho com o novo, lá você encontrará um acervo que abraça os primeiros fenômenos do rock até as canções eletrônicas do momento.

Com o objetivo principal de criar expressões criativas que impactem a vida e inspirem a conexão entre comunidades, o lugar trabalha com a premissa de que os visitantes de todas as idades podem interagir com as exposições e os programas oferecidos.

8- The Phono Museum, França

A capital romântica jamais ficaria de fora dessa lista. Paris respira música e arte, com toda certeza a França se torna um dos países que mais possuem museus dedicados a essa manifestação artística, como é o caso do The Phono Museum. Infelizmente, esse espaço passou por alguns desafios há pouco tempo a respeito de seu fechamento em dois momentos. Depois de uma grande arrecadação, foi possível com que ele continuasse as atividades e reformasse o espaço.

O museu recorta os diferentes estágios da revolução técnica, os primeiros discos, vitrolas, equipamentos eletrônicos e gravações que estão em perfeitas condições. Ao mesmo tempo, o local dialoga com os artistas mais importantes do passado e de hoje, e como a sua relação com esses equipamentos aconteceram e legitimaram seu elo com a arte.



9- Philharmonie de Paris

Paris ataca novamente, dessa vez com a nova filarmônica que ficou pronta em 2015. O projeto ficou responsável pelas mãos de Jean Nouvel, da Cité de La Musique. Philharmonie de Paris é um espaço dedicado à música em todas suas instalações, como o anfiteatro, a sala de concertos, o museu da música e outros espaços expositivos que o compõem.

Embora a instituição seja bem nova, ela conta com um acervo gigantesco internamente, a coleção conta com aproximadamente 8.400 objetos, dentre eles, instrumentos musicais, esculturas e pinturas que foram todos separados ao longo de anos pelo Conservatório de Paris desde 1793. Fora o acervo, aqui você poderá ter acesso a uma coletânea de materiais em audiovisual surreais, shows, festivais e exposições temporárias.

Imagem de conteúdo da notícia "Música pelo mundo: conheça 10 museus que guardam a história dessa arte" #6
Toque para aumentar

10- Motown Museum, EUA

Para finalizar nossa lista, encerraremos com o Motown Museum, também nos EUA. Assim como Stax, o local foi uma gravadora importantíssima para a indústria musical. De lá, diversos artistas surgiram e começaram suas carreiras como The Jackson 5, Stevie Wonder, Marvin Gaye e muitos mais. Depois de anos em atividade, em 85 ele se tornou um museu e hoje é um dos pontos turísticos mais visitados da cidade de Detroit.

Internamente, é narrada a trajetória da gravadora ao longo dos anos pelo acervo que apresenta memórias dos artistas que ali passaram. Discos, prêmios, letras, partituras e objetos singulares fazem parte desse museu que com toda certeza convida a todos aqueles amantes de música a conhecê-lo.

Imagem de conteúdo da notícia "Música pelo mundo: conheça 10 museus que guardam a história dessa arte" #7
Toque para aumentar

Veja também:

Red Hot Chili Peppers: “Unlimited Love” é o vinil mais vendido em 30 anos

Amy Winehouse: show histórico no Glastonbury será lançado em vinil



Últimas Notícias

Placeholder - loading - Imagem da notícia Dia dos Pais: produtos que todo pai fã da Antena 1 irá amar

Dia dos Pais: produtos que todo pai fã da Antena 1 irá amar

Dias dos Pais é a melhor oportunidade de dar aquele presente que seu pai sempre quis. Sejam discos, roupas e até aquele item de coleção que ele vai adorar, tudo vale quando é dado com amor.

A Antena 1 reuniu uma lista de presentes para você dar para o seu pai fã da Número 1 em Música.

Disco Antena 1

FOTO

Talvez você não saiba, mas a Antena 1 já reuniu grandes faixas de sua programação em discos de vinil. Com músicas escolhidas a dedo pelos nossos programadores, os discos eram uma playlist especial.

