alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Presidente do PSL diz que Guedes pode conversar com governo Temer sobre reforma da Previdência

    Por Thomson Reuters

    Placeholder - loading - news single img

    Atualizada em

    RIO DE JANEIRO (Reuters) - O coordenador econômico do programa do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), Paulo Guedes, pode conversar com o governo do presidente Michel Temer este ano sobre reforma da Previdência, disse nesta quarta-feira o presidente do PSL, Gustavo Bebianno.

    'Uma conversa com o governo Temer ainda esse ano para um encaminhamento acredito que possa haver sim', disse Bebianno a jornalistas, no Rio de Janeiro, após deixar o condomínio onde mora Bolsonaro.

    Na véspera, o próprio presidenciável disse que a proposta de reforma da Previdência de Temer como está 'dificilmente' será aprovada. E o deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS), possível ministro da Casa Civil num eventual governo Bolsonaro, disse que a reforma apresentada pelo atual presidente é 'uma porcaria e não resolve nada'.

    Bebianno disse também que Bolsonaro quer pagar um décimo terceiro para o Bolsa Família. Segundo o presidente do PSL, a proposta já estava nos planos do partido e foi incorporada ao programa de governo com aval do candidato.

    'Foi algo inclusive costurado e desenhado pelo general Mourão', afirmou ele, referindo-se ao candidato a vice-presidente, que durante a campanha criticou o décimo terceiro salário como “jabuticaba brasileira” e defendeu a realização de uma reforma trabalhista “séria”.

    A ideia é que o pagamento aos beneficiários do Bolsa Família seja feito em duas vezes, assim como é feito o pagamento do décimo terceiro salário tradicional. 'Mas isso vai ser conduzido pelo Paulo Guedes', acrescentou Bebianno.

    (Reportagem de Rodrigo Viga Gaier)

    1. Home
    2. noticias
    3. presidente do psl diz que …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.