alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASILANTENA 1
    Veja todas as Notícias.

    Economia brasileira alcança patamar favorável

    Com a economia normalizada, o resultado será a geração de renda e empregos

    Placeholder - loading - news single img
    O presidente Jair Bolsonaro está "feliz, satisfeito e otimista com a economia”. Crédito da imagem: iStock

    Publicada em  

    Chegamos ao final de 2019, e também aos primeiros 365 dias de mandato do presidente Jair Bolsonaro. Entre as principais virtudes do governo, estão a estabilização e retomada da economia, tratada como prioridade por Bolsonaro.

    Com pulso firme, o controle da forte crise fiscal foi elogiado pelos parlamentares.

    Pode-se observar a suma importância do projeto de Reforma da Previdência junto ao Congresso Nacional, e a criação de diversas medidas provisórias, facilitando o ramo de negócios.

    Além disso, o presidente e o Ministério da Economia aguardam a aprovação das propostas do ajuste fiscal.

    De acordo com o ministro da Economia, Paulo Guedes, o objetivo é controlar os gastos e colocar as contas públicas em ordem. Com a economia normalizada, o resultado será a geração de renda e empregos.

    A proposta da previdência, enviada e aprovada pelo Congresso, designou idade mínima para a aposentadoria, instituiu o aumento do tempo mínimo de contribuição, e fez algumas mudanças no cálculo do INSS e das novas alíquotas de contribuição.

    Segundo o governo, a reforma terá um impacto de R$ 800 bilhões, gerando uma economia em dez anos.

    Neste ano, também, aconteceu a liberação do saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, o FGTS, no valor de R$ 500, tanto para contas ativas quanto inativas.

    Melhor ainda, Bolsonaro autorizou um aumento deste valor para R$ 998,00. Grande parte dos trabalhadores poderá efetuar essa operação.

    Ponto positivo também para a criação do saque-aniversário, calendário este que está sincronizado com a data de nascimento dos segurados.

    Novos sonhos e oportunidades tornaram-se possíveis, graças à queda de juros, grande marco neste primeiro ano de Bolsonaro. A redução para 4,5% teve a baixa inflação como impulso, originando também o ajuste fiscal e a reforma previdenciária.

    O Banco Central entendeu a excelente manobra e ‘remou’ junto, estipulando a taxa de juros para o cheque especial de 152% ao ano, cerca de 8% ao mês. Lembrando que esta cobrança é válida para clientes que possuem um limite acima de R$ 500.

    Ficou muito mais fácil adquirir um bem, comprar ou financiar uma casa própria junto à Caixa Econômica Federal. O banco anunciou a diminuição dos juros do cheque especial e do financiamento imobiliário.

    Para que haja um comprometimento total do cidadão em quitar seus débitos tributários pendentes, foi editada em outubro a medida provisória do contribuinte.

    Agora, pessoas e empresas que não possuem condições de zerar as dívidas, podem renegociá-las diretamente com a União. Os prazos para quitação podem atingir os 100 meses, com bonificação de até 70% de desconto.

    Em 2020, Bolsonaro deve priorizar o combate ao desemprego. Para isso, o governo criou a carteira verde amarela, programa de incentivo ao emprego, direcionado aos jovens.

    A expectativa é de que sejam gerados quase dois milhões de novos postos de trabalho até 2022. Falta apenas a aprovação desta medida provisória pelos parlamentares.

    A proposta estimula empresas a contratarem jovens de 19 a 28 anos, com um salário mensal de até R$1.500. Assim, o contratante terá parte da folha desonerada, ou seja, pagará menos impostos sobre a folha de pagamento. O tributo deve cair em 33%.

    No próximo ano, serão apresentados projetos das reformas tributária, administrativa, e sobre as privatizações.

    De acordo com o ministro da Economia, Paulo Guedes, o presidente Jair Bolsonaro está "feliz, satisfeito e otimista com a economia”.

    A expectativa do governo, é de que o Brasil cresça 2,5% economicamente, gerando um número considerável de novos empregos em 2020.

    1. Home
    2. noticias
    3. economia brasileira alcanca …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.