É claro que com a volta do vinil para a moda, seu pai vai adorar o presente para relembrar as músicas que marcaram sua juventude com muito bom gosto

Alexa

Na era das assistentes virtuais, seu pai não pode ficar de fora. Além de ajudar a marcar horário, ouvir notícias e tirar dúvidas - das mais curiosas - seu pai pode usar a Alexa para ouvir a Antena 1.

Com esse presente, ele vai poder ter tudo o que precisa apenas com um comando de voz. Além de curiosidades sobre o dia, lista de compras e as frases mais engraçadas que cada uma das assistentes pode oferecer.

Smart TV

A Smart Tv é o futuro da televisão e seu pai não pode ficar de fora. Além de assistir seus programas favoritos ele pode acessar os streamings de filmes e séries, além de usar a Antena 1 na televisão e escutar nossa programação exclusiva.

Lembre-se que optar por maiores tamanhos e mais qualidade de imagem é sempre uma opção. Tvs 4K sempre serão uma ótima surpresa.

Fone de ouvido

Se seu pai é fã de boa música ele precisa poder ouvi-la em todo lugar na melhor qualidade possível. Por isso um bom fone de ouvido é o presente ideal para o seu pai. Auriculares ou Headphones. Com fio ou por bluetooth.

Com os diversos tipos e tamanhos uma pequena busca é o que se precisa para achar o melhor que servirá para seu pai. Um ideal para fazer exercícios, outro para a rotina do dia a dia, sempre existirá uma combinação perfeita.

Perfume

Um bom perfume também vai agradar muito seu pai. A Antena 1 selecionou alguns perfumes dos artistas para seu pai poder escolher o do ídolo.

HARRY STYLES — GUCCI MÉMOIRE D’UNE ODEUR

Harry Styles é um cantor é um cantor que transcende com sua música; o espaço, tempo e qualquer outra definição material. A Gucci categoriza Mémoire d’une Odeur como uma “fragrância universal”, ou seja, trata-se de um perfume unisex. Na hora de desenvolver a essência, Alessandro Michele se inspirou no “poder das memórias que podem ser revividas no presente”, exatamente o que transmite a essência do cantor.

“Gosto de uma fragrância que tenha alguma emoção por trás dela”, diz o cantor e compositor e estrela da campanha de fragrâncias Mémoire d'une Odeur da Gucci. “O desencadeamento de memórias do olfato é muito forte para todos. Minha mãe sempre usou o mesmo perfume. Cheira a velas romanas e jasmim. Então, toda vez que sinto o cheiro, me sinto como uma criança novamente. Eu sinto que todo mundo tem isso.”

As notas de topo são Camomila e Amêndoa Amarga, já as notas de coração são Almíscar, Jasmim Indiano e Jasmim, e as notas de fundo são Sândalo, Cedro e Baunilha.

Livros

Na literatura você pode fazer uma viagem para outros lugares e, nesse universo, não falta música. Veja algumas recomendações de livros

Tarantula

Tarântula é o único livro de ficção de Bob Dylan e lhe rendeu o Nobel de Literatura de 2016. Lançado em 1971, ele funciona como o braço literário de sua criação musical. A obra não tem um formato específico. Poemas, prosas poéticas, textos. “Tudo aquilo que eu não posso cantar ou que é longo demais para ser um poema”, declarou Dylan, que já chamou a obra de romance.

Os textos do livro foram escritos em 1965, quando eram lançados “Bringing It All Back Home”, “Highway 61” e “Blonde on Blonde”.

As Letras dos Beatles

Escrito por Hunter Davies, amigo da banda em seu ápice e autor da única biografia autorizada dos Beatles. O autor foi reunindo os manuscritos que se tornaram as marcantes canções do grupo. Letras que mudariam e que até foram totalmente descartadas.

A obra fornece uma visão do processo de criação dos Beatles. Quase todas as canções têm uma grande história por trás, de Yesterday a Eleanor Rigby há uma viagem a embarcar no submarino amarelo deste livro.

Colecionáveis

Se seu pai gosta de música, colecionáveis de seus cantores favoritos serão o presente ideial. Desde figuras realistas até as mais caricatas.

Pop Funkos

Os cabeçudinhos caricatos do seu artista favorito têm muitos detalhes e cobrem várias fazes da vida dos artistas. Desde rockeiros até divas pop, seu pai vai adorar a homenagem.

Vinho

Vinhos também são um grande presente para o pai. Se ele aprecia um bom vinho não faltarão opções; sejam de tintos, roses ou brancos. Existem rótulos de todas as qualidades e preços.

48 min
Placeholder - loading - Imagem da notícia Lady Gaga: Além de “Joker 2”, confira as 5 atuações da diva

Lady Gaga: Além de “Joker 2”, confira as 5 atuações da diva

A grande estrela do pop, Lady Gaga, foi confirmada no elenco do filme que dá continuidade a história do Coringa, “Joker: Folie à Deux”. A artista estrelará ao lado do vencedor do Oscar, Joaquim Phoenix, que retora ao papel do palhaço depois de receber muito prestígio com o primeiro longa-metragem.

O anúncio foi feito na última quinta-feira (4), por meio de um post no Instagram da atriz, e confirmado pelo diretor Todd Phillips. Com lançamento previsto para dia 10 de abril de 2024, a participação da cantora já estava sendo especulada desde junho para interpretar o papel de Harley Quinn.

O título do filme, que será feito em formato de musical, se refere a um transtorno delirante compartilhado – e a única companheira real de Coringa foi Harley. A personagem, criada pela primeira vez para “Batman: The Animated Series”, surgiu no início dos anos 90 e desde então é adorada pelos fãs. Porém, o teaser lançado não confirma de fato que Gaga interpretará o par de um dos mais emblemáticos vilões da DC.

Confira o teaser postado no Instagram de Lady Gaga:



O primeiro filme foi um estouro de bilheteria, arrecadando pouco mais de US$ 1 bilhão em todo o mundo. Esse fenômeno fez com que “Coringa” se tornasse o filme de maior bilheteria da história. Além de ser adorado pelos fãs, a qualidade fez com que a obra recebesse o Leão de Ouro no Festival de Cinema de Veneza e ganhou 11 indicações ao Oscar, incluindo melhor filme e diretor. Phoenix ganhou o Oscar, assim como Hildur Guðnadóttir pela trilha original.

Conheça as 5 produções feitas por Gaga

Machete Kills (2013)

O filme de ação é a continuação do primeiro longa, “Machete”, escrito, musicado e dirigido por Robert Rodriguez. A narrativa conta a história do ex-agente federal Machete Cortez (Danny Trejo), que foi contratado pelo governo dos Estados Unidos para derrubar o excêntrico revolucionário Marcos Mendez (Bichir) e o traficante de armas bilionário Luther Voz (Mel Gibson) que planejam espalhar anarquia e caos por todo o mundo. O filme foi a estreia de Gaga nas telonas, interpretando a personagem La Chamaleón.



Sin City: A Dama Fatal (2014)

O longa dirigido por Frank Miller e Robert Rodriguez é a sequência de Sin City (2005). A produção foi lançada em agosto e contou com uma grande bilheteria arrecadando US$ 39 milhões contra seu orçamento de produção de US$ 65 milhões. Dessa maneira, recebeu críticas mistas dos especialistas de cinema. A trama foi retirada do sexto volume da série de histórias em quadrinhos, “Booze, Broads, & Bullets”. Na franquia, a cantora pop faz o papel de Bertha, uma simpática garçonete.



American Horror Story: Hotel (2015)

A quinta temporada da série de televisão norte-americana, American Horror Story, gira em torno do Hotel Cortez, localizado em Los Angeles. O local é conhecido pela alta ocorrência de casos sobrenaturais e inexplicáveis. Na produção, Lady Gaga aparece como uma condessa vampírica amedrontadora.



Nasce Uma Estrela (2018)

Protagonizado por Gaga e Bradley Cooper, o longa conta Jackson Maine, um cantor que está no auge da fama e de repente conhece Ally, uma cantora que ganha a vida se apresentando em um restaurante. Jackson se encanta pela voz potente da jovem e seu talento, assim, decide se tornar uma espécie de mentor para ela. Ao mesmo tempo em que Ally ascende ao estrelato, Jackson vive uma crise pessoal e profissional devido aos problemas com o álcool.



Casa Gucci (2021)

A obra é inspirada no livro The House of Gucci: A Sensational Story of Murder, Madness, Glamour, and Greed (Casa Gucci: Uma História de Glamour, Cobiça, Loucura e Morte, 2012), escrito por Sara Gay Forden. A narrativa gira em torno de Maurizio Gucci, neto do fundador da marca italiana Gucci, e sua esposa, Patrizia. Os personagens são interpretados por Adam Driver e Lady Gaga, respectivamente.



Veja também:

PAUL MCCARTNEY LANÇA BOX DE SEUS ÁLBUNS SOLO

“BEST FRIEND”: THE WEEKND CONFIRMA PARCERIA COM SUMMER WALKER

1 D
Placeholder - loading - Imagem da notícia Paul McCartney lança box de seus álbuns solo

Paul McCartney lança box de seus álbuns solo

Paul McCartney tem muita carreira além dos Beatles. “McCartney I”, “McCartney II” e “McCartney III” provam isso. Os três discos clássicos serão reunidos em um box especial.

O Box McCartney foi lançado em 3 formatos: edição limitada em vinil colorida (discos brancos), edição em vinil preto e CD. Além da música, três fotos especiais e notas do artista sobre os álbuns.

A capa do box foi assinada por Ed Ruscha, que trabalhou cores, diagramação e tipografia. Tudo para deixar os mínimos detalhes à altura do ex-beatle.

No box, o público terá grandes canções do cantor, como “Maybe I’m Amazed” e sua homenagem a Linda McCartney. Cada um dos discos é um clássico por si só, mas essa reunião é inédita.

McCartney

  1. The Lovely Linda
  2. That Would Be Something
  3. Valentine Day
  4. Every Night
  5. Hot As Sun
  6. Glasses
  7. Junk
  8. Man We Was Lonely
  9. Oo You
  10. Momma Miss America
  11. Teddy Boy
  12. Singalong Junk
  13. Maybe I’m Amazed
  14. Kreen-Akrore

McCartney II

  1. Coming Up
  2. Temporary Secretary
  3. On The Way
  4. Waterfalls
  5. Nobody Knows
  6. Front Parlour
  7. Summer’s Day Song
  8. Frozen Jap
  9. Bogey Music
  10. Darkroom
  11. One Of These Days

McCartney III

  1. Long Tailed Winter Bird
  2. Find My Way
  3. Pretty Boys
  4. Women And Wives
  5. Lavatory Lil
  6. Slidin’
  7. Deep Deep Feeling
  8. The Kiss Of Venus
  9. Seize The Day
  10. Deep Down
  11. Winter Bird / When Winter Comes

O box celebra os 80 anos de Paul e os preços variam de 39,98$ até 99,98$ e você pode comprar no site oficial do cantor.


Álbuns McCartney

Os discos originais foram lançados respectivamente em 1970, 80 e 2020. Todos foram completamente compostos, produzidos e performados apenas por McCartney.

Os discos que marcaram a carreira solo de Paul demonstram sua incansável criatividade e espírito artístico. “McCartney I” foi o primeiro disco solo de Paul e já mostrou que a qualidade sempre estaria presente nos trabalhos do músico.

Veja também

#TBT: TONY BENNETT COMPLETA 96 ANOS

ENTREVISTA EXCLUSIVA ANTENA 1: INA FORSMAN

1 D
  1. Home
  2. noticias
  3. musica pelo mundo conheca 10 …

Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.